Teresina vai ganhar, em 2020, sua primeira usina de energia fotovoltaica, que vai contribuir para reduzir o valor da conta de energia elétrica paga pelo município mensalmente. O projeto foi lançado nesta semana e o próximo passo será escolher a empresa que vai construir e operar a usina, por meio de parceria público-privada.

A secretária municipal de Concessões e Parcerias, Monique Menezes, explica que isso vai trazer um ganho muito significativo para o município, que passará a investir a verba economizada em outras áreas como saúde e educação. “Vamos investir o valor em políticas públicas para melhorias de serviços que nós acreditamos ser necessárias”, afirmou.

A secretária afirma ainda que hoje o município de Teresina gasta R$ 30 milhões, por ano, com o pagamento de energia elétrica e o objetivo é reduzir drasticamente este valor. “Além do atual projeto, lançado nesta semana, no próximo ano, nós queremos mais duas usinas, e isso vai ajudar a reduzir significativamente. Não vamos zerar a conta de energia da cidade, mas a expectativa é pagar apenas cerca de 10% do que a gente paga hoje”, disse.

A primeira usina de energia fotovoltaica de Teresina será construída no Polo Empresarial Norte, localizado na zona Norte de Teresina e as outras duas na região do Salobro.

 

Da Redação

PUBLICIDADE
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Seja notificado sempre que novas matérias sejam publicadas ou atualizadas.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Piauí é o estado mais seguro do Norte e Nordeste

O Piauí é estado mais seguro entre as regiões Norte e Nordeste…

Ministério libera financiamento de US$ 50 milhões para novas escolas de tempo integral em Teresina

O Ministério da Economia aprovou financiamento no valor de US$ 50 milhões…