Prende, é liberado, prende novamente e é liberado, assim foi a rotina de um empresário, dono de um restaurante localizado  na Avenida Arêa Leão, zona Leste de Teresina, nos últimos dias. Em cerca de 24 horas ele foi detido e solto por duas vezes suspeito de furto de energia e fraude.

A primeira prisão aconteceu na última terça-feira (26/06), por meio do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO). O homem é suspeito de furto de energia. “Segundo o delegado Laércio Evangelista, que acompanhou o caso, o medidor não estava fazendo o registro corretamente há mais de dois anos”, diz a SSP, em nota.

Ainda de acordo com o delegado, uma atitude estranha chamou atenção dos investigadores: há mais de 1 ano, o empresário não permita que funcionários da Eletrobras entrassem no restaurante para fazer a medição da energia.

Ele pagou a fiança de dez salários mínimos e foi liberado.

SEGUNDA PRISÃO

Novamente, no dia seguinte (27), ele foi preso pela segunda vez. Uma equipe da Eletrobrás constatou outra fraude no medidor de energia de sua residência. O empresário pagou, de novo, outra fiança no mesmo valor da primeira e foi solto.

Ainda segundo a SSP, ele responderá ao processo em liberdade.

PUBLICIDADE
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine nossa newsletter

Seja notificado sempre que novas matérias sejam publicadas ou atualizadas.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Cinema tem pré-estreia de filme sobre pintor Egon Schiele

Mais um final de semana está chegando e, com ele, também tem…

Filme da Turma da Mônica será lançado em 2019

Para aumentar a ansiedade dos fãs das histórias em quadrinhos de Maurício…