PMT antecipa liberação da av. João XXIII com avanço de obra da galeria

Publicada em 22 de julho de 2019 - 11:22

Imprimir
PMT antecipa liberação da av. João XXIII com avanço de obra da galeria

Última atualização: 22 , julho 2019 - 11:22

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste) prevê a antecipação da liberação das vias centrais da João XXIII até o final desta semana, em virtude do avanço dos serviços da galeria da zona Leste. Após a conclusão dos serviços no local, a SDU Leste, por meio da Gerência de Obras, liberará os trechos para a passagem dos veículos.

Os próximos passos da execução dos serviços da obra interditará a via marginal direita, sentido Centro-Leste, para promover a construção de um poço de visita (mudança de direção da galeria). Além das vias centrais, a marginal contrária também ficará liberada para o tráfego.

“Estamos muito satisfeitos com o andamento dos serviços. A previsão para que ocorresse a liberação seria entre o final do mês de julho e o início do mês de agosto, mas com a objetividade dos serviços e a dedicação aos finais de semana conseguimos antecipar essa ação para liberar as vias centrais da Avenida João XXIII. Ainda temos muito que fazer pela frente, mas esperamos manter o ritmo acelerado. Sabemos que essa obra é um dos nossos grandes desafios de drenagem aqui na região e nós esperamos que, no próximo inverno, a população já possa contar com essa importante obra de drenagem das águas das chuvas”, declarou o superintendente João Pádua.

Considerada uma obra complexa, a galeria tem investimento superior R$ 49,4 milhões, e terá aproximadamente 7 km de extensão, passando pelos principais pontos da região Leste da cidade. O objetivo é minimizar os transtornos causados com os alagamentos decorrentes das águas das chuvas. Os recursos são oriundos da Caixa Econômica Federal, com contrapartida da Prefeitura de Teresina.

O superintendente executivo, Ângelo Cavalcante, avaliou positivamente a execução das etapas da galeria. “Estamos finalizando uma fase de grande complexidade para todos nós que foi a travessia de uma das maiores avenidas de Teresina, a Avenida João XXIII. Aliado às etapas de construção da obra, sempre procuramos estudar as medidas necessárias para minimizar os transtornos à população. O resultado da construção da galeria trará inúmeros benefícios, mudando a vida de muitas pessoas que moram na região”, ressaltou.

Da Redação

Terminal de integração Santa Lia inicia funcionamento dia 27 deste mês

Publicada em 10 de julho de 2019 - 12:55

Imprimir
Terminal de integração Santa Lia inicia funcionamento dia 27 deste mês

Última atualização: 10 , julho 2019 - 12:55

Inicia no próximo dia 27 o funcionamento do Terminal de Integração Santa Lia, zona Leste, e com esse novo terminal será concluído o sistema de integração de toda a região Leste de Teresina. Nessa área da cidade já funciona o Terminal Zoobotânico e os dois englobam os corredores de ônibus das avenidas Presidente Kennedy e João XXIII.

Esse é o sexto terminal que a Prefeitura de Teresina entrega para a população usuária dos transportes coletivos e vai atender a população de 37 bairros com a mesma estrutura física dos demais em funcionamento nas zonas Sul e Sudeste.

O superintendente da Strans, Carlos Augusto Daniel Júnior, informa que o Sistema Inthegra funciona com terminais construídos respeitando a Lei da Acessibilidade, a segurança e o conforto dos usuários. “Os terminais são espaços com toda a infraestrutura para a mobilidade e têm monitoramento com câmeras que servem para a fiscalização dos serviços e para aumentar a segurança”, cita, informando que no início do funcionamento terá pessoas capacitadas para dar orientações.

O novo terminal tem área total de 10.250,09 m² e área construída de 5.327,35 m² para atender a população dos bairros Árvores Verdes, Campestre, Giovane Prado, Morada do Sol, Novo Uruguai, O Sonho Não Acabou, Parque Universitário, Piçarreira, Planalto Uruguai, Porto do Centro, Primavera Leste, Residencial Miriam Pacheco, Residencial Sigefredo Pacheco I, II e III, Residencial Wilson Martins Filho, Samapi, Santa Isabel, Santa Lia, Satélite, Taquari, Vale do Gavião, Vale Quem Tem, Verde Lar, Vila Bandeirante I e II, Vila Firmino Filho, Vila Fraternidade e Moradia, Vila Isabel, Vila Madre Teresa, Vila Maria, Vila Padre Cícero, Vila Samaritano, Vila Santa Bárbara, Vila São José, Vila Teresa Britto e Vila Uruguai.

Da Redação

Avenida João XXIII será interditada para nova etapa da obra da galeria

Publicada em 2 de julho de 2019 - 11:26

Imprimir
Avenida João XXIII será interditada para nova etapa da obra da galeria

Última atualização: 2 , julho 2019 - 11:26

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste) interditará as duas vias centrais da Avenida João XXII, no próximo domingo (07), para dar continuidade à construção da galeria da zona Leste. As marginais da Avenida estarão liberadas para facilitar a passagem dos veículos nos sentidos Centro-Leste e vice-versa.

Considerando a diminuição do tráfego do local, por causa das férias escolares, a prefeitura executará as etapas que exigem a interdição da avenida. Nos próximos dias, serão iniciadas as escavações e colocação de aduelas para dar prosseguimento ao acesso da galeria. A Rua Miguel Arcoverde, entre a Solnascente e a Canadá Veículos, também será interditada para facilitar o tráfego dos carros que passarão pela marginal da Avenida.

O plano de tráfego foi viabilizado pela SDU Leste, com a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (STRANS), em reunião realizada na segunda-feira (01). A ação conta ainda com a parceria do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Considerada uma obra complexa, a galeria tem investimento superior a R$ 49,4 milhões, e terá aproximadamente 7 km de extensão, passando pelos principais pontos da região Leste da cidade. O objetivo é minimizar os transtornos causados com os alagamentos decorrentes das águas das chuvas. Os recursos são oriundos da Caixa Econômica Federal, com contrapartida da Prefeitura de Teresina.

“A galeria é um dos nossos grandes desafios de drenagem aqui na região e nós esperamos que, no próximo inverno, a população já possa contar com essa importante obra de drenagem das águas das chuvas. Para isso, pedimos a compreensão dos moradores quanto aos transtornos que serão causados pelo avanço da galeria”, disse o superintendente João Pádua.

“As próximas fases terão uma complexidade maior, mas já estamos estudando as medidas necessárias para minimizar os transtornos à população. O resultado da construção da galeria trará inúmeros benefícios, mudando a vida de muitas pessoas que moram na região”, completou o superintendente executivo, Ângelo Cavalcante.

Da Redação

Trecho da Avenida João XXIII será interditado para avanço da obra de galeria

Publicada em 23 de maio de 2019 - 12:41

Imprimir
Trecho da Avenida João XXIII será interditado para avanço da obra de galeria

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:47

Na próxima segunda-feira (27), o trecho marginal da Avenida João XXIII, em frente à loja Jacaúna, será interditado para a passagem de veículos e pedestres em virtude da construção da galeria da zona Leste. Com a redução do volume das chuvas na cidade, a obra retomou seu ritmo normal na semana passada.

Os veículos que vêm do Centro para a zona Leste terão duas opções de rotas na Avenida João XXIII. No trecho marginal, à direita da avenida, será possível seguir até a nova sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PI) e, logo após, fazer o desvio à esquerda, pegando a avenida central da João XXIII.

Haverá também um desvio na Rua Alzira Pedrosa, antes da Canadá Veículos, que foi modificada para mão única para facilitar o tráfego dos veículos. Após acessar a rua, os veículos deverão seguir pelas ruas Francisco Falcão Costa e Miguel Arcoverde. Em seguida, acessarão a Rua Antônio Ramos e, por fim, a Rua Desembargador Pedro Conde para, então, chegar novamente na marginal direita da João XXIII.

A SDU informa que serão iniciadas as escavações e colocação de aduelas para dar prosseguimento ao acesso da galeria, o que irá exigir a interdição do trecho. Para minimizar os transtornos aos cidadãos, algumas medidas estão sendo tomadas em conjunto com a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Strans), com o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) e com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

“Até o mês de julho, nossa intenção é atravessar a Avenida João XXIII e avançar ainda mais com a obra, que será importante para garantir a drenagem das águas das chuvas, evitando os alagamentos nas principais avenidas e ruas da região”, explicou o superintendente João Pádua.

Com investimento superior a R$ 49,4 milhões, a galeria é uma obra complexa e que terá 7 km de extensão. Os recursos são oriundos da Caixa Econômica Federal, com contrapartida da Prefeitura de Teresina. A obra já passou do seu primeiro quilômetro de extensão e as próximas etapas serão realizadas dentro do período estimado. “As próximas fases terão uma complexidade maior, mas já estamos estudando as medidas necessárias para minimizar os transtornos à população. O resultado da construção da galeria trará inúmeros benefícios, mudando a vida de muitas pessoas que moram na região”, disse o superintendente executivo e engenheiro Ângelo Cavalcante.

Ieda Fernandes Paz, moradora da Rua Torquato Neto, no São Cristóvão, acredita nos benefícios que a obra trará para a região. “Toda mudança atinge as pessoas. Moro aqui há 13 anos e sei como é lidar com os alagamentos anuais aqui na rua e nas proximidades. Acredito que, apesar dos transtornos que iremos enfrentar com a construção da galeria, os benefícios serão maiores. Precisamos aceitar essa mudança que melhorará os problemas de alagamentos”, comenta.

Da Redação

Jovem é assassinado a tiros na zona leste de Teresina

Publicada em 18 de maio de 2019 - 14:20

Imprimir
Jovem é assassinado a tiros na zona leste de Teresina

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:47

Um jovem identificado como Djean das Chagas Guimarães foi assassinado na madrugada deste sábado (18), no conjunto Árvores Verdes, zona leste de Teresina.

Segundo polociais do 5°BPM, a vítima já tinha passagens pela polícia acusado de vários crimes, como roubo.

A vítima foi alvejada a tiros e ainda não há informações que possam levar ao suspeito do homicídio.

Leilane Nunes

Obra da galeria da zona Leste retoma ritmo normal após chuvas

Publicada em 9 de maio de 2019 - 10:56

Imprimir
Obra da galeria da zona Leste retoma ritmo normal após chuvas

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:48

Com a redução do volume das chuvas na cidade, a construção da galeria da zona Leste de Teresina retoma seu ritmo normal a partir da próxima segunda-feira (13). No período de chuvas mais intensas, a obra estava na fase de perfuração de poços e de serviços de microdrenagens.

De acordo com a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste, o próximo passo será a abertura de duas caixas de passagem, que será responsável pela mudança do trecho da galeria. A obra será feita nas extremidades da Avenida João XXIII, uma em frente à Jacaúna e a outra no cruzamento da Rua Elvídio Ferraz com a marginal da João XXIII.

“Com o final do período chuvoso, os serviços da galeria serão retomados em ritmo normal. Até o mês de julho, nossa intenção é atravessar a Avenida João XXIII e dar o devido e efetivo prosseguimento aos serviços da galeria, que garantirão a drenagem das águas das chuvas, evitando os alagamentos nas principais avenidas e ruas da região”, explicou o superintendente João Pádua.

O superintendente executivo e engenheiro Ângelo Cavalcante informa que a obra já passou do seu primeiro quilômetro de extensão e que as próximas etapas serão realizadas dentro do período estimado. “Sabemos que as próximas fases da obra terão uma complexidade maior, mas estudaremos as medidas necessárias para minimizar os transtornos à população. O resultado da construção da galeria trará inúmeros benefícios, mudando a vida de muitas pessoas que moram na região”, disse.

Com investimento superior a R$ 49,4 milhões, a galeria é uma obra complexa e que terá 7 km de extensão. Os recursos são oriundos da Caixa Econômica Federal, com contrapartida da Prefeitura de Teresina.

 

Da Redação

 

Bairro Satélite

Homem morre eletrocutado ao tentar fazer ligação clandestina em poste

Francivaldo é eletricista e sofreu uma descarga elétrica, ficando preso ao poste e morrendo no local.

Publicada em 7 de janeiro de 2019 - 19:31

Imprimir
Homem morre eletrocutado ao tentar fazer ligação clandestina em poste

Última atualização: 7 , janeiro 2019 - 19:49

Um homem, identificado como Francivaldo da Costa Oliveira, morreu eletrocutado em um poste na tarde desta segunda-feira, (07/01), localizado no Bairro Satélite, zona Leste de Teresina. Francivaldo é eletricista e sofreu uma descarga elétrica, ficando preso ao poste e morrendo no local.

Segundo o tenente Nélio, do Corpo de Bombeiros, Francivaldo estaria fazendo uma ligação clandestina para uma residência sem nenhuma proteção.

“Ele estava apenas com um cinto e um alicate amarrado na cintura. Ele não faz parte de nenhuma equipe da Eletrobras e com certeza, ele estava fazendo uma ligação clandestina”, pontuou.

O Samu e o Instituto de Medicina Legal (IML) foram acionados  para as devidas providências. O Corpo de Bombeiro retirou o corpo de Francivaldo do poste.

 

Carro vermelho

Jornalistas são agredidos por manifestante com camisa pró-Bolsonaro

O agressor estava com uma camisa preta com a estampa do candidato Jair Bolsonaro e retirou a camisa assim que a Polícia Militar chegou ao local.

Publicada em 22 de outubro de 2018 - 15:27

Imprimir
Jornalistas são agredidos por manifestante com camisa pró-Bolsonaro

Última atualização: 22 , outubro 2018 - 18:38

Um casal de jornalistas, identificados como Glenda Uchoa e Pablo Cavalcante, ao sair de um shopping de Teresina foram surpreendidos e agredidos na noite desse domingo, (21/10), na Ponte Estaiada, zona Leste, por alguns manifestantes pró-Bolsonaro.

O agressor, que estava vestido em uma camisa preta com estampa do candidato a presidência Jair Bolsonaro (PSL), foi identificado como Antônio Augusto, 56 anos, e antes da violência, ele teria indo em direção ao carro, modelo Renault, cor vermelha, em que estavam os jornalistas e exigido para que estes abrissem o vidro do carro.

Segundo Glenda Uchoa, não sabia que naquele momento estaria acontecendo um ato e o carro deles foi o primeiro a parar antes da faixa de pedestre.

“Eu fui olhar o celular para o meu celular, foi a única reação que eu fiz. Depois fiz um aceno negativo, tipo “a gente vai ficar aqui?, mas estava falando com o Pablo e os vidros fechados, pois veio esse homem do lado do vidro pedindo para ele baixar. Aí, o Pablo não baixou todo, baixou uns quatro dedos, olhou para ele e ele não falou nada. O Pablo foi subir o vidro, pois esse homem pegou, botou as duas mãos no vidro e estourou o vidro do carro do nada. Eu pensei que ele ia pegar uma faca, uma arma e tudo isso sem motivo”, explicou a jornalista.

Glenda acredita que além de Antônio Augusto ter apresentado sinais de embriaguez, a cor do carro, que é vermelha, pode ter influenciado na atitude de vandalismo, já neste período de campanha eleitoral a cor vermelha representa o candidato adversário, Fernando Haddad, do PT.

“Além disso também afetou nosso psicológico, achei que iam pegar uma faca e matar a gente só por conta da cor do carro”, declarou.

Antônio Augusto, assim que viu a Polícia Militar, trocou de camisa e foi conduzido para a Central de Flagrantes onde assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência e deverá ser responsabilizado pelo dano material causado no veículo do casal. Os jornalistas registraram o Boletim de Ocorrência.

 

Bairro Pedra Mole

Catador morre carbonizado após fazer queimada no quintal

As chamas foram controladas ainda por moradores da região e inclusive, a mãe e os irmãos de Raimundo, no entanto, não conseguiram salvá-lo com vida. 

Publicada em 20 de outubro de 2018 - 18:55

Imprimir
Catador morre carbonizado após fazer queimada no quintal

Última atualização: 20 , outubro 2018 - 18:55

Raimundo Nonato, 49 anos, que é catador de lixo, morreu carbonizado na tarde deste sábado, (20/10), em sua residência, localizada na Avenida Josué de Moura Santos, Bairro Pedra Mole, zona Leste de Teresina.

As informações apontam que a vítima teria ateado fogo em alguns objetos no quintal de casa e as chamas se alastraram para dentro de sua residência e Raimundo acabou não conseguindo sair e acabou morrendo carbonizado.

As chamas foram controladas ainda por moradores da região e inclusive, a mãe e os irmãos de Raimundo, no entanto, não conseguiram salvá-lo com vida.

O Instituto de Medicina Legal e a perícia foram acionados para os devidos procedimentos.

Avenida João XXIII

Assaltante é espancado por populares ao tentar assaltar idosa

O assaltante estava acompanhando de um comparsa que o esperava em uma motocicleta.

Publicada em 16 de outubro de 2018 - 16:24

Imprimir
Assaltante é espancado por populares ao tentar assaltar idosa

Última atualização: 17 , outubro 2018 - 14:42

Um elemento foi espancado por populares na manhã desta terça-feira, (16/10), ao tentar assaltar uma idosa, que descia de um ônibus, em frente a AABB, situada na Avenida João XXIII, zona Leste de Teresina. O assaltante estava acompanhando de um comparsa que o esperava em uma motocicleta.

As informações apontam que a ação foi acompanhada por um motorista que passava pelo local e perseguiu os criminosos. Na abordagem, um conseguiu fugir e o outro foi pego por populares que passavam pelo local. O assaltante foi amarrado por cordas próximo de uma obra.

De acordo com o 8º Batalhão da Polícia Militar, o acusado não sofreu graves lesões e não precisou de atendimento médico. A ação foi impedida por policiais a paisana que passavam pelo local e conseguiram evitar um mal maior.

O acusado e o material apreendido com ele, três aparelhos celulares, foram encaminhados para a Central de Flagrantes de Teresina.