Sul do Piauí

Fernando Haddad visita Picos com Wellington Dias neste sábado

Fernando Haddad falou sobre suas propostas de governo. 

Publicada em 20 de outubro de 2018 - 19:25

Imprimir
Fernando Haddad visita Picos com Wellington Dias neste sábado

Última atualização: 20 , outubro 2018 - 19:25

O candidato a presidência da República, Fernando Haddad (PT), visitou neste sábado, (20/10), a cidade de Picos, Sul do Piauí, acompanhado do governador eleito Wellington Dias. Fernando Haddad falou sobre suas propostas de governo.

A chegada ao aeroporto de Picos aconteceu às 15hs e seguiu em carreata até a igrejinha Coração de Jesus e finalizou em um ato público na praça Getúlio Vargas, em frente ao Banco do Brasil.

Segundo Haddad, a prioridade será o emprego e renda. O seu plano de governo prevê uma série de medidas rápidas para retomar o crescimento econômico e garantir emprego e dinheiro no bolso dos trabalhadores. “Aumentar a renda da população, em especial dos mais pobres, será fundamental para que o país volte a crescer rapidamente”, destacou.

Para Wellington Dias, Haddad mostrou como aquecer a economia no Piauí e haverá prioridade em programas como o Minha Casa, Minha Vida e a retomada de mais de 20 mil projetos e obras.

“São obras que não iniciaram ou que estão paralisadas por falta de medidas para recursos prioritários, tais como creches, escolas e sistemas de água como a adutora do Sudeste em Padre Marcos, Francisco Macedo e Marcolândia. Trata-se também de obras para fortalecer a economia reduzindo o custo Brasil, como a Ferrovia Transnordestina e programas como o PRONAF – Programa da Agricultura Familiar, Crédito Fundiário e outros. Todos gerando emprego e ampliando a renda em áreas como apicultura, cajucultura, fruticultura irrigada, piscicultura, caprino e ovino”, esclareceu o governador.

ISENÇÃO NO IMPOSTO DE RENDA

Dentre os projetos que estão no plano de governo de Fernando Haddad está o de garantir isenção no imposto de renda para quem ganha até 5 salários mínimos, uma maneira simples de desafogar o orçamento das famílias. Fazer a roda da economia girar passa também por oferecer crédito mais fácil e barato à população e também às pequenas empresas, que movimentam a economia e geram empregos.

Propaganda eleitoral

Dr. Pessoa reclama da imagem de Lula em propagandas eleitorais de Wellington

A reclamação foi formalizada no dia 05  de setembro no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE/PI) e alega que o candidato Wellington está usando em excesso a imagem de Lula.

Publicada em 12 de setembro de 2018 - 16:48

Imprimir
Dr. Pessoa reclama da imagem de Lula em propagandas eleitorais de Wellington

Última atualização: 13 , setembro 2018 - 10:08

A Coligação chamada “Mudar para cuidar da nossa gente”, liderada pelo candidato a governador do Piauí Dr. Pessoa (Solidariedade), está contestando a imagem do ex-presidente Lula em propagandas eleitorais realizadas na Internet pelo também candidato ao governo, Wellington Dias (PT), que tenta a reeleição por meio da coligação “A vitória com a força do povo”.

A reclamação foi formalizada no dia 05  de setembro no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE/PI) e alega que o candidato Wellington está usando em excesso a imagem de Lula, tanto nas redes sociais, como propagandas eleitorais.

Segundo Dr. Pessoa, apesar da candidatura de Lula ter sido indeferida, continua o uso de sua imagem de forma excessiva e o candidato que está na disputa torna-se um coadjuvante na própria campanha. Além disso, pede aplicação de uma multa de R$30 mil, caso seja descumprido.

Em contrapartida, a assessoria da campanha de Wellington Dias, por meio de nota, explicou que o espaço de 25% determinado pela Justiça está sendo respeitado e tem como protagonista o candidato Wellington Dias.

“A jurisprudência existente entende que os 25% se destinam a candidato apoiador. Primeiro, porque o Lula não é mais candidato e, segundo, porque mesmo não sendo candidato sua presença não é superior 25%, respeitando todos os pertinentes. No programa em questão, não existe fala do Lula e nem pedido que extrapole os 25%. Com isso, entendemos que a propaganda está dentro do que determina a legislação e esperamos que, no julgamento do mérito, se comprove a legalidade e que a ação seja julgada improcedente”, finalizou a nota.

Eleições 2018

Wellington Dias é acusado de pagar influenciadores digitais para campanha

O governador Wellington Dias (PT), que é candidato novamente ao governo do Piauí, foi um dos assuntos mais comentados no Twitter deste domingo, (26/08).

Publicada em 26 de agosto de 2018 - 13:59

Imprimir
Wellington Dias é acusado de pagar influenciadores digitais para campanha

Última atualização: 27 , agosto 2018 - 10:35

O governador Wellington Dias (PT), que é candidato novamente ao governo do Piauí, foi um dos assuntos mais comentados no Twitter deste domingo, (26/08), o motivo é que muitos influenciadores digitais dos estados de São Paulo e Paraná, estão falando bem de Wellington e de suas ações no Piauí.

Diante da grande quantidade de opiniões favoráveis ao candidato, os internautas estão acusando Wellington Dias de pagar influenciadores digitais para promover sua campanha. Apesar disso, a assessoria de comunicação do candidato do PT nega os repasses de recursos a qualquer personalidade.

Segundo a assessoria de Wellington, em nota oficial, o que acontece é que há pessoas que gostam do trabalho do governador e que seguem ele nas redes sociais há um bom tempo. “Em momentos como este, muitas vezes, eles se unem para defendê-lo em alguma coisa”.

Além disso, a assessoria garantiu que não existe uma “coisa organizada” pela campanha, mas sim que algumas pessoas pediram informações sobre as ações do governo e foram devidamente repassadas.

A nota finaliza destacando que o movimento no Twitter, trata-se de uma ação de pessoas que se juntam espontaneamente, muitas vezes, militantes, mas que não são pessoas contratadas pela campanha.

“O que se observa pelos comentários nas redes sociais e nos prints que circulam é que este é um movimento nacional, que simpatiza com a esquerda e com o PT. O governado Wellington foi incluído de alguma forma por fazer parte deste contexto. Não faz sentido ele contratar pessoas em São Paulo se o votos dele são no Piauí”, destacou em nota a assessoria de Wellington Dias.

CONFIRA ALGUNS POSTS SOBRE WELLINGTON DIAS

 

“A Vitória com a Força do Povo”

Coligação de Wellington formaliza registro no TRE

A campanha eleitoral começa no dia 16 de agosto, quinta-feira.

Publicada em 14 de agosto de 2018 - 17:07

Imprimir
Coligação de Wellington formaliza registro no TRE

Última atualização: 14 , agosto 2018 - 17:07

A Coligação “A Força com a Vitória do Povo”, encabeçada pelo pré-candidato a governador Wellington Dias (PT) formalizou o registro para as eleições 2018 nesta terça-feira, (14/08), no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI).

As candidaturas registradas além da do governador, forma as de: Regina Sousa, que vai disputar a Vice-governadoria e os candidatos ao Senado Ciro Nogueira (PP) e Marcelo Castro (MDB), todos na chapa majoritária, além dos suplentes. Já na chapa proporcional, foram computados 68 nomes, entre candidatos a deputados federais e estaduais.

A coligação a “A Vitória com a Força do Povo” é formada pelos partidos PT, MDB, PDT, PSD, PP, PTB, PCdoB, PR, PRTB. Atualmente, essas siglas fazem parte da base aliada do governador Wellington Dias e a meta do grupo é ampliar a participação delas na Assembleia Legislativa para o período 2019-2022.

A campanha eleitoral começa no dia 16 de agosto, quinta-feira. A partir deste dia até o 6 de outubro, os candidatos poderão fazer caminhadas, carretas, passeatas ou usar carros de som e campanha a internet. A propaganda eleitoral no rádio e na TV começa dia 31 de agosto e vai até o dia 4 de outubro. A eleição acontece no dia 7 de outubro.

Programa Internet para Todos

Internet de alta velocidade é tema de encontro entre Dias e Kassab

O encontro ocorreu em Teresina e tratou dos investimentos de comunicação em internet no território piauiense.

Publicada em 25 de julho de 2018 - 20:23

Imprimir
Internet de alta velocidade é tema de encontro entre Dias e Kassab

Última atualização: 25 , julho 2018 - 20:23

O governador Wellington Dias se encontrou nesta quarta (25/07) com o ministro de Ciência e Tecnologia e Comunicações, Gilberto Kassab. O encontro ocorreu em Teresina e tratou dos investimentos de comunicação em internet no território piauiense, que nesta semana passa a oferecer conexão rápida via satélite para os municípios de União , Barras e Miguel Alves por intermédio do programa Internet Para Todos.

O programa tem como base um satélite brasileiro que, em parceria com a França, permite a chegada de internet com alta velocidade em cidades, povoados e assentamentos do território piauiense. O programa federal se soma com a velocidade acima de 10 Megas em rede de fibra óptica do programa estadual Piauí Conectado que já implementa pontos de conexão em Parnaíba, Cajueiro da Praia, Picos e Teresina.

Para o governador Wellington Dias, a garantia de internet de alta velocidade potencializa diferentes áreas de desenvolvimento. “A população ganha com a evolução da teleducação, do ensino profissionalizante e superior. Com professor presencial e aqueles professores que não podem estar presencialmente, podem se fazer presentes à distância, dando aula de cidades como Teresina, para qualquer ponto do estado”, explicou.

Outro setor que avança com o aumento da potência de internet no estado é o da telemedicina. O Piauí já realizou cirurgias de coração com médico presencial no centro cirúrgico de Floriano. O procedimento foi acompanhado via internet por médicos do Hospital Getúlio Vargas (HGV) e do Instituto do Coração de Santa Maria (ICOR), de São Paulo.

Outro ponto que deve ser fortalecido é o ramo da telesegurança, com a utilização de câmaras de monitoramento nas cidades e divisas do estado. Para Dias, a melhoria na conexão em rede trará maior qualidade para o setor público e privado. Ao todo já foram investidos mais de R$ 3,3 bilhões por parte da União no Internet para Todos. O Piauí, por intermédio de uma PPP, prevê o investimento de R$ 233 milhões.

“É um salto importante. O ministro (Kassab) abraçou essa proposta. Foi ao Supremo em nome do governo federal. O Brasil vai dar um passo muito largo e o Piauí mais ainda pois vamos dar condições de internet banda larga até 2019 em todos os municípios doestado”, garantiu Dias.

Investimento

Governador pede liberação dos recursos do FPE e suspensão do leilão da Cepisa

O valor estimado que está bloqueado para os estados e municípios é de R$14 bilhões, sendo cerca de R$270 milhões do Piauí.

Publicada em 24 de julho de 2018 - 15:14

Imprimir
Governador pede liberação dos recursos do FPE e suspensão do leilão da Cepisa

Última atualização: 24 , julho 2018 - 18:24

O governador Wellington Dias, acompanhado pelo governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, esteve na segunda-feira (24), em Brasília, para tratar do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do leilão de privatização da Cepisa, a distribuidora da Eletrobrás responsável pelo fornecimento de energia no Piauí.

O valor estimado que está bloqueado para os estados e municípios é de R$14 bilhões, sendo cerca de R$270 milhões do Piauí.

Em reunião no Palácio do Planalto com a ministra Carmem Lúcia, presidente da República interina, os governadores relataram a ação dos estados na justiça contra a queda do FPE e pediram pela tomada de medidas para a liberação dos recursos que estão retidos pela União.

“A Constituição Federal não permite este tipo de retenção. O prazo máximo é de 120 dias. Não é razoável que neste momento de grandes dificuldades para as atividades dos estados, execução de obras e programas, haja o bloqueio dessa soma de recursos. Portanto, estamos reivindicando a questão para a ministra, que notificou o Ministério da Fazenda e tomará a sua decisão quando o processo for concluído”, disse Wellington Dias.

O governador do Piauí ainda se reuniu, na presidência do Supremo Tribunal Federal (STF), com o ministro Dias Toffoli, onde tratou da ação de suspensão do leilão da Cepisa, agendado para o dia 26 de julho.

“Querem vender a maior empresa do Piauí por R$50 mil. Este valor não paga 3 km de rede de energia e a Cepisa possui milhares de km. O pior é que a União está vendendo o que não é dela. Em 1998 a empresa foi repassada para a União, foi federalizada e depois incorporada pela Eletrobrás, sendo que na época, a União deu um empréstimo para o estado e ficou de pagar, mas não realizou o pagamento e agora quer vender a empresa. Nesse caso, além de não receber, o estado ficará com a dívida junto ao BNDES. Não podemos aceitar. Vamos esperar pela suspensão do leilão”, explicou.

falta decisão do partido

Wellington confirma Marcelo Castro ao Senado e MDB discute proposta

Cúpula do MDB está reunida para discutir se aceita a proposta do Wellington.

Publicada em 18 de julho de 2018 - 12:32

Imprimir
Wellington confirma Marcelo Castro ao Senado e MDB discute proposta

Última atualização: 18 , julho 2018 - 16:37

Como antecipado anteriormente pelo Portal Piauí Agora, o governador Wellington Dias confirmou oficialmente, na manhã desta quarta-feira (18), o nome do deputado Marcelo Castro (MDB) para concorrer a segunda vaga ao Senado. A cúpula do MDB está reunida para discutir se aceita a proposta do Wellington.

Em um áudio divulgado pelo governador, ele relata como chegou a uma decisão.

“Dentro do entendimento dos líderes, o nome do deputado Marcelo é o mais competitivo. Por essa razão, na reunião com MDB, ali pude ouvir a prioridade do partido, que é garantir aliança na chapa proporcional para deputado federal e estadual”, explica.

Em relação a um suposto desentendimento com Themistocles Filho, Wellington esclarece. “Ele é uma pessoa articulada e tem respeito em seu partido e também dos outros membros do nosso governo. Agora temos que escolher a melhor chapa para disputar as eleições”, finaliza.

Dias também confirma que está aberto ao diálogo.

eleições 2018

Governador propõe Regina a vice no lugar de Themistocles

Themistocles era o nome mais apontado para ocupar a vaga de vice-governador.

Publicada em - 10:09

Imprimir
Governador propõe Regina a vice no lugar de Themistocles

Última atualização: 18 , julho 2018 - 12:36

Após muitos meses de especulação, o Governador Wellington Dias propôs durante reunião a portas fechadas no Palácio de Karnak, na noite desta terça-feira (17), a chapa que vai disputar as eleições 2018. A senadora Regina Sousa (PT) foi indicada ao cargo vice no lugar de Themistocles (MDB) e Marcelo Castro (MDB) entra para disputar o Senado ao lado de Ciro Nogueira (PP).

O governador esteve reunido com a bancada do MDB para definir o futuro do partido nas eleições. No local, estavam presentes, além de Themistocles, Marcelo Castro, os parlamentares João Madison, Ismar Marques, Pablo Santos, Mauro Tapety, Liziê Coelho, e Severo Eulálio.

Ao longo de vários meses, Themistocles era o nome mais apontado para ocupar a vaga de vice-governador. Ele ficou ainda mais fortalecido após a saída de Margarete Coelho (PP), no entanto, o resultado não favoreceu o presidente da Alepi, que saiu da reunião no Karnak sem falar com a imprensa.

A previsão é que Themistocles e Marcelo Castro devam se pronunciar ainda hoje (18) para dizer se aceitam, ou não, a proposta do governador. Já o anúncio oficial de Dias deve ser feito próxima semana.

Regularização

Governo promete normalizar atendimento pelo Plamta e Iasp Saúde

Os planos de saúde atendem cerca de 300 mil pessoas, que são os servidores do estado e seus dependentes. 

Publicada em 17 de julho de 2018 - 16:18

Imprimir
Governo promete normalizar atendimento pelo Plamta e Iasp Saúde

Última atualização: 18 , julho 2018 - 10:10

O governador Wellington Dias declarou na manhã desta terça (17/07), que adotou providências conforme negociações com representações de credenciados do Iaspi, por entender a importância de programas como o Plamta e o Iaspi Saúde.

Os planos de saúde atendem cerca de 200 mil pessoas, que são os servidores do estado e seus dependentes.

Segundo Wellington Dias, os planos são os maiores do estado e garantiu que conseguiu regularizar o pagamento referente ao mês de julho.

“É razoável que se cumpra o contrato, sem a realização de greve. Autorizei que a direção do Iaspi encaminhe imediatamente, para qualquer situação que negue atendimento, que seja feita a suspensão do credenciamento”, destacou.

O governador agradeceu ainda, aos credenciados que prestam serviços ao Plamta e Iaspi, que “de uma forma compreensiva a esse momento, asseguraram as condições de atendimento e prosseguem cumprindo contratos e fazendo o atendimento ao servidor”.

Na última segunda-feira (16), a rede credenciada suspendeu os atendimentos devido ao atraso nos repasses, de responsabilidade do Estado.

ATENDIMENTO NEGADO

Em situações de atendimento negado, o Iasp está disponibilizando o número 3131-6133 para que sejam feitas as reclamações.

Polêmica

Vaza áudio de Frank Aguiar criticando governo em WhatsApp

O motivo do alarde é porque Frank Aguiar tem tentado uma vaga na composição majoritária governista

Publicada em 12 de julho de 2018 - 18:18

Imprimir
Vaza áudio de Frank Aguiar criticando governo em WhatsApp

Última atualização: 12 , julho 2018 - 18:50

Um áudio de Frank Aguiar compartilhado pelo WhatsApp está sendo um dos assuntos mais comentados nesta quinta-feira, (12/07). Nele, Frank Aguiar (PRB) critica o governo de Wellington Dias.

O motivo do alarde é porque Frank Aguiar tem tentado uma vaga na composição majoritária governista e em contrapartida, fala que já tem alternativas para viabilizar sua candidatura ao Senado e ainda acredita em segundo turno.

No áudio, Frank conta que apesar de considerar Wellington Dias boa gente e de bom caráter, destaca que este não tem capacidade de cuidar do estado. “Não tenho mais a mesma admiração pelo governador”, pontuou.