terças e quintas

UBS do bairro Alto da Ressurreição oferece aulas de yoga

A atividade pode ser feita por homens e mulheres, pois auxilia no controle do estresse, ansiedade e dores no corpo,

Publicada em 24 de setembro de 2018 - 13:04

Imprimir
UBS do bairro Alto da Ressurreição oferece aulas de yoga

Última atualização: 24 , setembro 2018 - 13:04

A população teresinense pode ter acesso a atividades de yoga em uma das academias de saúde localizadas na capital. Na Unidade Básica de Saúde do bairro Alto da Ressureição, zona Sudeste da cidade, as aulas acontecem todas às terças e quintas-feiras, às 8h.

A atividade pode ser feita por homens e mulheres, pois auxilia no controle do estresse, ansiedade e dores no corpo, além de melhorar o equilíbrio e facilitar o emagrecimento.

De acordo com o professor de educação física do Alto da Ressurreição, José Gonçalves, também são realizadas outras atividades. “Nas terças e quintas acontece, a partir das 9h, o grupo de capoeira, que é aberto a todas as idades, mas com foco em crianças e adolescentes”, informa.

Em 2017 o Ministério da Saúde aprovou duas portarias: a número 145, de 11 de janeiro, e a portaria número 849, do mês de março, fortalecendo o marco legal da Política Nacional das Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) no Sistema Único de Saúde, ampliando significativamente a PNPIC incluindo práticas como a arteterapia, meditação, musicoterapia, reiki e yoga, dentre outras.

Com informações PMT

Zona Sul

Servidor de UBS é baleado em assalto no Portal da Alegria

O servidor foi atingido por dois tiros de raspão, no abdômen e na coxa. Ele não corre risco de morte.

Publicada em 27 de agosto de 2018 - 18:54

Imprimir
Servidor de UBS é baleado em assalto no Portal da Alegria

Última atualização: 28 , agosto 2018 - 10:28

Willy Júnior, 27 anos, o servidor de Tecnologia da Informação (TI) da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Bairro Portal da Alegria, zona Sul de Teresina, foi baleado em assalto nesta segunda-feira, (27/08). O servidor foi atingido por dois tiros de raspão no abdômen e na coxa.

As informações apontam que dois elementos entraram na UBS Portal da Alegria e se encaminharam para o setor de marcação de consultas e exames e, ainda, exigiram que os funcionários entregassem os aparelhos celulares. No momento da ação, Willy Júnior não teria percebido o assalto e quando foi verificar a impressora, foi alvejado por três tiros e coronhadas.

Segundo Sílvio Mendes, presidente da Fundação Municipal de Saúde, a situação é lamentável e solicitou reforço da Polícia Militar, por meio de licitação para a implantação de cerca elétrica e circuito de câmeras de segurança para evitar assaltos e violência nas unidades de saúde.

“A segurança pública é de responsabilidade do Governo do Estado, mas não é um problema que atinge apenas as unidades de saúde, mas também as escolas e as famílias”, garantiu.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e encaminhou Willy Júnior para atendimento médico no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e ele não corre risco de morte.

confira o prazo

Beneficiários do Bolsa Família têm até junho para regular a situação

Todas as famílias assumem o compromisso de realizar acompanhamentos de saúde

Publicada em 11 de junho de 2018 - 9:12

Imprimir
Beneficiários do Bolsa Família têm até junho para regular a situação

Fonte: Redação Piauí Agora

Última atualização: 11 , junho 2018 - 09:12

Faltam poucos dias para o fim do prazo de regularização do Bolsa Família em Teresina (PI). As famílias beneficiárias têm até dia 20 de junho para procurar o Agente Comunitário de Saúde ou Unidade Básica de Saúde (UBS) e continuar recebendo o benefício.

Para garantir o Bolsa Família, todas as famílias assumem o compromisso de realizar acompanhamentos de saúde, como o cartão de vacinação, serviços de pré-natal e saúde do bebê.

Na capital, cerca de 31 famílias podem ter o beneficio suspenso ou bloqueado, caso descumpram as regras, de acordo com os dados da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), por meio da Gerência de Programas de Renda Mínima e Benefícios (GPRM).

COMPARECIMENTO

Devem comparecer crianças menores de 7 anos, as mulheres de 14 a 44 anos e também as gestantes ou nutrizes. Os beneficiários devem levar o cartão do Bolsa Família, a Caderneta de Vacinação das crianças e, caso haja, das gestantes.

Além da saúde, também deve ser atendido o acompanhamento escolar por parte das crianças e adolescentes.

“Esses passos evitam prejuízos às famílias que tanto precisam do programa”, conclui Samuel Silveira, secretário da Semcaspi.