BR-316, Tabuleta

Caminhoneiros em greve recebem comida de sindicato e continuam manifestação

Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina (Sindserm) fez uma mesa com vários alimentos para os caminhoneiros.

Publicada em 26 de maio de 2018 - 11:36

Publicado por | Fonte: Daniely Viana

Imprimir
Caminhoneiros em greve recebem comida de sindicato e continuam manifestação

Última atualização: 27 , maio 2018 - 11:36

Com apoio dos sindicatos de todo país, os caminhoneiros em greve na BR-316, no bairro Tabuleta, zona Sul de Teresina, receberam na manhã deste sábado (26) uma mesa com frutas, bolos e alimentos em geral. A ação foi promovida por integrantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina (Sindserm).

Os caminhoneiros estão há seis dias paralisados em protesto contra o aumento do diesel. Mesmo com acordo feito na última quinta-feira (24), uma parte da categoria permanece em greve.

 

“A gente não reconhece o sindicato que o Governo entrou em acordo. Por isso é que nós pedimos apoio da população, pois como todos sabem, os responsáveis já até acionaram as forças armadas pra retirar a gente daqui”, conta o caminhoneiro Francisco Paulo, que está no movimento em Teresina.

Ainda segundo o caminhoneiro, a categoria não tem previsão para encerrar o protesto. “Estamos aqui por tempo indeterminado, pois a nossa principal questão é o combustível”, pontuou.

 

 

LIBERAÇÃO

Na BR-343, a categoria está liberando a passagem de alimentos e remédios. Somente são fiscalizados aqueles que queiram furar o bloqueio.

 

Negociação

Servidores municipais seguem com greve e exigem negociação

Para esta quinta-feira, (24/05), a partir das 8h, está programado um ato público na Câmara Municipal.

Publicada em 23 de maio de 2018 - 16:54

Publicado por | Fonte: Redação Piauí Agora

Imprimir
Servidores municipais seguem com greve e exigem negociação

Última atualização: 23 , maio 2018 - 16:54

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina (SINDSERM), junto com a categoria, decidiram nesta quarta-feira, (23/05), seguir com a greve, que já dura a 14 dias e estão exigindo uma negociação salarial. Para esta quinta-feira, (24/05), a partir das 8h, está programado um ato público na Câmara Municipal.

A greve tem forte adesão de servidores de variados setores, como: trabalhadores das Unidades Básicas de Saúde, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), do Hospital de Urgências de Teresina (HUT), do Laboratório Raul Bacelar, de hospitais, escolas, farmácia e almoxarifados centrais, Lineu Araújo, de Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), servidores administrativos, agentes de portaria, dentre outros.

Diante do movimento grevista, o prefeito Firmino Filho (PSDB) enviou à Câmara de Vereadores uma proposta de reajuste salarial aos servidores de 3%, percentual considerado pela categoria inferior às perdas salariais, que chegam a mais de 40%.

Além disso, o Sindserm garante que há dois anos a categoria não recebe reajuste salarial e os alguns vencimentos são inferiores a um salário mínimo.

ATO PÚBLICO

O ato público que acontecerá nesta quinta-feira (24/05), cobrará dos vereadores uma mediação para a abertura da negociação sobre a pauta da greve. Além desta ação, um acampamento diário em frente à sede do Palácio da Cidade é mantido como tentativa de pressionar a gestão do município para que receba a categoria.

protesto

Servidores municipais acampam em frente à Prefeitura de Teresina

Estão no local cerca de 17 pessoas que pretendem conseguir uma reunião de negociação com a PMT.

Publicada em 15 de maio de 2018 - 11:09

Publicado por | Fonte: Daniely Viana

Imprimir
Servidores municipais acampam em frente à Prefeitura de Teresina

Última atualização: 15 , maio 2018 - 11:09

Em greve desde o último dia 10 de maio, servidores municipais iniciam nesta segunda-feira (15) um acampamento em frente à Prefeitura de Teresina, Centro da cidade. Estão no local cerca de 17 pessoas que pretendem conseguir uma reunião de negociação com a PMT.

Segundo a categoria, a ação não há previsão para terminar. Os servidores estão sendo acompanhados pelo Sindicato dos(as) Servidores(as) Públicos(as) Municipais de Teresina (SINDSERM).

Dentre as pautas de reivindicação está o reajuste salarial, a proposta de reajuste de 2018, mudanças de nível e melhores condições de trabalho.

Servidores estão em greve desde o dia 10 de maio

De acordo com o Sindserm, estão em greve os setores de todas as secretarias do município e seguem por tempo indeterminado.