Secretaria de Saúde controla surto de malária em Joca Marques

Publicada em 14 de junho de 2019 - 8:05

Imprimir
Secretaria de Saúde controla surto de malária em Joca Marques

Última atualização: 14 , junho 2019 - 08:05

A Secretaria de Estado da Saúde controlou os casos de malária que foram notificados na cidade de Joca Marques, região Norte do Piauí. Dos 40 casos suspeitos, apenas seis foram confirmados.

“No momento em que fomos alertados sobre esses casos de malária, determinamos o envio de uma força-tarefa para o município a fim de orientar a população e tratar aqueles que pudessem ter se contaminado”, lembra o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

Além da equipe multiprofissional, a Sesapi também disponibilizou o carro fumacê. “Numa segunda etapa, vamos trabalhar com uma dedetização intradomiciliar e, com isso, vamos imunizar a região”, antecipa o superintendente de Assistência a Saúde da Sesapi, Alderico Tavares. Ele acrescenta que um dos casos foi diagnosticado em um trabalhador que havia viajado para o estado do Pará. “Sabemos que em algumas localidades daquela região há uma endemia dessa doença. Essa pessoa viajou para lá a trabalho”, descreve Tavares.

Desde a intervenção da Secretaria de Estado da Saúde, que começou há uma semana, a cidade de Joca Marques não apresentou mais nenhum caso de malária. “Registramos 40 casos suspeitos e desses apenas seis foram confirmados. Podemos confirmar que está contido o surto na região”, disse o superintende.

Malária

A malária é causada por protozoários transmitidos pela fêmea infectada do Anopheles. Por isso, a principal forma de transmissão é a picada do mosquito. É importante dizer que a doença não é contagiosa e uma pessoa doente não é capaz de transmitir a malária diretamente para outra.

Quem apresentar os sintomas – que são febre alta, dor de cabeça,  tremedeira e calafrios – devem procurar uma unidade de saúde. A malária tem tratamento gratuito ofertado em toda rede de saúde. Em caso de confirmação, o paciente deve seguir de forma correta o uso do medicamento para que não piore da doença.

 

Da Redação

Piauí terá centro de referência em doenças negligenciadas

Publicada em 7 de junho de 2019 - 7:36

Imprimir
Piauí terá centro de referência em doenças negligenciadas

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:50

O secretário de Estado do Planejamento, Antonio Neto, a superintendente de Orçamento e Operações Financeiras da Seplan, Edilene Facundes e equipe da Unidade de Gestão do Projeto receberam, na tarde desta quinta-feira (6), o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, e o representante do Banco Mundial especialista na área de saúde, Ezaú Pontes, para a reunião de encerramento da missão do componente saúde do Projeto Piauí Pilares do Crescimento e Inclusão Social.

O encontro teve como objetivos alinhar compromissos entre os secretários para otimizar o andamento do projeto no estado, garantindo as metas dos indicadores, entre elas a implementação do Centro de Tratamento de Doenças Negligenciadas (Ciaten), com capacidade para se tornar referência nacional em tratamento e pesquisa na área. Outro ponto tratado foi a implementação do Centros Especializados de Doenças Crônicas em Picos, Parnaíba, Bom Jesus, São Raimundo Nonato e Floriano.

A missão do Banco Mundial está no Piauí desde a segunda-feira (3), atualizando os compromissos assumidos na última missão e avaliando os resultados e progressos alcançados e progressos alcançados.

De acordo com diretor de Operações Externas, Felippe Gustavo, a missão do Banco visa não só avaliar o andamento dos compromissos acordados mas propor soluções a fim de que o componente de saúde do projeto atinja sua meta e traga ganhos para a população do Estado como o pleno funcionamento do Ciaten e dos Centros de Doenças Crônicas.

Da Redação

Joca Marques tem 40 casos suspeitos de malária e Sesapi faz força-tarefa

Publicada em - 7:34

Imprimir
Joca Marques tem 40 casos suspeitos de malária e Sesapi faz força-tarefa

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:50

A cidade de Joca Marques (distante 254 km de Teresina) registrou 40 casos suspeitos de malária. O secretário de Saúde, Florentino Neto, designou uma força-tarefa para averiguar a possibilidade de um surto da doença no município e determinou a adoção de providências imediatas para tranquilizar a população.

Técnicos da Sesapi, com apoio da Secretaria de Saúde de Joca Marques, vão realizar a pulverização (fumacê) de inseticida no município para combater e prevenir a presença do mosquito causador da doença. Os veículos equipados com borrifadores percorrerão regiões urbanas e rurais. A ação é válida também contra outras zoonoses a exemplo da dengue.

A malária é causada por protozoários transmitidos pela fêmea infectada do gênero Anopheles. Por isso, a principal forma de transmissão é a picada do mosquito. É importante dizer que a doença não é contagiosa e uma pessoa doente não é capaz de transmitir a malária diretamente para outra.

Quem apresentar os sintomas – que são febre alta, dor de cabeça, tremedeira e calafrios – devem procurar uma unidade de saúde. A malária tem tratamento gratuito ofertado em toda rede de saúde. Em caso de confirmação, o paciente deve seguir de forma correta o uso do medicamento para que não piore da doença.

Da Redação

Casos de dengue no Piauí seguem em crescimento, diz Sesapi

Publicada em 27 de maio de 2019 - 8:27

Imprimir
Casos de dengue no Piauí seguem em crescimento, diz Sesapi

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:47

Dados do 20° Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) apontam que os casos de dengue seguem em crescimento. Os números mostram que, nesta semana, os casos de dengue tiveram um aumento de 138,9% em relação ao mesmo período do ano passado. Totalizando os dados do Sistema de Informações de Agravos de Notificação (Sinan), a 20ª semana registrou um total de 2.575 notificações provenientes de 109 municípios. Em 2018, foram registradas 1.078 notificações em 68 municípios.

Pavussu, Cristino Castro, Rio Grande do Piauí, Eliseu Martins e Alvorada do Gurgueia foram os cinco municípios que registraram a maior incidência por 100 mil habitantes. Comparando com a 19° semana epidemiológica, a única mudança entre os cinco municípios foi a entrada de Eliseu Martins no ranking, substituindo o município de Júlio Borges. A Secretaria de Estado da Saúde chama a atenção para que a população também tome medidas para diminuir os riscos de incidência da enfermidade.

Ao passo que as notificações de casos de dengue continuando apresentando aumento, zika e chikungunya mais uma vez apresentaram queda no número das notificações. No que diz respeito à febre Chikungunya, a redução registrada foi de 5,3% em relação ao mesmo período de 2018. O 20° Boletim epidemiológico mostra ainda que foram 306 notificações em 22 municípios, enquanto que em 2018 foram 323 notificações em 32 municípios.

As notificações de Zika apresentaram uma redução de 52,2% em relação a 2018. No ano passado foram 23 notificações em 09 municípios, ao passo que em 2019 foram 11 notificações em 07 municípios.

O Boletim da 20° semana epidemiológica aponta ainda que não foram registrados óbitos referentes a casos de zika e chikungunya. O boletim apontou ainda que houve um óbito referente a dengue, a mesma quantidade do ano passado.

Da Redação

ALEPI

Gustavo Neiva considera ‘deboche’ resposta da Sesapi a requerimento

Gustavo Neiva disse que o assessor Marcos Rangel respondeu que a Secretaria de Saúde não poderia atender o seu requerimento porque não sabe como quantificar os servidores com salários em atraso

Publicada em 28 de março de 2019 - 15:22

Imprimir
Gustavo Neiva considera ‘deboche’ resposta da Sesapi a requerimento

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:43

O deputado Gustavo Neiva (PSB), líder da Oposição na Assembleia Legislativa, disse que considera um “deboche”, um desrespeito ao parlamento a resposta da Secretaria de Estado da Saúde, através do assessor Marcos Rangel, ao requerimento dele solicitando a regularização do pagamento dos salários atrasados dos médicos e terceirizados do Hospital Tibério Nunes, em Floriano.

Gustavo Neiva disse que o assessor Marcos Rangel respondeu que a Secretaria de Saúde não poderia atender o seu requerimento porque não sabe como quantificar os servidores com salários em atraso. “Eu não posso acreditar que um órgão, com a estrutura da Sesapi, não tenha como saber a quem está devendo”, assinalou ele.

O líder da oposição acrescentou que a resposta encaminhada à Assembleia Legislativa mostra que a Secretaria de Saúde não se interessa pelos funcionários. Neiva assinalou que os salários de médicos e terceirizados do Hospital Tibério Nunes se encontram com dois e até três meses de atraso.

FARMÁCIA DA SESAPI

Piauí firma acordo com Hospital do Coração e Ministério da Saúde para modenizar a Farmácia da SESAPI

O Secretário também participou da Assembléia do Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Saúde, quando foi eleito para compor o Conselho Fiscal da instituição.

Publicada em 27 de março de 2019 - 14:04

Imprimir
Piauí firma acordo com Hospital do Coração e Ministério da Saúde para modenizar a Farmácia da SESAPI

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:43

O Secretário de Saúde Florentino Neto assinou hoje termo de compromisso com o Hospital do Coração e o Ministério da Saúde que possibilitará a modernização da assistência farmacêutica, com significativas melhorias para Farmácia da SESAPI.

O Secretário também participou da Assembléia do Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Saúde, quando foi eleito para compor o Conselho Fiscal da instituição.

Nesta tarde o Secretário Florentino e o Senador Ciro Nogueira terão audiência com o Ministro da Saúde, Luís Henrique Mandetta.

Aedes Aegypti

Piauí registra baixa em casos de dengue, zika e chikungunya

O balanço no número de casos de dengue, zika e chikungunya no estado aponta uma redução de 68,3% em relação ao mesmo período do ano passado. 

Publicada em 3 de setembro de 2018 - 15:46

Imprimir
Piauí registra baixa em casos de dengue, zika e chikungunya

Última atualização: 3 , setembro 2018 - 15:46

A Secretaria de Saúde do Estado do Piauí (Sesapi), por meio da Coordenação e Controle das Ações de Enfrentamento à Microcefalia, divulgou nesta segunda-feira, (03/09), o balanço no número de casos de dengue, zika e chikungunya no estado e garantiu que houve uma redução de 68,3% em relação ao mesmo período do ano passado.
Nos casos de dengue, os dados mostram que no ano passado foram registrados 4.850 casos, já neste ano, foram registrados 1.536 casos notificados.
Já a chikungunya, que é a segunda doença com maior casos transmitida pelo Aedes Aegyti, até o momento, foram 450 notificações, que representa uma queda de 91,9% em relação ao ano passado. E a zika, 21 casos foram notificados em 2018. Enquanto em 2017, foram 128 casos prováveis.
PREVENÇÃO
As doenças dengue,  chikungunya e zika são adquiridas através da picada do mosquito Aedes aegypti, que se reproduz em local com água parada, seja limpa ou suja. A população deve ficar atenta as formas de prevenção do mosquito vetor e a principal é manter o ambiente limpo sem nenhum tipo de água parada, como em poças, esgotos, pneu, vaso de planta e em calha de escorrimento de água no telhado.

Imunização

Mais de 60% das crianças foram vacinadas contra pólio e sarampo no Piauí

Até o momento, já foram imunizadas 66,43% do público-alvo, que são crianças de 1 ano a 5 anos, o que representa cerca de 130 mil crianças imunizadas. 

Publicada em 27 de agosto de 2018 - 16:25

Imprimir
Mais de 60% das crianças foram vacinadas contra pólio e sarampo no Piauí

Última atualização: 27 , agosto 2018 - 19:20

A Secretaria de Saúde do Estado do Piauí divulgou nesta segunda-feira, (27/08), o balanço de imunizações para a última semana da campanha nacional de vacinação contra o Sarampo e a Poliomielite no estado.
Até o momento, já foram imunizadas 66,43% do público-alvo, que são crianças de 1 ano a 5 anos, o que representa cerca de 130 mil crianças imunizadas.
Segundo Herlon Guimarães, superintendente de Atenção à Saúde, o estado do Piauí mantém o alerta para que os pais imunizem seus filhos. “A vacina está disponível em todos os municípios para que as crianças sejam imunizadas contra esses agravos”, destacou.
A vacinação será feita de forma indiscriminada, o que significa que mesmo as crianças que já estão com esquema vacinal completo devem ser levadas aos postos de saúde para receber mais um reforço. No caso da pólio, as que não tomaram nenhuma dose ao longo da vida vão receber a vacina injetável e as que já tomaram uma ou mais doses devem receber a oral.
Além disso, as crianças que fazem parte do público-alvo,  devem receber uma dose da tríplice viral, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

Imunização

Piauí segue com baixa cobertura vacinal contra sarampo e polio

O Dia D da campanha acontecerá neste sábado, (18/08) e que o ministro da Saúde, Gilberto Occhi e o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, estarão em Demerval Lobão.

Publicada em 17 de agosto de 2018 - 17:08

Imprimir
Piauí segue com baixa cobertura vacinal contra sarampo e polio

Última atualização: 17 , agosto 2018 - 17:08

A Secretaria de Saúde do Estado do Piauí (Sesapi) informou neste sexta-feira, (17/08), que a cobertura vacinal do sarampo e da poliomielite no estado segue baixa. Até o momento, apenas 15% da meta foram imunizadas, o que corresponde a um pouco mais de 30 mil crianças.

A meta da Sesapi é vacinar 197.366 crianças no estado, entre um a cinco anos de idade.

Segundo a Sesapi, o Dia D da campanha acontecerá neste sábado, (18/08),  e que o ministro da Saúde, Gilberto Occhi e o secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, estarão em Demerval Lobão, acompanhando e incentivando a vacinação.

PROGRAMAÇÃO

8h30 – Dia D – Ação de mobilização para vacinação

Local – UBS do bairro Cidade Nova – Demerval Lobão/(Rua do Barrocão, 1.192)

Amamentação

Agosto Dourado alerta sobre o aleitamento materno

Diversas ações vão ocorrer em todo Estado até o dia 31 de agosto.

Publicada em 31 de julho de 2018 - 16:57

Imprimir
Agosto Dourado alerta sobre o aleitamento materno

Última atualização: 31 , julho 2018 - 16:57

O Agosto Dourado, mês dedicado à saúde da criança e ao aleitamento materno, promove nesta quarta-feira, (01/08), a partir das 8h30, no pátio da Secretaria de Estado da Saúde, o Dia D. Diversas ações vão ocorrer em todo Estado até o dia 31 de agosto.

O evento, que tem como tema “Amamentação: A base da vida” é mais uma oportunidade de conscientização da importância da amamentação e seus benefícios, tanto à mãe como ao bebê.

“Nenhuma fórmula láctea se compara aos benefícios da amamentação que, além de reduzir custos, diminui o número de internações, medicações, melhora a cognição e estimula o desempenho intelectual da criança”, destaca Consolação Nascimento, presidente do Comitê Estadual de Aleitamento Materno.

Na atividade, que inicia amanhã, 1º, as gestantes do Centro Administrativo serão sensibilizadas quanto aos exercícios preparatórios para o parto, além de entrega de material educativo para as doadoras de leite humano. Uma paródia sobre amamentação será apresentada pelos alunos do terceiro ano do curso técnico em Nutrição e Dietética do CEEPS Monsenhor José Luís Barbosa Cortez (PREMEN SUL).

Na Maternidade Dona Evangelina Rosa será realizada uma roda de conversas com mães no alojamento Canguru. No Hospital Dr. Antônio Pedreira Martins, no bairro Buenos Aires, acontecerá uma missa em ação de graça as mães e para finalizar as atividades do dia, uma palestra com o tema “Conhecendo o processo de amamentação”, em Parnaíba.

Posto de coleta de leite humano

O Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, recentemente abriu o Posto de Coleta de Leite Humano. Numa estrutura ampla, a unidade dará suporte aos bebês internados na UTI Neonatal. De acordo com Consolação, os profissionais passarão por capacitação de cursos exigidos pela RDC 171.

“Os profissionais irão participar de treinamento prático a ser realizado no Banco de Leite Humano da Maternidade Dona Evangelina Rosa. A equipe já está fazendo campanha para arrecadarem os frascos. A equipe do hospital de Floriano está muito empenhada”, completa.

 

PROGRAMAÇÃO:

01/08/2018 – Abertura da Semana Mundial da Amamentação/Agosto Dourado com gestantes do Centro Administrativo com exercícios preparatórios para o parto. Local: Pátio da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí Horário: 8h30 Mediadoras: Maria da Consolação Nascimento – Técnica da Atenção à Saúde da Criança e Adolescente; Naiana Leal – Fisioterapeuta da SOS Amamentação.

01 à 31/08/2018  Entrega do material educativo para doadoras externas.

01/08/ 2018 – Roda de conversa com mães no alojamento Canguru: “Amamentação: Abase da vida” Local: Maternidade Dona Evangelina Rosa – MDER.

01/08/ 2018 – Missa em ação de graça com mães Local: Hospital Dr. Antônio Pedreira Martins – Buenos Aires Horário: 8h.

 01/08/ 2018 – Secretaria Municipal de Saúde – Parnaíba, Palestra tema: “Conhecendo o processo de amamentação” Horário: 9h.

03/08/2018 – Simpósio de aleitamento materno Local: Auditório da Prefeitura de Parnaíba. Horário: 9h.

03/08/2018 – Roda de conversa com gestantes da Sala de Apoio à Amamentação. Local: Sala de Apoio à Amamentação Guadalajara Indústria de Roupas Horário: 9h, Mediadora: Vilma de Brito Lima Pena – nutricionista da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí e Hospital Universitário/UFPI.

 02 e 03/08/2018 – Roda de conversa com gestantes e mães da UTIN: “Amamentação: A base da vida” Local: Maternidade Evangelina Rosa – MDER Horário: 8h.

01/08/2018 – Abertura do Agosto Dourado na Maternidade Dr..Jõao Bandeira Monte – Piripiri;  Panfletagem e distribuição do “Laço dourado”.

02/08/2018 – Dia de Beleza com o tema ”Mãe que amamenta também se cuida” Horário: 07h às 11h.

06, 07 e 08/08/2018 – Oficina de manejo da amamentação com profissionais Local: Maternidade Evangelina Rosa – MDER Horário: Manhã e Tarde.

06/08/2018 – Abertura do Agosto Dourado da Fundação Municipal de Saúde (FMS) com palestra sobre o tema: Amamentação: a base da Vida! Local: Unidades Básicas de Saúde do Poty Velho Horário: 9h.

08/08/2018 – Roda de conversa com mães doadoras e parturientes Local: Maternidade Dona Evangelina Rosa – MDER Horário: 9h, Mediadora: Vanessa Moura Paz – Nutricionista Supervisora do Banco de Leite Humano.

10/08/2018 – Roda de conversa com gestantes e lactantes do Hospital. Local: Hospital Dr. Luiz Milton de Arêa Leão – Satélite Horário: 9h, Mediadora: Luciana Ribeiro Pereira – Nutricionista.

15/08/2018 – Roda de conversa com as mães do Hospital/Maternidade. Local: Hospital/Maternidade Olavo Mendes de Carvalho Promorar Horário: 9h, Mediadora: Patrícia Costa – Nutricionista.

17/08/2018 – Roda de conversa com os servidores do Hospital/Maternidade. Local: Hospital/Maternidade Wall Ferraz Horário: 9h, Mediadoras: Lavínia Andrade, Débora Sobral – Nutricionista e Yasmina Fernanda – Nutricionista.

17/08/2018 – Roda de conversa com os servidores do Hospital/Maternidade. Local: Hospital/Maternidade Wall Ferraz Horário: 9h, Mediadoras: Lavínia Andrade, Débora Sobral – Nutricionista e Yasmina Fernanda – Nutricionista.

27/08/2018 – Roda das mães: Amamentação – Abase da Vida! Local: CEASA Horário: 8h, Mediadoras: Vanessa Paz – Banco de Leite da Maternidade Dona Evangelina Rosa – MDER e Laureni França – Sala de apoio à amamentação – UFPI.

31/08/2018 – Roda de conversa e depoimento de mães atendidas no consultório de aleitamento materno sobre dificuldades na amamentação e estratégias de superação. Local: Hospital Dr. Antônio Pedreira Martins – Buenos Aires Horário: 9h, Mediadoras: Ruth Maria Pádua – Nutricionista e Izabel Caroline Sousa – Enfermeira.