EVENTO

Visita técnica aponta pontos de segurança do Corso

Visita técnica aponta pontos de segurança do Corso

Publicada em 11 de fevereiro de 2019 - 15:51

Imprimir
Visita técnica aponta pontos de segurança do Corso

Última atualização: 11 , fevereiro 2019 - 15:51

Na manhã desta segunda-feira (11) a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC) esteve presente na avenida Raul Lopes junto com entidades de segurança e trânsito envolvidas na organização do Corso 2019, para uma visita técnica. O encontro aconteceu para definir pontos de segurança do evento.

De acordo com o Gerente de Promoção Cultural da FMC, Paulo Dantas,  a visita definiu os locais de permanência da Polícia Militar. “Podemos visualizar toda logística pensada pro evento, principalmente onde os 20 elevados da PM irão ficar localizados, assim como o posicionamento de posto de saúde e segurança”, afirmou.

Outra definição foi o local do Centro Integrado de Segurança do Corso, que pela segunda vez irá  funcionar de forma conjunta com as Polícias Civil e Militar, Strans, Corpo de Bombeiros e com o SAMU. Assim como no ano passado, o Centro estará posicionado no estacionamento da Ponte Estaiada.

A segurança da maior manifestação popular de Teresina conta também com diversas câmeras espalhadas pela avenida e drones para o monitoramento aéreo. Para este ano, serão 600 policiais militares distribuídos na avenida, além do efetivo da Guarda Municipal e de 103 agentes do Strans.

Estiveram na visita membros da Secretaria de Segurança, Polícias Militar e Civil, Policiamento Metropolitano e Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), além da guarda municipal de Teresina e da Rone.

Corso de Zé Pereira

As inscrições para o desfile do Corso 2019 acontecem na sede da FMC, localizada na Rua Félix Pacheco, 1440, Centro, até dia 22 de fevereiro. No ato da inscrição, é obrigatória a apresentação da cópia da CNH do motorista condutor e do RG do responsável, além da documentação do caminhão devidamente regularizado.

Poderá participar caminhão de um e dois eixos com comprimento máximo de até 14m e Bitrem até 20m, com ano de fabricação a partir de 1985.  A premiação será dividida por caminhão mais animado, criativo e original, onde cada vencedor levará o prêmio de R$10.000,00.

SEGURANÇA

Ações integradas querem coibir delitos na região do IFPI

A reunião teve como objetivo traçar estratégias para coibir os delitos

Publicada em 31 de janeiro de 2019 - 16:32

Imprimir
Ações integradas querem coibir delitos na região do IFPI

Última atualização: 31 , janeiro 2019 - 16:32

O Secretário de Segurança, coronel Rubens Pereira, se reuniu na manhã desta quinta-feira(31) com o reitor do Instituto Federal do Piauí (IFPI), o professor Paulo Henrique Gomes, com o Gerente de Policiamento Metropolitano, delegado Sebastião Alencar e representantes da Polícia Militar para discutir ações integradas de segurança nas proximidades do Instituto.
 
A reunião teve como objetivo traçar estratégias para coibir os delitos e aumentar a sensação de segurança de professores e alunos que frequentam o Instituto. Para o Comandante do 1ª BPM da PM, tenente-coronel Lacerta, será possível implementar de imediado ações nos horários de maior fluxo de pessoas. ´´Seguindo um planejamento prévio com a  Guarda Municipal, STRANS e CGO, nós iremos estender as ações que já são realizadas no centro de Teresina para a região do IFPI. No que diz respeito a troca de informações rápidas, vamos facilitar esse contato diários com essa comunidade e facilitar o trabalho da PM´´, ressaltou o comandante. 
 
Para o Secretário de Segurança, coronel Rubens Pereira, a união de esforços é o caminho mais viável para solucionar o problema da segurança pública no estado. ´´Trabalhamos com possibilidades dentro daquilo que está determinado pela Constituição, juntos, podemos aperfeiçoar a atuação das forças de segurança da capital´´, concluiu.

 

EMENDAS

Bancada Federal destina R$ 10 milhões para segurança no Piauí

Fábio Abreu disse que deseja voltar a Secretaria de Segurança para por em prática o Plano Estadual de Segurança, mas que essa é uma decisão do Governador

Publicada em 17 de janeiro de 2019 - 18:07

Imprimir
Bancada Federal destina R$ 10 milhões para segurança no Piauí

Última atualização: 17 , janeiro 2019 - 18:07

A informação foi confirmada pelo deputado Federal, Fábio Abreu (PR). Sob a coordenação do deputado Átila Lira (ainda no PSB) os parlamentares piauienses colocaram R$ 10 milhões em emendas apenas para segurança pública, algo inédito no Estado.

“São emendas impositivas de todos os deputados que devem ser utilizadas ainda este ano. No encontro da bancada  defendi que fosse alocado R$ 26 milhões para segurança. Mas, conseguimos R$ 10 milhões. Fico animado com a promessa do Presidente Jair Bolsonaro em liberar as emendas impositivas rapidamente”, comemora o parlamentar.

Fábio Abreu disse ainda que deseja voltar a comandar a Secretaria de Segurança para por em prática o Plano Estadual de Segurança, mas que essa é uma decisão do Governador. No entanto, deixou claro que, nesta possibilidade, estará de volta ao mandato para destinar emendas.

“Disso não abro mão. Retorno a Brasília nos momentos decisivos para o País e o Piauí, como fiz no último mandato. Também não abro mão de indicar emendas, principalmente para área da segurança pública”, concluiu.

Fonte: Portal Douglas Cordeiro

SEGURANÇA

PSL quer trazer sistema de reconhecimento facial da China para o Brasil

Bancada do partido, o mesmo do presidente Jair Bolsonaro, viajou ao país asiático nesta semana para conhecer mais sobre o sistema.

Publicada em 16 de janeiro de 2019 - 17:54

Imprimir
PSL quer trazer sistema de reconhecimento facial da China para o Brasil

Última atualização: 16 , janeiro 2019 - 17:54

Deputados e senadores do PSL (Partido Social Liberal), o mesmo do presidente Jair Bolsonaro, viajaram nesta semana à China para conhecer de perto o sistema de reconhecimento facial do país asiático, vigilância que os integrantes do partido querem trazer para o Brasil. As informações são do UOL.

“Os chineses estão muito à nossa frente na questão da segurança pública, e como representante do estado do Rio de Janeiro essa tecnologia toda muito me interessa”, afirmou ao UOL o deputado federal Felício Laterça (PSL-RJ), que faz parte do grupo de 12 parlamentares que viajaram para a China nesta terça, 15/1, a convite do governo daquele país.

Segundo o UOL, os membros do PSL no congresso planejam apresentar no próximo mês de fevereiro, quando começa o ano legislativo, um novo projeto de lei que prevê a implantação de sistemas com tecnologia de reconhecimento facial em lugares públicos.

Entre outras coisas, o projeto, cujo custo ainda não foi revelado, prevê a instalação de câmeras especiais em pontos de grande circulação das cidades, com o objetivo de ajudar as autoridades na captura de suspeitos e no combate ao crime. O primeiro lugar a receber a novidade seria a cidade do Rio de Janeiro.

A China possui um sistema gigantesco de vigilância, que conta com 170 milhões de câmeras com capacidade de identificar cidadãos por meio de reconhecimento facial – outras 400 milhões de câmeras deverão ser instaladas, aponta a reportagem.

ENCONTRO

Governadores discutem hoje em Brasília segurança pública

O encontro é organizado pelos governadores eleitos do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), e de São Paulo, João Doria (PSDB).

Publicada em 12 de dezembro de 2018 - 10:18

Imprimir
Governadores discutem hoje em Brasília segurança pública

Última atualização: 12 , dezembro 2018 - 10:18

Segurança pública será o tema central da segunda reunião dos governadores eleitos e reeleitos, que ocorre hoje (12) em Brasília, na sede do Conselho Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Até ontem à noite, 25 governadores e um vice-governador haviam confirmado presença. O futuro ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sergio Moro, também deverá participar do debate.

O encontro é organizado pelos governadores eleitos do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), e de São Paulo, João Doria (PSDB). Além de Moro, vão participar os presidentes do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, e do Superior Tribunal de Justiça, ministro João Otávio de Noronha, bem como o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

Na última reunião, em novembro, os governadores combinaram que levariam para debate temas consensuais. Foram definidos 13 assuntos prioritários dos estados. Algumas propostas, como as reformas da Previdência, administrativa e tributária, são listadas como necessárias, mas os governadores não têm posição conjunta sobre quais pontos devem ser aprovados.

SEGURANÇA

Após morte de estudante, Segurança propõe ações contra delitos em paradas

as ações serão de ronda com viaturas e motocicletas e ainda a realização de blitz.

Publicada em 28 de novembro de 2018 - 13:40

Imprimir
Após morte de estudante, Segurança propõe ações contra delitos em paradas

Última atualização: 28 , novembro 2018 - 18:38

Após o crime cruel ocorrido na manhã desse domingo, (25/11), com um jovem estudante de medicina, que a Secretaria de Segurança e representantes da Polícia Civil, Militar, Setut e Semcaspi se reuniram na manhã desta quarta-feira, (28/11), para propor ações conjuntas.

A ideia é garantir segurança à população nos pontos de ônibus, em especial, os que compõem os corredores exclusivos do transporte público de Teresina.
Segundo o Coronel Márcio, Coordenador Geral de Operações da PM, as ações serão de ronda com viaturas e motocicletas.
“As ações terão livre acesso aos corredores que dão acesso as paradas, além da realização de blitz e o revezamento entre equipes da PM e da Guarda Municipal nas estações”, pontuou.
O coronel Rubens Pereira, secretário de Segurança, acredita que a união de esforços é o caminho mais viável para solucionar os delitos em paradas de ônibus.
“Trabalhamos com possibilidades dentro daquilo que está determinado pela Constituição, juntos, podemos aperfeiçoar o a atuação das forças de segurança da capital”, pontuou.

Enem 2018

Mais de 500 policiais atuarão na segurança do Enem no Piauí

Além dos policiais, a PM vai disponibilizar viaturas extras e delegacia móvel. 

Publicada em 1 de novembro de 2018 - 15:50

Imprimir
Mais de 500 policiais atuarão na segurança do Enem no Piauí

Última atualização: 1 , novembro 2018 - 15:50

A realização das provas do Enem 2018 terá início neste domingo, (04/11), e no Piauí, cerca de 512 agentes públicos da Polícia Militar em cada ponto de aplicação de provas, atuando na segurança do processo seletivo. Além dos policiais, a PM vai disponibilizar viaturas extras e delegacia móvel.

O plano de segurança para o Enem 2018 foi apresentado na manhã desta quinta-feira, (01/11), no Centro Integrado de Comando e Controle Regional, na Secretaria de Segurança Pública do Piauí.

Segundo major Audivam Nunes, comandante do Centro Integrado no Estado, a Operação terá início às 6hs e acontecerá o monitoramento dos locais de provas.

“Em cada local de aplicação das provas terá um PM que informará sobe qualquer ocorrência. Se for necessário, vamos utilizar a aeronave da Polícia Militar. Já a delegacia móvel será instalada no local de maior concentração de candidatos, próximo da UESPI ou da UFPI, ainda estamos definindo”, esclareceu.

De acordo com o coronel Rubens Pereira, secretário Estadual de Segurança Pública, as provas já estão sob guarda e custódia do Exército em Teresina e em Picos.

“Estamos em sintonia com o Ministério de Educação. Esse plano já foi realizado anteriormente e a expectativa é que com toda essa logística integrada com outros órgãos, nos teremos sucesso”, pontuou.

A reunião contou com representantes de vários órgãos que no Enem como Exército, Correios, Equatorial, Strans, Corpo de Bombeiros, Fundação Getúlio Vargas (FGV), entre outros.

CANDIDATOS

No Piauí serão 311 locais de provas que acontecerão em 32 municípios. O  Enem 2918 contou com mais de 119 mil inscritos no estado. As provas serão aplicadas nos dias  04 e 11 de novembro de 2018.

 

Operação Eleições 2º Turno

Municípios piauienses recebem mais de 5 mil policiais durante 2ª turno

As equipes estarão realizando as ações para coibir boca de urna, compra e venda de votos, distribuição de material de campanha eleitoral, assim como o transporte irregular de eleitores.

Publicada em 25 de outubro de 2018 - 13:13

Imprimir
Municípios piauienses recebem mais de 5 mil policiais durante 2ª turno

Última atualização: 25 , outubro 2018 - 17:19

O 2ª turno das Eleições 2018 será no domingo (28/10), por isso, a Polícia Militar do Piauí deu início a Operação de segurança com efetivo de 5.478 PM’s. O embarque das equipes começou nesta quinta-feira (25/10) e vai contemplar 224 municípios piauienses.

Os policiais estarão nos 3.608 locais de votação de todo o estado com objetivo de realizar segurança, desde a chegadas das urnas, a guarda, como também ações no dia da votação. De acordo com o coordenador geral de operações, coronel Marcio, a operação conta com viaturas e motocicletas circulando diuturnamente.

As equipes também estarão coibindo a boca de urna, compra e venda de votos, distribuição de material de campanha eleitoral, assim como o transporte irregular de eleitores.

O Coordenador Geral de Operações ressalta que. além das integrações entre a Polícia Militar e a Justiça Eleitoral, a Secretária de Segurança está associada com o Ministério de Segurança Pública, para que todos os dados referentes à segurança sejam repassados para o Sistema Nacional.

CUIDADOS E ORIENTAÇÕES

O coronel orienta a população para alguns cuidados no dia da eleição:

– Ao sair de casa para o local de votação, deixar as portas trancadas e verifcar as fechaduras, “comuniquem a algum vizinho ou parente para ficar atento”;

-Os telefones do 190 estão à disposição para qualquer eventualidade;

-Ao flagrar algum ato ilícito, comunique as autoridades;

-Observar a portaria da Secretária de Segurança Pública sobre a proibição de distribuição, venda e consumo de bebidas alcoólicas desde às 00h até às 18h do dia 28 de Outubro de 2018. “Orientamos aos comerciantes, donos de bares e restaurantes, a partir das 22h irem informando aos clientes, para que no horário previsto quando nossas equipes estiverem fiscalizando não sejam pegos de surpresa”.

20ª edição do Enem

SSP traça ações de segurança para o Enem 2018

No Piauí em 2017, a Secretaria de Segurança Pública instalou em sua sede o Centro Integrado de Comando e Controle

Publicada em 18 de outubro de 2018 - 14:44

Imprimir
SSP traça ações de segurança para o Enem 2018

Última atualização: 18 , outubro 2018 - 14:44

A Secretaria de Segurança Pública do estado do Piauí se reuniu na manhã da última terça (16) na sede da SSP, com representantes dos Correios e da Fundação Getúlio Vargas (FGV) para traçar ações integradas para operação Enem 2018 no Piauí. O Plano de Segurança será apresentado dia 01 de novembro.

Durante a reunião foram discutidas ações integradas de segurança pública para o exame com os Correios e a FGV. “As ações integradas visam garantir a segurança e logística na distribuição de material, para todo o Piauí, e monitoramento no dias de prova”, ressaltou o Coordenador do Centro Integrado de Comando e Controle Regional Piauí, Major Audivam Nunes.

Estiveram também presentes na reunião o Coordenador do Policiamento Ostensivo do Enem no Piauí, Ten Cel Mota, a Coordenadora Estadual de Logística da FGV, Professora Norma Suely e o Coordenador Regional de logística dos Correio, Leonardo Reis.

Esta será a 20ª edição do Enem e as provas acontecem nos dias 04 e 11 de novembro de 2018. No Piauí em 2017, a Secretaria de Segurança Pública instalou em sua sede o Centro Integrado de Comando e Controle com acompanhamento real das ocorrências, envolvendo todas as instituições.

Com informações SSP

Operação Centro Seguro

Secretaria de Segurança promete reforçar policiamento no Centro de Teresina

A iniciativa abrange reforço do policiamento ostensivo, a pé e com motocicleta

Publicada em 11 de outubro de 2018 - 12:13

Imprimir
Secretaria de Segurança promete reforçar policiamento no Centro de Teresina

Última atualização: 11 , outubro 2018 - 18:57

Os constantes assaltos aos estabelecimentos e consumidores no Centro de Teresina são motivos de muita preocupação para os lojistas, que solicitam maior segurança no local. Diante da situação, a Secretaria de Segurança Publica do Piauí e a Polícia Militar apresentam nesta quinta-feira (11/10), um plano integrado de ações para a região aos representantes do Sindicato dos Logistas do Piauí (Sindilojas).

Segundo a SSP, a iniciativa abrange reforço do policiamento ostensivo, a pé e com motocicleta; integração de ações com a Guarda Municipal e Strans, além da identificação e prisão. As equipes  estarão concentradas nos principais pontos, como paradas de ônibus e praças. Logo após a apresentação do plano, foi lançada a Operação Centro Seguro, na Praça Rio Branco.

“O plano emergencial aumenta a presença da Polícia Militar, como também ações da Polícia Civil e vamos convidar para reunião integrada instituições que podem atuar na parte social, principalmente na prevenção junto a usuários de drogas”, explica o Secretário de Segurança Publica, coronel Rubens Pereira.

O secretário ainda orienta que Sindilojas também pode colaborar para a identificação dos autores dos crimes, como a implantação de segurança privada e instalação de um sistema de viodeomonitoramento.

PM É ALVEJADO DURANTE TENTATIVA DE ASSALTO NO CENTRO

Em um dos últimos assaltos registrados no Centro de Teresina, o Policial Militar Vidal dos Santos Carvalho, 48 anos, foi alvejado com tiro no tórax. Ele tentou impedir uma tentativa de assalto a uma joalheria localizada na Rua Climatizada.

A vítima chegou  a passar por duas cirurgias no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas morreu quatro dias depois em decorrência de uma parada cardiorrespiratória.