Menos de 60 anos

Beneficiários menos de 60 anos têm até sexta para sacar PIS/Pasep

O Ministério do Planejamento informou que há 4,5 milhões de pessoas com menos de 60 anos ainda não retiraram os recursos. 

Publicada em 27 de setembro de 2018 - 17:31

Imprimir
Beneficiários menos de 60 anos têm até sexta para sacar PIS/Pasep

Última atualização: 27 , setembro 2018 - 17:31

Os beneficiários dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), menos de 60 anos, têm até sexta-feira, (28/09), para realizar o saque.

O Ministério do Planejamento informou que há 4,5 milhões de pessoas com menos de 60 anos ainda não retiraram os recursos.

Os cotistas do PIS que ainda não sacaram seus benefícios poderão se deslocar as agências da Caixa Econômica Federal, que abrirão duas horas mais cedo, exceto nas regiões em que, devido ao fuso, esse horário não for a melhor condição de atendimento aos clientes.

Para essas regiões específicas, cada superintendência local decidirá se abrirá a agência antes ou se fechará depois do expediente normal.

Saque

Beneficiários têm até sexta-feira para saque do PIS/Pasep

Os cotistas contemplados nesta remessa são os que têm menos de 60 anos.

Publicada em 24 de setembro de 2018 - 12:53

Imprimir
Beneficiários têm até sexta-feira para saque do PIS/Pasep

Última atualização: 24 , setembro 2018 - 12:53

Os trabalhadores, beneficiários do saque PIS/Pasep, têm até esta sexta-feira, (28/09), para efetuar o saque. Os cotistas contemplados nesta remessa são os que têm menos de 60 anos.

Após o prazo para beneficiários menos de 60 anos, inicia-se o saque para as pessoas com 60 anos ou mais, aposentados, herdeiros de cotistas, pessoas em situação de invalidez ou acometidos por doenças específicas, conforme determina a Lei 13.677/2018.

Ao total, cerca de R$ 17 bilhões já foram pagos aos trabalhadores que atuaram entre 1971 e 1988 na iniciativa privada (com carteira assinada) ou no serviço público, desde o início do processo de flexibilização dos saques do Fundo PIS/Pasep, em outubro de 2017, até agora.

Do público potencial de 28,5 milhões de pessoas que havia em 2017, mais de 15,5 milhões de trabalhadores já receberam os recursos, ou seja, 55% do total.

Saiba quem tem direito

Para saber o saldo e se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sites do PIS e do Pasep. Para os cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal no telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do Pasep, a consulta é feita ao Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-729-0001.

Têm direito ao saque as pessoas que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988. As cotas são os rendimentos anuais depositados nas contas de trabalhadores, instituídas entre 1971, ano da criação do PIS/Pasep, e 1988.

Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição, promulgada naquele ano, passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Benefício

Pis/Pasep estará disponível a partir desta terça (14)

O prazo para o saque é até 28 de setembro. 

Publicada em 13 de agosto de 2018 - 17:04

Imprimir
Pis/Pasep estará disponível a partir desta terça (14)

Última atualização: 13 , agosto 2018 - 17:04

O saque da cota dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) estará disponível a partir desta terça-feira, (14/08), para os trabalhadores de todas as idades. O prazo para o saque é até 28 de setembro.

Têm direito ao saque as pessoas que trabalharam com carteira assinada antes da Constituição de 1988. As cotas são os recursos anuais depositados nas contas de trabalhadores criadas entre 1971, ano da criação do PIS/Pasep, e 1988.

Quem contribuiu após 4 de outubro de 1988 não tem direito ao saque. Isso ocorre porque a Constituição, promulgada naquele ano, passou a destinar as contribuições do PIS/Pasep das empresas para o Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que paga o seguro-desemprego e o abono salarial, e para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Até 2017, o saque das cotas era permitido quando o trabalhador completasse 70 anos, em caso de aposentadoria e em outras situações específicas. Desde o ano passado, o governo federal flexibilizou o acesso e até setembro pessoas de todas as idades podem retirar o dinheiro.

Em julho, o pagamento foi suspenso para o cálculo do rendimento do exercício 2017-2018. Na primeira etapa do cronograma, encerrada no dia 29 de junho, 1,1 milhão de trabalhadores fizeram o saque, retirando uma soma de R$ 1,5 bilhão.

Desde o dia 8 de agosto, o crédito para correntistas da Caixa e do Banco do Brasil está sendo feito automaticamente. A partir de amanhã, todas as pessoas poderão sacar os recursos corrigidos. A partir de 29 de setembro, só será possível receber as quantias dos dois fundos nos casos previstos na Lei 13.677/2018.

E O SALDO?

O trabalhador poderá consultar o saldo que tem direito, pode acessar os sites do PIS e do Pasep. Para os cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal no telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do Pasep, a consulta é feita ao Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-729-0001.

 

 

Benefícios

Caixa inicia nova fase de pagamento do PIS

Os valores poderão ser sacados até 28 de setembro de 2018.

Publicada em 8 de agosto de 2018 - 14:34

Imprimir
Caixa inicia nova fase de pagamento do PIS

Última atualização: 8 , agosto 2018 - 14:34

A Caixa Econômica Federal inicia nesta quarta-feira, (08/08), o pagamento das cotas do PIS para todas as idades. Os valores poderão ser sacados até 28 de setembro de 2018.

O saque estará disponível para mais de 20 milhões de brasileiros que trabalharam com carteira assinada no período de 1971 a 04/10/1988. O valor total disponível ultrapassa R$ 29 bilhões.

Aproximadamente 4,4 milhões de pessoas, que possuem contas ativas de titularidade individual na CAIXA, terão os valores referentes às cotas creditados diretamente em suas contas nesta quarta-feira (8), somando assim um valor de aproximadamente R$ 3,31 bilhões de reais. Os correntistas poderão sacar o valor de suas contas a partir da quinta-feira (9).

Já o pagamento das cotas do PIS para trabalhadores que não possuem conta na CAIXA seguirá as seguintes datas: 14/08/2018 28/09/2018

Quem pode sacar:
Tem direito às cotas do PIS o trabalhador cadastrado no Fundo PIS/PASEP entre 1971 e 4 de outubro de 1988 que ainda não sacou o saldo total de cotas na conta individual de participação.

Canais de pagamento e documentação:

O saque das cotas do PIS será efetivado após a confirmação do direito nas agências da CAIXA. Os pagamentos das cotas do PIS com valor até R$ 1.500 podem ser realizados no Autoatendimento da CAIXA apenas com a Senha Cidadão, sem a necessidade do Cartão do Cidadão, ou com Cartão Cidadão e Senha nas Unidades Lotéricas e CAIXA AQUI, mediante apresentação de documento oficial de identificação com foto.

Os saques de valores até R$ 3 mil podem ser feitos com Cartão do Cidadão e Senha Cidadão no Autoatendimento, Unidades Lotéricas e CAIXA AQUI, com documento de identificação oficial com foto.

Os valores acima de R$ 3 mil devem ser sacados nas agências, mediante apresentação de documento oficial de identificação com foto. A CAIXA orienta que os trabalhadores consultem o site www.caixa.gov.br/cotaspis para verificarem se possuem direito.

Canais exclusivos de consulta das cotas do PIS:
A CAIXA criou um serviço exclusivo em seu site (www.caixa.gov.br/cotaspis) para facilitar o atendimento ao trabalhador que tem direito ao saque da cota do PIS. Na página, o trabalhador pode visualizar se possui o direito e o valor que tem a receber, a data do saque e os canais disponíveis para realização do pagamento.

O trabalhador tem ainda a opção de se informar por meio do APP CAIXA Trabalhador, que está disponível para download. O APP é gratuito e as informações estão disponíveis ao clicar no link “Informações Cotas do PIS”, onde o trabalhador deverá informar o CPF ou NIS, data de nascimento para saber se possui saldo de cotas do PIS. Para verificar o valor também deverá ser informada a senha internet.

Outras opções de atendimento aos trabalhadores são os terminais de Autoatendimento, por meio do Cartão do Cidadão, ou o internet banking para correntistas da CAIXA, na opção “Serviços ao Cidadão”.

Herdeiros:
Os beneficiários legais, na condição de herdeiros, poderão comparecer a qualquer agência da CAIXA, portando o documento oficial de identificação e o documento que comprove sua condição de herdeiro para realizar o saque.

Deverão ser apresentados o documento de identificação pessoal válido do sacador, o comprovante de inscrição PIS (opcional – caso os dados apresentados não permitam a identificação da conta PIS), e o documento que comprove a relação de vínculo com o titular, dentre os seguintes:
certidão ou declaração de dependentes habilitados à pensão por morte expedida pelo INSS;
atestado fornecido pela entidade empregadora (no caso de servidor público);
alvará judicial designando o sucessor/representante legal;
formal de partilha/escritura pública de inventário e partilha.

Saque por procuração:
O saque poderá ser realizado pelo representante mediante procuração particular, com firma reconhecida, ou por instrumento público que contenha outorga de poderes para solicitação e saque de valores do PIS.

Rede de atendimento:
A rede de atendimento da CAIXA é composta por 4.249 unidades próprias (470 com Penhor e 3 instaladas em Barco), sendo 3.412 agências, 837 postos de atendimento e 8 unidades móveis (Caminhões), 13.080 Unidades Lotéricas, 11.178 correspondentes CAIXA AQUI e 6.230 pontos de Autoatendimento, com 31.315 equipamentos, 19.868 terminais do Banco 24Horas e 2.953 da Rede Compartilhada CAIXAxBB.