Governo planeja inaugurar Trilha das Emoções em agosto

Publicada em 14 de maio de 2019 - 10:17

Imprimir
Governo planeja inaugurar Trilha das Emoções em agosto

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:47

O litoral do Piauí tem praias de água cristalina, dunas de areia clara, paisagens deslumbrantes do Delta e praticamente intocáveis. Agora, toda essa beleza estará mais próxima dos turistas do Brasil e do mundo com a inauguração da Trilha das Emoções, que foi tratada em reunião realizada nesta segunda-feira (13) com o governador Wellington Dias, Fernando Alves Bombadirer (representa da BRP Brasil), o construtor Luiz Filho, o engenheiro e projetista Roberto Raulino e gestores estaduais.

O governador Wellington Dias propõe fazer a entrega dessa trilha, que inicia na divisa com o estado do Ceará, no município de Cajueiro da Praia, à divisa com o Maranhão, na semana entre 22 a 25 de agosto.

A Trilha das Emoções vai atrair mais turistas para conhecer um destino rico de belezas naturais, mas que ainda é pouco conhecido. “A trilha ficou maravilhosa e vai, com certeza, destacar ainda mais a nossa natureza exuberante e belíssima. Ela passa pelos principais pontos turísticos da região e vai garantir uma atividade que soma a outras ações e competições realizadas no litoral”, disse o governador.

Wellington explica que assim como o litoral recebe turistas que vêm motivado pelas praias, pelo evento de kitesurf, agora chegou a vez do amante de trilhas”, diz o governador, declarando que estão sendo feitos alguns ajustes e para a inauguração, a meta é convidar pessoas do Brasil e do mundo para conhecer essa trilha internacional, que está na Rota das Emoções.

Segundo a secretária de Turismo, Carina Thomaz Câmara, a Trilha das Emoções vai movimentar o litoral piauiense, principalmente durante a baixa estação. “No segundo semestre temos a competição de kitesurf, enquanto que no primeiro, temos um baixo movimento. Então, a trilha vai proporcionar a realização de eventos que não dependem de ventos e com isso vamos movimentar o litoral o ano todo e, consequentemente, gerar renda, ocupar hospedagens e restaurantes”, diz.

Para a secretária, o Piauí está no caminho certo, pois o ecoturismo, o off road, o turismo de aventura estão em alta tanto no âmbito nacional quanto internacional. “Vamos dialogar com as operadoras que operam no litoral a vinda desses turistas para conhecer as praias e fazer essa trilha e que elas saiam encantadas e contentes com o nosso lindo litoral. O Piauí é incrível, as pessoas só precisam conhecer”, comenta, explicando que a inauguração deve compreender várias etapas, como convites à parte de governança, imprensa, empresários.

O representante da BRP Brasil, Fernando Alves Bombardier, afirma que sempre houve interesse da empresa em desenvolver projetos sustentáveis com os devidos cuidados com a comunidade local, com o meio ambiente, proporcionando desenvolvimento econômico.

A BRP atuará no litoral com expedições, produtos e apoio. “Estamos confiantes que esse projeto vai ser um sucesso e vai estimular tanto o turismo doméstico quanto internacional”, declara.

Da Redação

TURISMO

Estrada ecológica encurta caminho na Rota das Emoções

Ecorodovia que liga Barreirinhas e Paulino Neves, nos Lençóis Maranhenses, facilita o trajeto dos turistas até Jericoacoara (CE) e dos estados vizinhos para o Maranhão

Publicada em 16 de janeiro de 2019 - 19:23

Imprimir
Estrada ecológica encurta caminho na Rota das Emoções

Última atualização: 16 , janeiro 2019 - 19:23

A Rota das Emoções, formada por 14 destinos litorâneos do Ceará, Piauí e Maranhão, acaba de ganhar um novo trecho pavimentado entre dois municípios dos Lençóis Maranhenses: Barreirinhas e Paulino Neves. As duas cidades ficam no entorno do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses que recebeu, em 2018, mais de 118 mil visitantes. A pavimentação, além de dar mais conforto a motoristas e passageiros, também encurtará em 400 km o trajeto de cargas entre o Maranhão e os outros dois estados incluídos na Rota das Emoções.

Com a novidade, todo o roteiro pode ser feito também em carros de menor porte, sem a necessidade de o turista alugar carro 4×4. A MA- 315 tem 38 quilômetros, sendo 10 quilômetros de piso intertravado em áreas urbanas – tipo de calçamento feito com pequenos blocos de cimento sobre a areia. O aspecto rústico gera baixo impacto ambiental. Além de facilitar o escoamento da água de chuva, a ecorodovia combina com as características do destino de natureza e aventura, contribuindo para a preservação da fauna e da flora. A obra inclui uma ponte sobre o Rio Novo, em Paulino Neves, com ciclovia e travessia exclusiva para pedestres.

Outro aspecto importante da ecorodovia é a integração entre os destinos da rota das emoções, facilitando a viagem dos turistas que chegam aos Lençóis Maranhenses por Barreirinhas (MA) ou que desembarcam em Jericoacora (CE), os dois extremos da rota turística. Paulinho Neves fica entre os cinco destinos maranhenses que integram o roteiro. Antes da pavimentação, os deslocamentos no novo trecho da Rota das Emoções eram feitos somente em veículos tracionados sobre a areia. A viagem completa passa por 14 cidades nos três estados.

Com a chegada da alta temporada, empreendedores e moradores comemoram o aquecimento da economia local em função do aumento da circulação de turistas pela nova rodovia. São pequenos negócios e meios de hospedagem que passaram a receber mais visitantes e consumidores. O empresário Luis Reis, que tem uma pousada de 15 apartamentos, comemora a ocupação total de seu empreendimento por turistas. “Antes, a minha ocupação dependia dos hóspedes de uma empresa eólica que se instalou aqui”, contou ele, que ampliou o negócio de 5 para 15 quartos e já pensa em construir mais apartamentos, agora para atender a demanda dos turistas.

O empresário também preside o Conselho Municipal de Turismo de Paulino Neves e reconhece a necessidade de melhorar a infraestrutura local para receber os visitantes. “No último final e semana faltou cadeira na praia de tanta gente que veio conhecer nossa cidade”, disse. O município, além de lagoas, rios e dunas, conta com 30 quilômetros de praias desertas. A partir do novo destino, os turistas também poderão conhecer atrativos como Caburé, Vassouras, Mandacaru e Atins, antes só alcançados a partir de Barreirinhas e Santo Amaro ou ainda de barco pelo rio Preguiças.

Paulino Neves, assim como Tutóia, fica na parte dos ‘Pequenos Lençóis’, que ainda são menos visitados, enquanto que Barreirinhas e Santo Amaro, que concentram a maioria dos atrativos e serviços turísticos, ocupam a área dos ‘Grandes Lençóis’, onde fica o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Já Araioses, o quinto destino maranhense da Rota das Emoções, fica no Delta do Parnaíba. O rio Parnaíba desagua entre dezenas de ilhas que se dividem entre os estados do Maranhão e Piauí.