HISTÓRIA POLÍTICA

Em duas décadas, os quatro governadores eleitos do Rio foram presos

Anthony Garotinho, Rosinha Garotinho, Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão deixaram marca infeliz na história política do Rio

Publicada em 30 de novembro de 2018 - 11:22

Imprimir
Em duas décadas, os quatro governadores eleitos do Rio foram presos

Última atualização: 30 , novembro 2018 - 11:22

A prisão do governador Luiz Fernando Pezão dá continuidade a uma marca infeliz na história política do Rio. Desde 1998, foram presos todos os governadores eleitos para comandar o estado : Anthony Garotinho, Rosinha Garotinho, Sérgio Cabral e, agora, Pezão. Assim como todos os presidentes da Assembleia Legislativa de 1995 a 2017 – Sérgio Cabral, Jorge Picciani e Paulo Melo -, 10 dos 70 deputados estaduais, 5 dos 6 conselheiros do Tribunal de Contas do Estado, além do ex-procurador-geral do Ministério Público Estadual, Cláudio Lopes.

Eleito para governar o Rio em 1999,Garotinho foi detido em novembro do ano passado, junto com a mulher, Rosinha Matheus . Eles foram acusados de  integrar uma organização criminosa que arrecadava recursos de forma ilícita com empresários. O objetivo da quadrilha, segundo as investigações, era financiar as próprias campanhas eleitorais e a de aliados, inclusive mediante extorsão. Rosinha deixou a cadeia no mesmo mês, e Garotinho saiu logo em seguida, em dezembro de 2017.

Este ano, Garotinho ainda tentou se candidatar ao governo do estado, mas o pedido de registro foi indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ ). A decisão teve como base a sentença da 15ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio que, em julho, o condenou por improbidade administrativa em um processo no qual é acusado de envolvimento em um esquema que desviou R$ 234,4 milhões da Secretaria Estadual de Saúde. O caso aconteceu quando Garotinho foi secretário de estado de Governo na gestão da mulher, entre os anos de 2005 e 2006. Com a condenação em segunda instância, Garotinho foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa.

Já Sérgio Cabral foi preso em novembro de 2016, acusado por investigadores da Operação Lava Jato, de ser o mandate do esquema criminoso, e nunca mais saiu da cadeia. As condenações por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas somam mais de 180 anos de prisão.

EX-GOVERNADORES QUE JÁ FORAM PRESOS

violência

Ator Ícaro Silva é vítima de tiroteio em túnel no RJ

Segundo informações preliminares, Ícaro ouviu gritos e acelerou o carro, sofrendo, em seguida, os disparos.

Publicada em 5 de setembro de 2018 - 11:09

Imprimir
Ator Ícaro Silva é vítima de tiroteio em túnel no RJ

Última atualização: 5 , setembro 2018 - 11:09

Ícaro Silva viveu momentos de tensão nas primeiras horas desta quarta-feira (05). O ator passava de carro pelo Túnel Zuzu Angel, nas proximidades da Favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio, quando sofreu disparou de arma de fogo contra seu carro. O ator, de 31 anos, foi atingido por estilhaços da bala.

Segundo informações preliminares, Ícaro ouviu gritos e acelerou o carro, sofrendo, em seguida, os disparos. Ele deu entrada no Hospital Barra D’Or, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, por volta das 5h38, e após atendimento médico, foi liberado.

O ator ainda não se pronunciou sobre o caso. Ícaro ficou conhecido em todo país quando deu vida ao personagem ‘Rafa’ de “Malhação”, ficando por várias temporadas. Em 2017 foi o grande vencedor do quadro ‘Show dos Famosos”, do Programa do Faustão.

dano imensurável

Incêndio no Museu Nacional: Local reunia mais de 20 milhões de itens

O local, antes do desastre, reunia mais de 20 milhões de itens, como peças arqueológicas, coleções de paleontologia, zoologia, botânica, antropologia, entre outras.

Publicada em 3 de setembro de 2018 - 11:15

Imprimir
Incêndio no Museu Nacional: Local reunia mais de 20 milhões de itens

Última atualização: 3 , setembro 2018 - 11:15

O incêndio de grandes proporções que atingiu o Museu Nacional da Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, na noite do domingo (02), causa dano imensurável à pesquisa nacional. O local, antes do desastre, reunia mais de 20 milhões de itens, como peças arqueológicas, coleções de paleontologia, zoologia, botânica, antropologia, entre outras.

O lugar, que já foi residência oficial da família imperial brasileira, passou, em 1818, a ter o nome de Museu Real, sendo inaugurado por Dom João VI.

Um dos itens mais importantes era o fóssil de uma mulher, considerada a habitante mais antiga das Américas. Batizado de Luzia, ela fazia parte da coleção de antropologia.

O museu também era conhecido por abrigar o maior meteorito já encontrado no Brasil, chamado de Bendegó, com 5,36 toneladas, além da maior coleção de múmias egípcias da América Latina.

INVESTIGAÇÕES

A Polícia Federal vai conduzir as investigações sobre as causas do incêndio. Apesar do fogo já ter sido controlado, ainda não há previsão para o início da perícia, pois ainda há locais ainda com focos de incêndio.

Os trabalhos serão realizados por agentes da PF da Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio.

 

Rio de Janeiro

Festival Lula Livre tem materiais recolhidos e apresentação de Chico e Gil

Os cantores Chico Buarque e Gilberto Gil encerraram o festival já na noite deste domingo, (29/07), e foram aplaudidos ao entoarem a música Cálice

Publicada em 29 de julho de 2018 - 11:01

Imprimir
Festival Lula Livre tem materiais recolhidos e apresentação de Chico e Gil

Última atualização: 29 , julho 2018 - 11:02

Festival Lula Livre conseguiu reunir nesta sábado, (28/07), no Bairro da Lapa, no Rio de Janeiro, uma multidão, inclusive, atores e cantores, que pedia a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Os cantores Chico Buarque e Gilberto Gil encerraram o festival já na noite deste domingo, (29/07), e foram aplaudidos ao entoarem a música Cálice, momento em que fez lembrar do Festival Phono 73, quando o país era governado por militares.

No início do festival, fiscais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro recolheram panfletos e materiais sob a alegação de antecipação de campanha.

Lula, preso desde abril deste ano, condenado a 12 anos e um mês por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex.

LÍDER NAS PESQUISAS

Mesmo preso, Lula segue líder nas pesquisas de intenção de voto para presidente da República, com 33% dos votos; em segundo lugar, Bolsonaro com 15%, em terceiro está Marina Silva com 7% e o quarto com Ciro 8%.

 

após eliminação

Torcida recebe seleção brasileira no Rio de Janeiro com aplausos

Tite tirou várias fotos com os fãs e deu autógrafos em um gesto de carinho.

Publicada em 8 de julho de 2018 - 11:13

Imprimir
Torcida recebe seleção brasileira no Rio de Janeiro com aplausos

Última atualização: 8 , julho 2018 - 13:41

O desembarque da seleção brasileira no Aeroporto Internacional do Galeão, Rio de Janeiro, foi de muito carinho e aplausos. Mesmo com a desclassificação na Copa do Mundo, cerca de 30 torcedores esperaram a chegada dos jogadores na madrugada deste domingo (08) para demonstrar gratidão.

Desceram no aeroporto os jogadores Douglas Costa, Taison, Gabriel Jesus, Neymar, Philippe Coutinho, Casemiro e Geromel, além da comissão técnica com Tite.

O técnico, em entrevista coletiva, agradeceu o apoio da torcida. “Eu quero, de coração, retribuir a eles todos e agradecer. Obrigado, obrigado”, disse.

Tite, inclusive, tirou várias fotos com os fãs e deu autógrafos em um gesto de carinho.

NEYMAR ‘FALOU’ PELA PRIMEIRA VEZ

Uma das declarações mais esperadas após a desclassificação era do atacante Neymar. O jogador, que ainda não falou com a imprensa, escolheu as redes sociais para expressar seu sentimento pós-derrota neste sábado (07). A publicação tem, até o momento, mais de cinco milhões de curtidas.

“Posso dizer que é o momento mais triste da minha carreira… Difícil encontrar forças pra querer voltar a jogar futebol”

Decisão

Privatização da Eletrobras é suspensa no PI e mais 4 Estados

A medida atinge os estados do Piauí, Amazonas, Rondônia, Acre e Alagoas.

Publicada em 5 de junho de 2018 - 12:22

Imprimir
Privatização da Eletrobras é suspensa no PI e mais 4 Estados

Fonte: Com informações Agência Brasil

Última atualização: 5 , junho 2018 - 12:22

A 49ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro determinou nesta terça-feira (05/06), a suspensão do processo de privatização da Eletrobras e de suas subsidiárias. A medida atinge os estados do Piauí, Amazonas, Rondônia, Acre e Alagoas.

Na decisão, a Justiça do Trabalho determinou que a empresa precisa apresentar, no prazo de até 90 dias, um estudo sobre o impacto da privatização nos contratos de trabalho da estatal e das empresas vinculadas a ela.

A informação confirmada pela própria Eletrobras, em comunicado ao mercado.