RENOVAÇÃO

Estudantes devem renovar Fies até sexta (23)

A modalidade chamada de P-Fies é para candidatos com renda familiar per capita entre 3 e 5 salários mínimos.

Publicada em 20 de novembro de 2018 - 6:18

Imprimir
Estudantes devem renovar Fies até sexta (23)

Última atualização: 20 , novembro 2018 - 16:47

Estudantes beneficiados pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) têm até sexta-feira (23/11) para renovar os contratos. Aqueles que contrataram o Fies até 31 de dezembro de 2017 devem fazer o aditamento. Neste semestre, cerca de 890 mil contratos devem ser renovados, de acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

A renovação do contrato é feita pelo sistema SisFies. Os contratos do Fies precisam ser renovados todo semestre. O pedido de aditamento é inicialmente feito pelas instituições de ensino para, depois, as informações serem validadas pelos estudantes no sistema.

Caso o aditamento tenha alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro, que é o Banco do Brasil ou a Caixa Econômica Federal, para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

Contratos de 2018

Os estudantes que aderiram ao Novo Fies e contrataram o financiamento em 2018 devem seguir o cronograma da Caixa, que é o agente operador do Novo Fies. Segundo a Caixa, aproximadamente 50 mil estudantes assinaram contratos do Novo Fies no primeiro semestre de 2018. O prazo para esses estudantes vai até 30 de novembro. O aditamento é feito no site da Caixa. O novo Fies, lançado no ano passado, tem modalidades de acordo com a renda familiar.

A modalidade Fies tem juro zero para os candidatos com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos. Nesse caso, o financiamento mínimo é de 50% do curso, enquanto o limite máximo semestral é de R$ 42 mil e é bancado pelo governo.

A modalidade chamada de P-Fies é para candidatos com renda familiar per capita entre 3 e 5 salários mínimos. Nesse caso, o financiamento é feito por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito, que pode ser um banco privado ou fundos constitucionais e de desenvolvimento.

FONTE: Agência Brasil

Não fizeram biometria

Mais de 100 mil títulos eleitorais foram cancelados no Piauí

O Piauí ficou no sexto lugar dos estados com maior número de títulos cancelados. 

Publicada em 28 de setembro de 2018 - 17:38

Imprimir
Mais de 100 mil títulos eleitorais foram cancelados no Piauí

Última atualização: 29 , setembro 2018 - 13:46

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nesta sexta-feira, (28/09), que só no Piauí, 100.260 títulos eleitorais foram cancelados, por não terem sido renovados pela biometria, realizada entre 2016 e 2018. O Piauí ficou no sexto lugar dos estados com maior número de títulos cancelados.

Os dados apontam que a Bahia é o estado com o maior número de eleitores com títulos cancelados, um total de 586.333 títulos cancelados, em segundo lugar é de São Paulo com 375.169 e o terceiro do Paraná com 257.941. Roraima foi o estado com o menor número títulos cancelados, 12.614.

Segundo a Justiça Eleitoral, no total, 3 milhões 368 mil 447 eleitores não vão votar nas eleições de outubro porque não compareceram aos cartórios eleitorais nos municípios em que houve o recadastramento para identificação biométrica ou devido a outras restrições.

Na última quarta-feira (26), por 7 votos a 2, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu rejeitar pedido de liminar feito pelo PSB para evitar o cancelamento desses títulos. A maioria acompanhou voto do ministro relator, Luís Roberto Barroso.

 

Renovação

Renovação de alvará de mototáxi vai até nesta quarta (15)

Ao total, ainda faltam 1.034 profissionais de mototaxistas procurarem a superintendência para renovar a documentação.

Publicada em 14 de agosto de 2018 - 17:12

Imprimir
Renovação de alvará de mototáxi vai até nesta quarta (15)

Última atualização: 14 , agosto 2018 - 17:15

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito informou que o prazo para a renovação das permissões para mototáxi termina nesta quarta-feira (15/08). Até o momento, de um total de 2.335 mototaxistas legalizados que trabalham no município de Teresina, 1.301 fizeram a renovação. Portanto, ainda faltam 1.034 profissionais procurarem a superintendência para renovar a documentação.

De acordo com a gerente de Licenciamento e Concessão da Strans, Cintia Machado, o prazo foi prorrogado por conta das dificuldades que os mototaxistas estavam encontrado para fazer a regulamentação do veículos e dos permissionários no que diz respeito a licenciamento e a pagamento de multas referentes aos veículos e renovação de CNH, que exige gastos extras. “Alertamos para que os mototaxistas venham o mais rápido possível, pois aqueles que não renovarem a permissão estarão trabalhando na ilegalidade e podem ter seus veículos apreendidos”, afirma.

A gerente reforça que o mototaxista que não estiver com a documentação obrigatória não poderá renovar o alvará. “Além da análise da documentação, estamos fazendo a vistoria dos veículos, verificando inclusive os equipamentos de segurança”, explica.

A novidade na renovação da permissão deste ano é que os mototaxistas precisam apresentar, junto com os demais documentos, a Certidão Criminal da Justiça Federal e a Certidão Criminal da Justiça Estadual. “De acordo com o Artigo 6º do Regulamento do Sistema de Mototáxi, para garantir a segurança dos usuários do serviço os permissionários devem apresentar essas certidões”, diz.

Cintia enfatiza ainda que, de acordo com o Artigo 10º do mesmo regulamento, no ato da renovação, o mototaxista deve apresentar uma declaração de inexistência ou existência de vínculo empregatício com carteira assinada e caráter efetivo nas esferas federal, estadual e municipal.