Zona Sudeste

Proprietária de casa usada para desmanche é presa

A residência de Edilene de Andrade estava sendo usada como apoio para a prática de desmanche de motocicletas.

Publicada em 17 de agosto de 2018 - 18:06

Imprimir
Proprietária de casa usada para desmanche é presa

Última atualização: 18 , agosto 2018 - 11:54

Uma mulher, identificada como Edilene Felix de Andrade, foi presa na manhã desta sexta-feira, (17/08), em sua residência na Rua Guadalupe, no Bairro Monte Horebe, zona Sudeste de Teresina, acusada de participar de uma quadrilha de desmanche de veículos. Além disso, uma motocicleta com restrição foi apreendida e vários materiais de motocicletas.

A Polícia Militar de Teresina recebeu denúncias de que a residência de Edilene de Andrade estava sendo usada como apoio para a prática de desmanche de motocicletas. As informações apontam ainda que com a chegada da polícia, um elemento percebeu a ação e evadiu-se do local.

Edilene de Andrade e uma motocicleta foram encaminhada. para a Central de Flagrantes de Teresina para os devidos procedimentos.

Região Central

Quadrilha rende pai e filho e rouba veículo no Centro

Os assaltantes estavam conduzindo um veículo, modelo Strada, na cor vermelha, e todos estavam armados. 

Publicada em 11 de agosto de 2018 - 16:42

Imprimir
Quadrilha rende pai e filho e rouba veículo no Centro

Última atualização: 12 , agosto 2018 - 15:00

Uma quadrilha, formada por quatro homens, assaltaram na manhã deste sábado, (11/08), um pai e filho que estavam em uma caminhonete, modelo Nissan Frontier, de cor cinza chumbo, na Rua Tiradentes, região Central de Teresina.

As informações indicam que o pai e o filho teria parado na região para colocar um quadriciclo na caçamba da caminhonete, quando foram abordados e assaltados. Além do veículo, os elementos levaram os celulares e uma carteira com documento de uma das vítimas.

Os assaltantes estavam conduzindo um veículo, modelo Strada, na cor vermelha, e todos estavam armados.

As vítimas registraram o B.O e o caso está sendo investigado pela coordenação da Polinter.

Sul do Piauí

Quadrilha armada saqueia Banco do Brasil e do Nordeste em Oeiras

Os valores roubados até o momento não foram contabilizados.

Publicada em 2 de agosto de 2018 - 13:32

Imprimir
Quadrilha armada saqueia Banco do Brasil e do Nordeste em Oeiras

Última atualização: 2 , agosto 2018 - 17:46

Uma quadrilha, formada por cerca de 15 homens, saqueou duas agências bancárias na madrugada desta quinta-feira, (02/08), na cidade de Oeiras, Sul do Piauí. As agências bancárias foram o Banco do Brasil e do Banco do Nordeste. Os valores roubados até o momento não foram contabilizados.

As informações apontam que os criminosos arrombaram os cofres centrais. No Banco do Brasil não houve nenhuma explosão a caixa eletrônico, no entanto, o Banco do Nordeste foi alvo de explosivos e teve o térreo atingido.

As investigações sugerem que os assaltantes fugiram pela BR-230 e se subdividiram em dois, sendo que um grupo fugiu em sentido para Floriano e o outro para Picos. Inclusive, o grupo que fugiu para a região de Picos, ao chegar em bar no Bairro Rodagem, fez uns garçons de reféns e liberou as vítimas próximo a uma churrascaria e a um posto.

Os veículos usados na ação foram: uma L200, uma Amarok e um Corolla.

flagrante

Quadrilha é presa ao realizar arrastões em Teresina

Grupo atuava nas zonas Norte e Leste da capital

Publicada em - 11:43

Imprimir
Quadrilha é presa ao realizar arrastões em Teresina

Última atualização: 2 , agosto 2018 - 11:43

Quatro elementos foram presos em flagrante na noite desta quarta-feira (01), acusados de realizarem arrastões nas zonas Norte e Leste de Teresina. A quadrilha utilizava um carro para cometer os crimes.

De acordo com informações repassadas pela diretoria de comunicação da PM, a equipe da Força Tática do 9ª BPM foi a responsável por localizar os acusados próximo ao Hospital do Mocambinho, na zona Norte.

Dentro do veículo, Fiat Uno de cor preta, os policiais encontraram seis celulares, quatro bolsas feminina, uma sacola , um par de chinelo, uma cartela de ovos, e a quantia de R$106,80.

Os elementos, sendo um menor de idade de 16 anos, todos residentes no Parque Brasil, foram encaminhados à Central de Flagrantes.

 

Novo golpe no estado

Bandidos clonam dados do WhatsApp para aplicar golpes

Várias vítimas já denunciaram o caso em Teresina e no Piauí

Publicada em 26 de julho de 2018 - 11:48

Imprimir
Bandidos clonam dados do WhatsApp para aplicar golpes

Última atualização: 26 , julho 2018 - 11:55

Uma nova prática de golpe está na mira da Delegacia de Combate aos Crimes de Informática, da Polícia Civil. Um grupo organizado está clonando dados do aplicativo Whatsapp para aplicar golpes no Estado. Várias vítimas já denunciaram o caso.

Os membros da quadrilha agem da seguinte forma: Uma pessoa liga para seu número e se passa por um funcionário da operadora telefônica. Em pouco tempo, o falso funcionário envia um código numérico para o celular da vítima. Ao que ela repassa esse código ao golpista, os dados do aparelho como número e contatos são clonados.

Os bandidos ainda pedem que a pessoa fique meia hora sem utilizar o celular ou as redes sociais. Nessa hora, eles entram em contato com os números da lista telefônica e solicitam dinheiro por transferência bancária.

De acordo com delegado Daniel Pires, dois casos já foram registrados em Teresina e cinco no Piauí. Em um deles, a vítima depositou R$ 3 mil em uma conta do estado do Ceará. Ele alerta “Não envie código de autenticidade do Whatsapp que tenha recebido através do SMS para qualquer pessoa”.

Apesar do crime se assemelhar ao golpe onde vários políticos sofreram no último mês, o delegado afirma que os casos não têm relação.

As vítimas podem denunciar os crimes desta natureza na Delegacia de Combate aos Crimes de Informática, localizada no 6º Distrito Policial, no bairro Piçarra, zona Sul de Teresina.

 

atuação da Polícia Civil

Quadrilha é presa em flagrante com mais de 200 kg de droga em Parnaíba

Quadrilha estaria negociando distribuição de drogas na cidade

Publicada em 29 de junho de 2018 - 11:08

Imprimir
Quadrilha é presa em flagrante com mais de 200 kg de droga em Parnaíba

Última atualização: 29 , junho 2018 - 11:11

A Polícia Civil identificou um grupo de pessoas que estaria negociando a distribuição de drogas na cidade de Parnaíba, litoral do Piauí. Membros da quadrilha estavam rondando por pontos suspeitos de venda dos entorpecente e foram presos em flagrante com mais de 200 kg de entorpecente na tarde desta quinta-feira (28/06).

De acordo a Secretaria de Segurança Pública, em nota, após investigação, a equipe policial identificou a suposta residência, localizada no bairro Planalto, em Parnaíba, que seria usada como um dos depósitos da droga.

No local, os policiais encontraram as drogas, em posse de Wellington Feitosa Sousa, 36 anos, Cássio dos Santos Feitosa, 25 anos, Elisângela dos Santos Lima, 25 anos e Janiely Azevedo Rodrigues, 23 anos.

Presos pela Polícia Civil. Foto: SSP

Outros suspeitos devem ser presos. “A DHTL informa que as investigações irão continuar no sentido de se identificar outros supostos envolvidos e combatendo com rigor todos os que se aventurarem nestes crimes tão nefastos para a sociedade”, afirma a SSP, em nota.

A Operação contou com a participação da Delegacia de Combate ao Homicídio, Tráfico de Drogas e Latrocínio de Parnaíba, NI Parnaíba, policiais da DEPATRI, Delegacia da Mulher e Delegacia Regional.

levaram todo o dinheiro

Bandidos rendem vigilantes e arrombam caixa do BB na Câmara

Os bandidos pularam o muro do local e renderam os vigilantes.

Publicada em 19 de junho de 2018 - 11:10

Imprimir
Bandidos rendem vigilantes e arrombam caixa do BB na Câmara

Última atualização: 20 , junho 2018 - 09:38

A Câmara Municipal de Teresina foi novamente alvo da ação de bandidos. Cinco homens fortemente armados invadiram o local por volta de 1h30 da madrugada desta terça-feira (19/06) e arrombaram o caixa eletrônico do terminal do Banco do Brasil. Todo o dinheiro foi levado.

De acordo com o presidente da Câmara, vereador Jeová Alencar, os bandidos pularam o muro do local e renderam os vigilantes. A ação aconteceu de 1h:30 às 4h, pois os bandidos usaram maçarico, o que demora pouco mais para arrombar um caixa eletrônico.

“Eles amarraram os vigilantes com fio, depois levaram o celular de um deles. Em seguida, quebraram três câmeras e colocaram plástico preto pra fechar a visão de outras pessoas, mas outras duas câmeras não foram danificadas”, conta.

 

Ainda segundo Jeová, a quadrilha chegou a arrombar a porta do gabinete de um vereador e também invadiu a sala do protocolo e da diretoria administrativa. Em uma delas, eles pretendiam despistar a polícia.

“Na sala da diretoria eles chegaram a procurar o HD do sistema das câmeras de segurança, mas não chegaram a encontrá-lo”, afirma. Reiterando que nada foi levado das salas.

Na manhã de hoje, a Polícia Militar está realizando a perícia no local, que permanece isolado. “Como algumas câmeras não foram danificadas eles pretendem, assim, identificar os bandidos”, diz o vereador.

Todas as atividades da Câmara Municipal de Teresina estão suspensas no dia de hoje.

PRESIDENTE SOLICITOU REMOÇÃO OS CAIXAS

Segundo o presidente Jeová Alencar, no dia 21 de maio foi enviado um expediente para remoção dos caixas eletrônicos do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal da Câmara dos Vereadores.

“Toda vez que eu via algum assalto na televisão eu só lembrava daqui, e não somente em relação ao assalto em si, mas a vida das pessoas. Felizmente nenhuma vida foi retirada”, finaliza.

 

Fonte: Daniely Viana

confessaram o crime

Quadrilha furta mais de 300 animais em Fronteiras

A equipe recebeu denúncia de que havia um grupo de indivíduos armados em um veículo,

Publicada em 13 de junho de 2018 - 10:19

Imprimir
Quadrilha furta mais de 300 animais em Fronteiras

Fonte: Daniely Viana

Última atualização: 13 , junho 2018 - 11:56

A Polícia Militar de Fronteiras (PI) desarticulou na madrugada desta terça-feira (12/06), uma quadrilha que furtou mais de 300 animais, entre caprinos e ovinos. Três homens foram presos acusados de cometer o crime na localidade São Gonçalo e regiões vizinhas da zona Rural do município.

De acordo com PM de Fronteiras, através do tenente Gilson, a equipe recebeu denúncia de que havia um grupo de indivíduos armados em um veículo, modelo Fiat Strada, de cor branca, praticando furto de animais nas regiões.

Em posse das informações, os policiais montaram uma campanha na localidade e por volta das 02h10 visualizaram o mesmo veículo citado pelos moradores. Ao serem abordados, a equipe não encontrou nenhum animal com os suspeitos, identificados pelas iniciais M. F. S., 38 anos, R. F. S., 44 anos e E. F. S., 29 anos. No entanto, ao serem questionados, eles acabaram confessando.

Na localidade de Feira Nova, zona Rural de Araripina (PE) os policiais encontraram seis animais ainda vivos, um freezer roubado, uma espingarda e vários acessórios que a quadrilha utilizava para a prática delituosa.

Eles foram encaminhados a delegacia para serem autuados.

Organização criminosa

Operação apreende mais de 34 mil litros de combustível adulterado no PI e MA

Os criminosos misturavam gasolina com água, além de outros delitos.

Publicada em 23 de maio de 2018 - 9:09

Imprimir
Operação apreende mais de 34 mil litros de combustível adulterado no PI e MA

Fonte: Daniely Viana

Última atualização: 24 , maio 2018 - 09:34

Atualização às 12h:07min

A PRF divulgou os resultados da Operação Estanque, que ocorreu nos estados do Piauí e Maranhão. Ao todo, as equipes apreenderam 34.940 litros de combustível com indícios de adulteração em cinco caminhões; 39 celulares; duas armas de fogo; 25 munições, a quantia de R$ 17.550, 00; além de vários aparelhos eletrônicos.

_____________________________________________________

Matéria Original

Quatro cidades do Piauí e Maranhão foram alvos da Operação Estanque na manhã desta quarta-feira (23/05), que desarticulou uma organização criminosa acusada de adulterar combustível. Os criminosos misturavam gasolina com água, além de outros delitos.

De acordo com a PRF, estão sendo cumpridos 23 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão nas cidades de Teresina, Capitão de Campos, Timon e Peritoró. Até o momento, 22 pessoas já foram localizadas e encaminhadas ao Instituto Médico Legal (IML) de Teresina para fazer exame de corpo de delito.

 

A operação identificou os criminosos após a PRF receber várias denúncias relacionadas a transporte irregular de combustível. Em nota, o órgão explica que foram investigados outros crimes, como, desrespeito às leis trabalhistas e uso de rebites, um estimulante proibido que permite que o condutor dirija por várias horas seguidas.

“A partir das informações encaminhas pela PRF, o GAECO iniciou as investigações no transporte e distribuição de combustível, constatando-se diversos ilícitos como: associação criminosa, furto e crimes contra a ordem econômica, tributária e ambiental”, diz.

 

Os trabalhos acontecem em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Ministério Público do Trabalho e Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Mais informações em breve.