Ministro do Desenvolvimento Regional vem a Teresina conhecer obras do Lagoas do Norte

Publicada em 7 de maio de 2019 - 8:06

Imprimir
Ministro do Desenvolvimento Regional vem a Teresina conhecer obras do Lagoas do Norte

Última atualização: 14 , maio 2019 - 14:31

O ministro Gustavo Canuto, do Desenvolvimento Regional, vem a Teresina nesta terça-feira (07) para conhecer o Programa Lagoas do Norte, suas ações e obras em desenvolvimento. Acompanhado do prefeito Firmino Filho, do secretário de Planejamento e Coordenação, José João Braga, e do diretor do Escritório Municipal de Articulação e Representação da Prefeitura Municipal de Teresina em Brasília, Erick Amorim, o ministro visitará a obra do Residencial Parque Brasil, que está sendo construído para receber famílias que vivem em situação de risco na área de abrangência do programa.

Também está na agenda uma visita ao Parque Lagoas do Norte, que se tornou um dos principais pontos de contemplação e prática esportiva e cultural, e ao Encontro dos Rios, um dos mais visitados pontos turísticos da cidade, reformado na segunda fase do Lagoas do Norte.

O Residencial Parque Brasil é referência entre os projetos habitacionais do Minha Casa, Minha Vida, com concepção pioneira no país, e tem orçamento estimado em cerca de R$ 120 milhões. Ao todo, são 1.022 unidades, distribuídas em 350 casas e 672 apartamentos. Cada um tem área aproximada de 48 m², com sala, cozinha, dois quartos e banheiro adaptado. Os prédios de apartamentos são formados por três pavimentos. A localização é na entrada no conjunto Parque Brasil, na avenida Rio Poti, zona norte da capital.

Além dessas características, o projeto do residencial conta ainda com lotes destinados à construção de pontos comerciais para aquelas famílias que já possuem atividade comercial em suas regiões de origem. Um outro aspecto que diferencia o projeto é a estrutura urbana voltada para propiciar o trânsito de ônibus dentro do residencial e estar dentro das normas e legislação em vigência em termos de acessibilidade e mobilidade urbana.

Ele será destinado às famílias que vivem atualmente em áreas de risco na região de atuação do programa. O Lagoas do Norte está propiciando visitas dessas famílias ao empreendimento, para que elas conheçam o projeto. O residencial será uma das três opções de reassentamento para essas pessoas. Cerca de 60 famílias já tiveram a oportunidade de conhecer a obra.

A visita a essas obras acontecerá na tarde desta terça (07). O desembarque do ministro Gustavo Canuto está previsto para as 15h. Do aeroporto, ele segue para a obra. Já à noite, o ministro participa do Congresso das Cidades.

Da Redação

MERCADO

Prefeitura lança programa para acesso no mercado de trabalho nesta sexta-feira (15)

Prefeitura lança programa para acesso no mercado de trabalho nesta sexta-feira (15)

Publicada em 14 de fevereiro de 2019 - 15:59

Imprimir
Prefeitura lança programa para acesso no mercado de trabalho nesta sexta-feira (15)

Última atualização: 14 , fevereiro 2019 - 15:59

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal da Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas – SEMCASPI, lança, no próximo dia 15 de fevereiro, o programa Acessuas Trabalho A solenidade de lançamento acontecerá no Centro Comunitário de Aprendizagem Carlo Novarese, a partir das 9h, no bairro Anita Ferraz, zona norte de Teresina.

O programa consiste em um conjunto de ações de articulação de políticas públicas e de mobilização, encaminhamento e acompanhamento de pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social para acesso a oportunidades de trabalho e emprego.

As ações do programa consistem em qualificação técnico-profissional, intermediação de mão-de-obra, apoio a microempreendedores, articulação com comerciantes e empresários locais para oportunidades, bem como o acesso aos direitos sociais e ao trabalho.

 “Serão atendidos desde jovens à procura do primeiro emprego, bem como à pessoas com deficiência que necessitam de encaminhamento para o trabalho; adultos desempregados que buscam qualificação”, complementa o Secretário da Semcaspi, Samuel Silveira.

Segundo a técnica do Acessuas Trabalho, Kalliandra Gualter, a equipe da SEMCASPI atuará fazendo o monitoramento do percurso do usuário, identificando o seu perfil e o encaminhando para realização de cursos em instituições parceiras do programa como a Fundação Wall Ferraz, SEBRAE, SENAC, SENAI, entre outros.

A técnica explica, ainda, que será realizado um ciclo de 08 oficinas com duração de 06 meses, que variam de 04 a 08 encontros, com carga horária entre 1h30 e 3h de duração. Os temas das oficinas serão definidos de acordo com o perfil do público atendido e o limite é de 25 participantes para cada capacitação.

Acesso ao programa

Para ter o acesso ao programa, o usuário deverá ter idade entre 14 a 59 anos. O Acessuas Trabalho tem como público prioritário beneficiários do Programa Bolsa Família, pessoas inscritas no Cadastro Único, pessoas com deficiência, jovens egressos do serviço de fortalecimento de vínculos, adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas e pessoas em situação de rua.

Interessados devem procurar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) mais próximo portando os seguintes documentos: número de identificação social (NIS), identidade (RG), cadastro de pessoa física (CPF), título de eleitor, carteira de trabalho, reservista (sexo masculino) e comprovante de residência.

Segunda edição

‘Meu Bairro é Vivo’ acontece no bairro Mafrense neste sábado (11)

 O projeto compõe a frente de prevenção do programa Vila Bairro Segurança

Publicada em 11 de agosto de 2018 - 17:04

Imprimir
‘Meu Bairro é Vivo’ acontece no bairro Mafrense neste sábado (11)

Última atualização: 11 , agosto 2018 - 17:04

O sábado dos moradores da zona Norte de Teresina será de cultura, lazer e educação. Isso porque a segunda edição do projeto ‘Meu Bairro é Vivo’ continua suas atividades neste sábado (11), no bairro Mafrense. A atividade será realizada a partir das 17h, na Praça Princesa Isabel.

A novidade da edição será a realização simultânea do projeto ‘Educando para Prevenir’, que, através de atividades educativas e lúdicas, aborda a questão das drogas nas escolas municipais de Teresina e, amanhã, será realizado na Praça. Além disso, também acontecerá a entrega de alguns livros arrecadados no Teresina em Ação ao comitê do Parque Lagoas do Norte.

“A Semcaspi, através do Teresina em Ação, arrecadou 2.339 livros. Na noite deste sábado entregaremos mil deles, que serão utilizados para compor o acervo de uma biblioteca comunitária na região”, comenta Débora Ferraz, assessora técnica da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

O projeto ‘Meu Bairro é Vivo’ tem como objetivo mapear e recuperar praças públicas, iluminar pontos de ônibus, trabalhar a educação ambiental, asfaltar vias públicas, entre outras ações. Na frente de prevenção primária do Vila Bairro Segurança, em que está inserido o projeto, são trabalhados a educação, a habitação, o trabalho e a inserção no meio social como elementos essenciais para uma cultura de não violência e aumento da qualidade de vida.

“Serão diversas ações ofertadas à comunidade, que pode esperar atividades educativas e de lazer. Convidamos a população a participar de mais uma edição”, acrescenta Samuel Silveira, secretário da Semcaspi.

No projeto estão envolvidas a Semcaspi; Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC); Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel); Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh); Secretaria Municipal de Concessão e Parcerias (Semcop); Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam), Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU- Centro/Norte) e Prodater.

Vila Bairro Segurança       

O programa Vila Bairro Segurança é uma ação da Prefeitura de Teresina, por meio da Semcaspi, que tem como objetivo promover uma política de não violência, além de aumentar a sensação de segurança. A ação contempla os 13 bairros que formam a região do Parque Lagoas do Norte, sendo eles: o Acarape, Aeroporto, Alto Alegre, Itaperu, Mafrense, Matadouro, Mocambinho, Nova Brasília, Olarias, Parque Alvorada, Poti Velho, São Francisco e São Joaquim.

Fonte: Redação Piauí Agora

neste sábado (04)

Projeto ‘Meu Bairro é Vivo’ leva ações educativas ao Mafrense

O local escolhido é a Praça Princesa Isabel.

Publicada em 4 de agosto de 2018 - 13:05

Imprimir
Projeto ‘Meu Bairro é Vivo’ leva ações educativas ao Mafrense

Última atualização: 4 , agosto 2018 - 13:05

Os moradores do bairro Mafrense poderão conferir de perto neste sábado (04) o projeto ‘Meu Bairro é Vivo’. A iniciativa leva das 17h até as 20h, atrações culturais, atividades de lazer e ações educativas através programa Vila Bairro Segurança. O local escolhido é a Praça Princesa Isabel.

Entre as atrações a população poderá contar com o grupo de capoeira Ginga Piauí; grupo Caprichoso da Ilha; ações do Dançando na Praça, entre outros.

O projeto ‘Meu Bairro é Vivo’ tem como objetivo mapear e recuperar praças públicas, iluminar pontos de ônibus, trabalhar a educação ambiental, asfaltar vias públicas, entre outras ações.

No projeto estão envolvidas a Semcaspi; Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC); Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel); Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh); Secretaria Municipal de Concessão e Parcerias (Semcop); Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam) e Prodater.

Com informações PMT

Meme

Léo Dias é suspenso do programa e fecha conta do Instagram

O meme gerou polêmica por ter no lugar do rosto da Mara Maravilha o emoji de demônio, ainda publicou como legenda “La Casa de Fofoca”

Publicada em 16 de junho de 2018 - 17:26

Imprimir
Léo Dias é suspenso do programa e fecha conta do Instagram

Fonte: Márcia Gabriele

Última atualização: 16 , junho 2018 - 17:26

O jornalista Léo Dias, que faz parte do elenco do Programa Fofocalizando, no SBT, foi suspenso nesta sexta-feira, (15/06), por publicar um meme com os colegas vestidos de personagens da La Casa de Papel. Além isso, Léo achou melhor fechar sua conta do Instagram, temporariamente.

O meme gerou polêmica por ter no lugar do rosto da Mara Maravilha o emoji de demônio, ainda publicou como legenda “La Casa de Fofoca”, o que acabou incomodando o empresário Sílvio Santos.

Segundo Léo Dias, em Stories no Instagram, estava conversando com Lívia, quando ela mandou a charge com o elenco.

“Eu estava sem lente de contato, eu tenho 10 graus de miopia, eu não vi. Eu não vi, juro por Deus, que eu não vi a cara da Mara naquela charge. Eu não tenho nada contra a Mara, nada! E aí eu postei sem lente…“, explicou.

Além disso, Léo Dias destacou que estava com o carregador do celular quebrado e não conseguiu entender o que estava acontecendo. “Agora eu fui punido, eu não posso ir ao SBT hoje por causa disso” e complementou “O legal é que todo mundo pode falar mal da Mara, todo mundo fala mal. Aí quando eu, sem querer, posto uma coisa assim, eu sou punido. Mas vida que segue“, pontuou.

MEME COM ELENCO 

3 mil vagas

Inscrições para vestibular UAPI encerram nesta sexta (08)

As inscrições acontecem, exclusivamente, pelo endereço eletrônico do Nucepe

Publicada em 7 de junho de 2018 - 10:01

Imprimir
Inscrições para vestibular UAPI encerram nesta sexta (08)

Fonte: Com informações Uespi

Última atualização: 7 , junho 2018 - 10:02

Falta apenas 1 dia para o fim das inscrições do vestibular da Universidade Aberta do Piauí (UAPI). Nesta segunda etapa do programa, estão sendo ofertadas 3 mil vagas em 60 novos municípios, com 50 vagas para cada um deles.

As inscrições acontecem, exclusivamente, pelo endereço eletrônico do Nucepe e a taxa é gratuita para os candidatos oriundos da rede pública de ensino; os que comprovarem insuficiência de recursos (inscritos no Cadastro Único) ou bolsistas de escolas privadas.

As provas serão realizadas no dia 22 de julho, nas cidades de Água Branca, Bom Jesus, Campo Maior, Corrente, Esperantina, Floriano, Fronteiras, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Picos, Piripiri, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, Teresina, Uruçuí e Valença do Piauí, no horário de 8h30 às 13h30 (horário do Piauí).

Idiomas Sem Fronteiras

Idiomas sem Fronteiras abrem inscrições para curso de inglês

As inscrições para o Idiomas sem Fronteiras encerrarão nesta terça-feira, (22/05), até as 12h.

Publicada em 16 de maio de 2018 - 17:45

Imprimir
Idiomas sem Fronteiras abrem inscrições para curso de inglês

Fonte: Com informações da UFPI

Última atualização: 16 , maio 2018 - 18:08

A Universidade Federal do Piauí (UFPI), por meio da Coordenação do Programa Idiomas sem Fronteiras, abriu inscrições para curso de inglês gratuitos e terá certificação comprovado pelo MEC. As inscrições para o Idiomas sem Fronteiras encerrarão na terça-feira, (22/05), até as 12h.

As vagas disponíveis são para alunos de graduação e pós-graduação, sendo Mestrado e Doutorado e ainda servidores da UFPI, técnico-administrativos e docentes. O pré-requisito do curso é que o candidato seja ativo no My English Online ou prova do TOEFL ITP realizado pelo Programa Isf.

Os interessados devem inscrever no Programa Idiomas sem Fronteiras pelo site IsFaluno fazer o login no sistema e clicar no botão azul AULAS PRESENCIAIS. Além disso, a inscrição poderá ser feita também o aplicativo IsF.

Caso o interessado acesso pela primeira vez, é importante solicitar o Primeiro Acesso, seguindo todos os passos indicados e aguardar o recebimento da senha no e-mail informado.

Para mais informações sobre os cursos presenciais, acesse o edital completo em Isf e verifique as informações no Portal IsF.

PERMANÊNCIA

A permanência do participante no curso MEO fica condicionada ao cumprimento das exigências pedagógicas e à manutenção das atividades na plataforma, conforme as regras estabelecidas no Termo de Compromisso do Aluno e neste Edital.

ACESSO SERÁ BLOQUEADO

O acesso ao curso MEO será bloqueado caso o participante: a) deixe de acessar o curso até vinte dias após o recebimento dos dados de acesso por e-mail; b) deixe de realizar o Placement Test após o primeiro login e iniciar o curso em vinte dias do ; c) deixe de concluir o nível iniciado dentro dos prazos dos subitens 3.2 e 3.3; d) ausente-se por mais de quarenta e cinco dias, uma vez iniciado do curso;