CHAMADO

Prefeitura de Teresina convoca 25 professores substitutos

Selecionados atuarão em turmas do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental

Publicada em 11 de março de 2019 - 16:28

Imprimir
Prefeitura de Teresina convoca 25 professores substitutos

Última atualização: 11 , março 2019 - 16:28

A Prefeitura de Teresina divulgou, na última sexta-feira (08), um edital de convocação de classificados do processo seletivo para professor substituto da Rede Municipal de Ensino. São 25 novos docentes de segundo ciclo para atuarem em turmas de 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, na disciplina de língua portuguesa. A lista com os nomes dos convocados está publicada no Diário Oficial do Município (DOM).

“Estes professores reforçarão um trabalho de compromisso com a educação pública de Teresina, garantindo os 200 dias letivos, com aula regular em todas as unidades de ensino”, afirma a secretaria executiva de Ensino da SEMEC, Irene Lustosa.

Os convocados têm 30 dias para se apresentarem na Coordenação de Registro da Secretaria Municipal de Administração (SEMA), a fim de entregar os documentos e assinar o Termo de Posse e Compromisso. A Coordenação está situada na Rua Firmino Pires, 121, Centro. O horário de funcionamento do órgão é das 7h30 às 13h30, de segunda a sexta-feira.

Os professores deverão apresentar Declaração de Acumulação Lícita de Cargos ou Empregos Públicos, originais e cópias do RG, CPF, Título de Eleitor, Certidão de Casamento (quando for o caso), Certificado de Reservista ou Dispensa de Incorporação (se do gênero masculino), comprovante de residência e registro no PIS/PASEP (se possuir).

 

 

Clique aqui para conferir o edital de convocação.

APERFEIÇOAMENTO

Professores da rede estadual podem concorrer a 600 vagas para formação no exterior

Vagas estão disponíveis para os Estados Unidos, Canadá e Irlanda.

Publicada em 1 de março de 2019 - 9:25

Imprimir
Professores da rede estadual podem concorrer a 600 vagas para formação no exterior

Última atualização: 1 , março 2019 - 09:25

Profissionais da educação básica da rede pública de ensino do país podem se candidatar a mais de 600 vagas para cursos de formação em três países: Estados Unidos, Canadá e Irlanda. As vagas são ofertadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), uma fundação vinculada ao Ministério da Educação (MEC).

As inscrições, gratuitas, são feitas online com preenchimento de formulário e envio de documentos pela internet. Além da passagem área, os participantes terão direito a uma ajuda de custo, seguro de saúde e alojamento.

Em 2013, 18 professores da rede pública estadual do Piauí participaram do programa de aperfeiçoamento em solo norte-americano. No cardápio de atividades além das aulas teóricas e práticas, visitas a museus, bibliotecas, pontos turísticos, palestras com diversos profissionais americanos, workshops, entre outras atividades.

“Vivemos uma experiência única na vida. Todos os professores devem buscar oportunidades como essa e agregar mais conhecimentos a sua experiência profissional, além disso, um curso como esse muda a visão que temos de mundo e de que podemos alçar voos que muitas vezes não imaginamos”, relatou à época Maria Júlia, professora da rede estadual do Piauí.

O edital para os Estados Unidos, em parceria com a Comissão Fulbright, é direcionado aos professores de língua inglesa. São 486 vagas para um curso intensivo de seis semanas em universidades norte americanas. Podem participar docentes da rede pública estadual, municipal e distrital, em efetivo exercício da profissão. As inscrições vão até 17 de março.

O outro edital é promovido pelo Colleges and Institutes Canada (CICan). São 102 vagas destinadas aos professores de todas as áreas da educação básica da rede municipal, estadual e distrital. Dividido em duas partes – a primeira em um curso básico de inglês e a outra em um curso de formação, voltado para gestão de sala de aula e aprendizagem centrada no aluno. O curso terá duração de oito semanas e as inscrições podem ser feitas até 26 de março.

No caso da Irlanda, são 30 vagas para coordenadores e supervisores pedagógicos de qualquer escola da rede pública (municipal, estadual, distrital e federal). As inscrições vão até 26 de março. A parceria com o Mary Immaculate College oferece cursos de inglês, desenvolvimento de habilidades em liderança e gestão pedagógica. O curso tem duração de doze meses.

Os requisitos para concorrer às vagas estão detalhados nos editais:

http://www.capes.gov.br/educacao-basica/programa-de-desenvolvimento-de-profissionais-da-educacao-basica-no-canada

http://www.capes.gov.br/educacao-basica/programa-de-desenvolvimento-de-profissionais-da-educacao-basica-na-irlanda

http://www.capes.gov.br/cooperacao-internacional/estados-unidos/certificacao-em-lingua-inglesa

Autoria: Hélder Rocha

AUMENTO

Câmara aprova reajuste de 4,7% aos professores da Rede Municipal de Teresina

Câmara aprova reajuste de 4,7% aos professores da Rede Municipal de Teresina

Publicada em 22 de fevereiro de 2019 - 15:03

Imprimir
Câmara aprova reajuste de 4,7% aos professores da Rede Municipal de Teresina

Última atualização: 22 , fevereiro 2019 - 15:03

A Câmara Municipal de Teresina aprovou na última quinta-feira (21) a proposta de reajuste salarial dos professores da Rede Municipal de Teresina encaminhada pelo prefeito Firmino Filho. O reajuste do salário dos professores será de 4,17%, de acordo com a proposta.

A proposta foi aprovada em duas votações e os professores já receberam o aumento no contra-cheque de fevereiro. O valor do reajuste é determinado pelo MEC e faz parte da política nacional do piso dos professores.

Em Teresina, o piso municipal supera o piso nacional para o magistério estipulado em 2019, que está acima da inflação deste ano, que é de 4,01%. Além do valor fixado como vencimento, os docentes têm direito a acréscimos nos salários a partir de suas titulações. A gratificação é de 10% para especialização, 20% para mestrado e 40% para doutorado.

“Essa é uma forma de valorizar o trabalho dos professores, que não medem esforços para contribuírem com a qualidade da educação municipal. A folha suplementar da Prefeitura já está pronta e o reajuste será imediato”, confirma o secretário Municipal de Educação, Kleber Montezuma.

O reajuste está em consonância com a Lei Federal nº 11.738, de 16.07.2008 (Piso Salarial Profissional Nacional para os Profissionais do Magistério Público da Educação Básica), e com a Lei Municipal nº 2.972, de 17.01.2001 (Estatuto e o Plano de Cargos e Salários do Magistério Público da Rede de Ensino do Município de Teresina).

 

PROCESSO SELETIVO

Mais de 40 professores substitutos são convocados para suprir demanda do município

Os convocados devem se apresentar à Coordenação de Registro da Sema em até 30 dias

Publicada em 18 de fevereiro de 2019 - 7:26

Imprimir
Mais de 40 professores substitutos são convocados para suprir demanda do município

Última atualização: 18 , fevereiro 2019 - 07:26

Quarenta e três professores aprovados no último processo seletivo da Secretaria Municipal de Educação (Semec) estão sendo convocados para assumirem o cargo. Eles devem se apresentar à Coordenação de Registro da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) em até 30 dias. Inclusive, esse prazo já começou a ser contado na quinta-feira (14), com a publicação do edital de convocação no Diário Oficial do Município.

Dos 43 convocados, 13 irão assumir o cargo de professor de segundo ciclo, do 6º ao 9º ano, na disciplina de Língua Portuguesa; os outros 30 professores irão atuar na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental, do 1º ao 5º ano. Os convocados serão contratados por tempo determinado, em regime especial, com carga horária de trabalho de 30 horas/semanais, substituindo docentes com licenças.

O supervisor de Pessoal da Sema, Lyndon Johnson Dantas, explica que, para assinar o contrato, os professores devem apresentar uma série de documentos e resultados de exames. “Por isso, é importante que eles não deixem para comparecer à Sema nos últimos dias, pois alguns desses documentos podem levar dias para ficarem prontos e esta pendência comprometerá sua contratação”, orienta.

A Coordenação de Registro da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos está situada na Rua Firmino Pires, nº 121, Centro. O funcionamento é de segunda a quinta-feira, das 7h30 às 13h30. Na sexta-feira, o expediente é interno.

Clique aqui e confira o edital de convocação.

EDUCAÇÃO

Prefeitura de Teresina convoca 43 professores substitutos

Prefeitura de Teresina convoca 43 professores substitutos

Publicada em 15 de fevereiro de 2019 - 16:35

Imprimir
Prefeitura de Teresina convoca 43 professores substitutos

Última atualização: 15 , fevereiro 2019 - 16:35

A Prefeitura de Teresina divulgou, hoje (15), um edital de convocação de classificados do processo seletivo para professor substituto da Rede Municipal de Ensino. São 43 novos docentes, onde 30 atuarão em turmas de Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º), e mais 13 serão lotados também de 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. As listas com os nomes dos convocados estão publicadas no Diário Oficial do Município (DOM).

A convocação é parte do processo de expansão das vagas de Educação Infantil na capital. Estão sendo construídos 21 Centros Municipais de Educação Infantil, ofertando mais de 6 mil novas vagas para as crianças. Os novos professores também são reforço para as turmas do primeiro ciclo, fundamentais para a alfabetização e do segundo ciclo, onde encerram a etapa básica da jornada acadêmica.

“Estes professores reforçarão um trabalho de compromisso com a educação pública de Teresina, garantindo os 200 dias letivos, com aula regular em todas as unidades de ensino”, afirma a secretaria executiva de Ensino da Semec, Irene Lustosa.

Os convocados têm 30 dias para se apresentarem na Coordenação de Registro da Secretaria Municipal de Administração (SEMA), a fim de entregar os documentos e assinar o Termo de Posse e Compromisso. A Coordenação está situada na Rua Firmino Pires, 121, Centro. O horário de funcionamento do órgão é das 7h30 às 13h30, de segunda a sexta-feira.

Os professores deverão apresentar Declaração de Acumulação Lícita de Cargos ou Empregos Públicos, originais e cópias do RG, CPF, Título de Eleitor, Certidão de Casamento (quando for o caso), Certificado de Reservista ou Dispensa de Incorporação (se do gênero masculino), comprovante de residência e registro no PIS/PASEP (se possuir).

ALEPI

Uespi tem falta de professores e atraso nas bolsas, denuncia Gustavo Neiva

Uespi tem falta de professores e atraso nas bolsas, denuncia Gustavo Neiva

Publicada em 5 de fevereiro de 2019 - 15:44

Imprimir
Uespi tem falta de professores e atraso nas bolsas, denuncia Gustavo Neiva

Última atualização: 5 , fevereiro 2019 - 15:44

A situação de  dificuldade da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) foi tema dos dois minutos dos pequenos avisos da sessão ordinária desta terça-feira (5).  O deputado Gustavo Neiva (PSB) se pronunciou sobre o assunto.

Segundo o deputado,IUespi está sucateada,  faltando professores, sem estrutura adequada, para as aulas, os terceirizados há vários meses sem receber seus salários, entre outros problemas. “O Governador ontem, quando esteve aqui, nesta Casa, enalteceu a importância da Uespi, para o Estado. E nesta última campanha eleitoral, aonde o senhor Governador andou, foi recebido com protesto dos alunos da Uespi”, disse o parlamentar.

A informação trazida pelo deputado foi de que os alunos que fazem a Residência de Medicina, naquela instituição de ensino, estão há três meses sem receber a bolsa de Residência. E que a  preocupação dos alunos é pelo fato de a Uespi perder, essas Residências, porque os principais pré-requisitos do Ministério da Educação (MEC), para manter as Residências é o pagamento, em dia,  das bolsas de estudo.

“Eu gostaria de solicitar do senhor Governador é que ele pague as bolsas de estudo desses alunos. Não é só pelo valor da Bolsa, que é pouco, mas pelo receio dos alunos, de que as Residências sejam canceladas. Porque como eu disse, esse é um requisito, para que os alunos possam continuar recendo esse benefício”, enfatizou.

Processo Seletivo

UFPI abre seleção para 13 vagas de professores com salários de R$9 mil

As inscrições se encerrarão no dia 11 de fevereiro e podem ser presencial ou via postal. 

Publicada em 3 de janeiro de 2019 - 18:44

Imprimir
UFPI abre seleção para 13 vagas de professores com salários de R$9 mil

Última atualização: 3 , janeiro 2019 - 18:44

A Universidade Federal do Piauí (UFPI) abriu edital com seleção de 13 vagas para professores com salários de R$9 mil. As inscrições se encerrarão no dia 11 de fevereiro e podem ser presencial ou via postal.

As vagas previstas são para as áreas: Direito (01); Língua Inglesa (01); Teoria e História Econômica (01); Doenças Infecciosas e Parasitárias (01); Projeto de Arquitetura e Urbanismo, Teoria e História do Urbanismo e Planejamento Urbano e Regional (01); Aquicultura (01); Clinica Médica/Bases das Práticas Médicas Internato (01); Psicologia Clínica Cognitvo-Comportamental e Psicodiagnóstico (01); Patologia Clínica e Veterinária, Fisiologia e Biofísica (01); Atenção Primária em Saúde (01); Bases da prática Médica I (01); Bases da prática Médica II (01); Habilidades Médicas (01).

Os interessados deverão comparecer ao Protocolo Geral da UFPI, do Campus Ministro Petrônio Portella, no Bairro Ininga, em Teresina, de segunda a sexta, entre 8h30 às 17h30. Para mais informações confira o EDITAL.

 

Pagamento

Abono de férias dos professores será pago no dia 3 de janeiro

Ao todo, serão depositados R$ 4,7 milhões referente ao pagamento de um terço das férias da categoria.

Publicada em 28 de dezembro de 2018 - 18:49

Imprimir
Abono de férias dos professores será pago no dia 3 de janeiro

Última atualização: 28 , dezembro 2018 - 18:49

O pagamento do abono de férias coletivas dos professores da rede municipal de educação será depositado no dia 3 de janeiro. A confirmação é do secretário municipal de Finanças (Semf), Francisco Canindé. Ao todo, serão depositados R$ 4,7 milhões referente ao pagamento de um terço das férias da categoria.

“Os professores têm um plano de cargos e salários diferenciado dos demais servidores da Prefeitura de Teresina, principalmente por conta da natureza especial do seu ofício. Eles têm 45 dias de férias no ano, sendo que 30 dias são gozados em janeiro e 15 no mês de julho, quando eles recebem um novo abono, desta vez referente a um sexto do salário”, explica.

De acordo com a Supervisão de Pessoal da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema), o município conta com cerca de 3.200 professores que serão beneficiados com o abono de férias coletivas.

Já com relação ao salário do mês de dezembro, o secretário Francisco Canindé destaca que todos os servidores da Prefeitura de Teresina receberam hoje (28) o pagamento antecipado. “Realizar todos os pagamentos em dia e, até mesmo, de forma antecipada à programação da tabela de pagamentos da Prefeitura, é reflexo do empenho da gestão do prefeito Firmino Filho que, de forma responsável, vem adotando medidas que ajudam a manter o controle financeiro e orçamentário da Prefeitura”, finaliza Canindé.

Fonte: Prefeitura de Teresina

 

 

trio foi preso

Assaltantes trancam funcionários e alunos em escola na cidade de Altos

Dois dos elementos já têm passagem pela polícia

Publicada em 29 de agosto de 2018 - 12:59

Imprimir
Assaltantes trancam funcionários e alunos em escola na cidade de Altos

Última atualização: 29 , agosto 2018 - 12:59

Alunos, professores e funcionários de uma escola na localizada Bom Gosto, em Altos (PI), viveram momentos de terror em plena luz do dia. Três elementos invadiram o local na tarde desta terça-feira (28), renderam as vítimas e roubaram seus pertences. Após o crime, os elementos fugiram, mas foram capturados e presos.

A Força Tática foi acionada e encontrou professores e alunos trancados na escola. Eles informaram que os elementos chegaram em uma motocicleta, cor prata, e renderam o vigia, além do  motorista do ônibus escolar, levando alguns pertences dos mesmos. Um aluno também teve seus objetos roubados.

Em seguida, eles fugiram em direção ao povoado Santa Teresa, mas no caminho, na localidade São João, teriam roubado outra motocicleta, modelo Titan, cor preta, e novamente fugiram.

No local indicado, Santa Teresa, os policiais receberam a informação de populares que os suspeitos teriam entrado em uma estrada em direção à localidade ‘Mata Velha’.

“A guarnição visualizou três elementos em duas motocicletas, vindas em sentido contrário. Ao avistar as guarnições, eles tentaram empreender fuga, mas após alguns metros, caíram das motocicletas, momento em que foram detidos pelas equipes”, conta a PM, em nota.

O trio, sendo um menor de idade de apenas 16 anos, também é acusado de roubos nas localidades vizinhas. Dois deles, identificados como  Alisson Pereira da Silva, vulgo “Fon Fon”, 23 anos ,e Elton Jhow Carvalho da Silva, vulgo “Piu Piu”, 18 anos, já têm passagem pela polícia. De acordo com a PM, eles portavam celulares e carteira das vítimas, além de uma arma de fogo calibre ponto 32, com seis munições.

Os assaltantes, vítimas e produtos do roubo foram conduzidos para a Central de flagrantes para a realização dos procedimentos legais.

 

Estado de greve

Após 77 dias em greve, professores do estado retornam às aulas nesta sexta

O Sinte ressalta que apesar de retornarem as atividades, continuarão em estado até que o pagamento retroativo seja pago.

Publicada em 24 de agosto de 2018 - 8:40

Imprimir
Após 77 dias em greve, professores do estado retornam às aulas nesta sexta

Última atualização: 24 , agosto 2018 - 10:24

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Piauí (Sinte-PI) anunciou nesta quinta-feira, (23/08), o fim da greve que durou 77 dias. Os professores irão retomar as atividades, normalmente, a partir desta sexta-feira, (24/08).

O fim da greve dos professores se deu por conta da determinação do desembargador Joaquim Dias de Santana Filho, do Tribunal de Justiça do Piauí, que trata do retorno imediato dos professores às salas de aula e dos demais profissionais da educação.

Segundo a determinação, caso a categoria descumpra receberão multa de R$15 mil por dia e descontos dos dias não-trabalhados.

O Sinte ressalta que apesar da categoria retornar as atividades, continuará em estado até que o pagamento retroativo seja pago, o que é para acontecer no mês de setembro.