trio foi preso

Assaltantes trancam funcionários e alunos em escola na cidade de Altos

Dois dos elementos já têm passagem pela polícia

Publicada em 29 de agosto de 2018 - 12:59

Imprimir
Assaltantes trancam funcionários e alunos em escola na cidade de Altos

Última atualização: 29 , agosto 2018 - 12:59

Alunos, professores e funcionários de uma escola na localizada Bom Gosto, em Altos (PI), viveram momentos de terror em plena luz do dia. Três elementos invadiram o local na tarde desta terça-feira (28), renderam as vítimas e roubaram seus pertences. Após o crime, os elementos fugiram, mas foram capturados e presos.

A Força Tática foi acionada e encontrou professores e alunos trancados na escola. Eles informaram que os elementos chegaram em uma motocicleta, cor prata, e renderam o vigia, além do  motorista do ônibus escolar, levando alguns pertences dos mesmos. Um aluno também teve seus objetos roubados.

Em seguida, eles fugiram em direção ao povoado Santa Teresa, mas no caminho, na localidade São João, teriam roubado outra motocicleta, modelo Titan, cor preta, e novamente fugiram.

No local indicado, Santa Teresa, os policiais receberam a informação de populares que os suspeitos teriam entrado em uma estrada em direção à localidade ‘Mata Velha’.

“A guarnição visualizou três elementos em duas motocicletas, vindas em sentido contrário. Ao avistar as guarnições, eles tentaram empreender fuga, mas após alguns metros, caíram das motocicletas, momento em que foram detidos pelas equipes”, conta a PM, em nota.

O trio, sendo um menor de idade de apenas 16 anos, também é acusado de roubos nas localidades vizinhas. Dois deles, identificados como  Alisson Pereira da Silva, vulgo “Fon Fon”, 23 anos ,e Elton Jhow Carvalho da Silva, vulgo “Piu Piu”, 18 anos, já têm passagem pela polícia. De acordo com a PM, eles portavam celulares e carteira das vítimas, além de uma arma de fogo calibre ponto 32, com seis munições.

Os assaltantes, vítimas e produtos do roubo foram conduzidos para a Central de flagrantes para a realização dos procedimentos legais.

 

Estado de greve

Após 77 dias em greve, professores do estado retornam às aulas nesta sexta

O Sinte ressalta que apesar de retornarem as atividades, continuarão em estado até que o pagamento retroativo seja pago.

Publicada em 24 de agosto de 2018 - 8:40

Imprimir
Após 77 dias em greve, professores do estado retornam às aulas nesta sexta

Última atualização: 24 , agosto 2018 - 10:24

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Piauí (Sinte-PI) anunciou nesta quinta-feira, (23/08), o fim da greve que durou 77 dias. Os professores irão retomar as atividades, normalmente, a partir desta sexta-feira, (24/08).

O fim da greve dos professores se deu por conta da determinação do desembargador Joaquim Dias de Santana Filho, do Tribunal de Justiça do Piauí, que trata do retorno imediato dos professores às salas de aula e dos demais profissionais da educação.

Segundo a determinação, caso a categoria descumpra receberão multa de R$15 mil por dia e descontos dos dias não-trabalhados.

O Sinte ressalta que apesar da categoria retornar as atividades, continuará em estado até que o pagamento retroativo seja pago, o que é para acontecer no mês de setembro.

2ª preso

É preso suspeito de agredir vigias e professores em escola no Portal da Esperança

Cinco elementos invadiram o local nesta segunda-feira (20) e agrediram os vigias, professores e alunos, que reagiram jogando pedras nos criminosos.

Publicada em 21 de agosto de 2018 - 11:32

Imprimir
É preso suspeito de agredir vigias e professores em escola no Portal da Esperança

Última atualização: 21 , agosto 2018 - 11:36

A Polícia Militar conseguiu capturar outro suspeito de ter participado de uma tentativa de arrastão a uma escola no bairro Portal da Esperança, zona Leste de Teresina. Cinco elementos invadiram o local nesta segunda-feira (20) e agrediram os vigias, professores e alunos, que reagiram jogando pedras nos criminosos.

A prisão aconteceu no início da madrugada de ontem após a Força Tática do 5ªBPM receber a informação de que o homem, identificado como José Wilson de Alcunha, vulgo ‘Zé Preto’, 29 anos, teria participação no crime. Além disso, de acordo com a PM, o elemento já tinha um mandado de prisão em aberto por homicídio e também acusado de tráfico de drogas.

Em posse das informações, a PM montou uma operação na Rua Cassapava, bairro Vila Meio Norte, também na zona Leste, com objetivo de prender o sujeito, considerado de alta periculosidade.

“Com a realização de uma incursão em um extenso matagal foi feito a aproximação até o ponto indicado onde o criminoso estaria praticando tráfico de drogas, resultado, assim, na prisão do indivíduo “, diz em nota o 5ª BPM.

No local as equipes encontraram uma espingarda calibre ponto 12, um cartucho, sete invólucro de maconha, quatro pulseiras, um colar, três anéis, quatro brincos, quatro celulares e a quantia de R$81.

 

Zé Preto é o 2ª suspeito preso pela Polícia Militar. Ainda na manhã de ontem as equipes policiais já haviam localizado e prendido no bairro Satélite o primeiro suspeito, Micael Cardoso da Silva, 19 anos. O jovem é aluno da escola no turno da noite.

Além disso, os outros suspeitos de terem participado do crime já foram identificados pela polícia.

CRIME NA ESCOLA

O bando formado por cinco homens invadiu a escola em tempo integral Portal da Esperança armado com facas, facões e armas de fogo por volta das 7h20, no momento da entrada dos alunos no local.

Ainda no pátio, os vigias chegaram a reagir. Um deles precisou ser encaminhado ao hospital devido a um corte na cabeça feito pelos bandidos, já outro foi atingido nas costas. Os alunos que estavam no local também reagiram e jogaram pedras contra os elementos, que revidaram com tiros de arma de fogo. Felizmente ninguém foi atingido.

Diante da reação, o bando fugiu correndo com a chave de um do veículo e o celular do motorista.

Multa por descumprimento

Tribunal de Justiça determina reajuste de 6,81% aos professores

A determinação da Justiça é que o Governo do Estado efetue o pagamento para os servidores ativos, aposentados e pensionistas no prazo de 48 horas.

Publicada em 10 de agosto de 2018 - 17:06

Imprimir
Tribunal de Justiça determina reajuste de 6,81% aos professores

Última atualização: 10 , agosto 2018 - 17:06

O Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), por meio do desembargador Joaquim Santana, determinou reajuste salarial de 6,81% para os professores da rede estadual e de 3,95% para os funcionários administrativos. A categoria comemorou o resultado na Praça Rio Branco, Centro de Teresina.

A determinação da Justiça é que o Governo do Estado efetue o pagamento para os servidores ativos, aposentados e pensionistas no prazo de 48 horas. Caso descumpra, a multa é de R$15 mil por dia.

Segundo Paulina Almeida, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado do Piauí (Sinte), o reajuste será retroativo a partir de maio e o reajuste de 3,95% para os funcionários a partir de setembro.

De acordo com o desembargador Joaquim Santana, os professores e funcionários da educação deverão retornar as suas atividades assim que o Governo conceder os devidos reajustes.

15 vagas

Uespi abre inscrições para mestrado em Matemática

As aulas são semipresenciais e gratuitas.

Publicada em 1 de agosto de 2018 - 12:50

Imprimir
Uespi abre inscrições para mestrado em Matemática

Última atualização: 1 , agosto 2018 - 12:51

Já estão abertas as inscrições para 15 vagas no Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT). A oportunidade é oferecida pela Universidade Estadual do Piauí (Uespi) e as aulas são semipresenciais e gratuitas.

A inscrição para o exame nacional de acesso é realizada, exclusivamente, no site do PROFMAT. O valor da taxa de inscrição é de R$ 76,00, pago por meio de boleto do Banco do Brasil emitido no momento do preenchimento do formulário de inscrição.

A prova que será realizada em 20 de outubro, será composta por 30 questões de múltipla escolha, que terão como objetivo avaliar os conhecimentos numéricos, geométricos, de estatística e probabilidade, algébricos e algébricos/geométricos dos candidatos, de forma a aferir o domínio matemático.

Os aprovados no mestrado que estejam ministrando aulas em escolas públicas também podem concorrer a uma bolsa de estudos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). A bolsa está condicionada ao compromisso de permanência no ensino básico público de matemática.

Informações: Edital completo ou profmat@uespi.br / (86)3113-7447/3213-7527 ramal 377.

Redação Piauí Agora

Pronunciamento

Teresa Britto pede cumprimento do piso salarial dos professores

Além disso, ela repudiou o reajuste de 2,95% do salário dos professores e lamentou as precariedades no atendimento da Maternidade Dona Evangelina Rosa.

Publicada em 26 de junho de 2018 - 18:51

Imprimir
Teresa Britto pede cumprimento do piso salarial dos professores

Última atualização: 26 , junho 2018 - 18:57

A vereadora Teresa Britto (PV), em seu pronunciamento, realizado nesta terça-feira, (26/06), no plenário da Câmara Municipal, defendeu o cumprimento da lei do piso aos professores da rede estadual.

Além disso, ela repudiou o reajuste de 2,95% do salário dos professores, bem abaixo dos 6,81% do reajuste acordado entre o governo e a categoria, e lamentou as precariedades no atendimento da Maternidade Dona Evangelina Rosa.

Segundo Teresa Britto, a educação precisa ser vista pelo estado como um investimento a sociedade e destacou das manobras políticas, apoiadas por deputados estaduais, para impedir a aplicação do piso acordado.

Nós temos uma lei que protege o piso do magistério. Não tenho nem dúvida de que o sindicato vai ganhar na Justiça. O governador precisa entender que educação é investimento e não despesa. Tem que olhar para a educação com respeito”, pontuou.

A parlamentar ainda se solidarizou com os professores e estudantes que estão sem aula e repudiou a gestão do governador Wellington Dias, por não respeitar a legislação vigente.

Alepi aprova reajuste salarial de 2,95% aos professores

A sessão teve início pela manhã de hoje e aconteceu com protestos e inclusive, tumultos e agressões.

Publicada em 21 de junho de 2018 - 19:14

Imprimir
Alepi aprova reajuste salarial de 2,95% aos professores

Fonte: Márcia Gabriele

Última atualização: 21 , junho 2018 - 19:14

A Assembleia Legislativa do Piauí aprovou na tarde desta quinta-feira, (21/06), em sessão no plenário, o reajuste salarial de 2,95% dos professores e dos servidores estaduais, como policiais militares e civis, agentes penitenciários, bombeiros militares, auditores e procuradores.

A sessão teve início pela manhã de hoje e aconteceu com protestos e inclusive, tumultos e agressões.

As proposições foram aprovadas em primeira e segunda discussões. Os deputados Robert Rios (DEM), líder da Oposição, Marden Menezes (PSDB), Dr. Pessoa (SD) e Rubem Martins (PSB) votaram contra as proposições.

O deputado Marden Menezes, ao debater sobre a PL 33/18, afirmou que a votação da matéria estava prejudicada porque o Diário Oficial do Estado já havia publicado a Lei 7131/18, que trata do aumento dos salários dos professores e dos funcionários da educação.

 

ALEPI

Tumulto marca derrubada do veto de reajuste dos professores

O deputado estadual João Madson garantiu que o que será votado ainda hoje, (21/06), será apenas um reajuste de 2,81%, que corresponde a inflação.

Publicada em - 14:06

Imprimir
Tumulto marca derrubada do veto de reajuste dos professores

Última atualização: 21 , junho 2018 - 14:06

Alguns professores feridos, deputados sendo escoltados e muito desentendimento. Foi esse cenário que marcou a reunião no plenário da Assembleia Legislativa do Piauí (ALEPI), na manhã desta quinta-feira, (21/06). Durante o tumulto, os deputados estaduais só chegaram ao plenário sob escolta da Polícia Militar.

Isso aconteceu porque os deputados acabaram anulando a votação que derrubava o veto do governador Wellington Dias, de não dar reajuste salarial dos professores da rede pública estadual.

A Alepi aprovou um aumento de 6,81%, no entanto, foi vetado pelo executivo por conta das vedações do período eleitoral, já que Wellington Dias é candidato ao cargo de governador e poderá ficar inelegível caso conceda o reajuste neste período, foi o que motivou os deputados a derrubar o veto.

Diante do transtorno, a deputada estadual Juliana Falcão (PSB) decidiu denunciar ao cargo de 2ª Secretária da mesa diretória.

REAJUSTE

Apesar disso, o deputado estadual João Madson garantiu que o que será votado ainda hoje, (21/06), será apenas um reajuste de 2,81%, que corresponde a inflação.

na próxima segunda (21)

Professores e estudantes da Uespi organizam ato na capital

A manifestação tem como objetivo pressionar o governador Wellington Dias

Publicada em 18 de maio de 2018 - 10:24

Imprimir
Professores e estudantes da Uespi organizam ato na capital

Fonte: Redação Piauí Agora

Última atualização: 18 , maio 2018 - 12:08

Na próxima segunda-feira (21/05), docentes e estudantes da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), vão realizar um ato público em frente ao Palácio de Karnak, Centro de Teresina. De acordo com a ADCESP, o dia será marcado pela luta em defesa da universidade, por valorização dos docentes e assistência estudantil.

De acordo com a coordenadora geral da ADCESP, Rosângela Assunção, a manifestação tem como objetivo pressionar o governador Wellington Dias para que receba uma comissão de professores e estudantes. “Já temos a confirmação de professores e estudantes vindos de Oeiras, Picos e Floriano onde a situação é ainda mais complicada que na capital”, afirma.

Ainda segundo a categoria, a partir das 8h, os representantes realizarão uma aula pública no local sobre as principais demandas dos docentes, discentes e de toda comunidade acadêmica.