Wellington tenta destravar pagamento de R$ 860 milhões da Cepisa

Publicada em 15 de maio de 2019 - 9:43

Imprimir
Wellington tenta destravar pagamento de R$ 860 milhões da Cepisa

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:47

O governador Wellington Dias, em reunião com gestores de alguns órgãos do Estado, tratou sobre uma possível solução para o pagamento, por parte da União, de recursos relativos à venda da Cepisa. São pelo menos R$ 860 milhões que aguardam o destravamento de processos burocráticos que inviabilizam o pagamento.

Segundo dados apresentados pelo Estado, o contrato que federalizou a Cepisa, em 1997, previa o pagamento de um montante ao Piauí caso a mesma fosse privatizada posteriormente, fato que se concretizou no ano passado, quando a autarquia foi comprada pela empresa Equatorial Energia.

Os valores giram, atualmente, em torno de R$ 860 milhões e é resultado de dividendos contraídos pelo Estado durante o processo de federalização.

“Tratamos sobre uma audiência que será realizada no dia 31 deste mês ainda para a busca de uma solução para o pagamento por parte da União em relação à Cepisa. Acho que há um bom caminho e acredito que vamos ter a quitação dessa dívida e as condições de mais recursos para investimentos”, garantiu o governador.

Da Redação

Leilão

Cepisa é arrematada em leilão pela Equatorial por R$50 mil

A Equatorial arrematou por R$50 mil e foi a única a dar um lance.

Publicada em 26 de julho de 2018 - 14:28

Imprimir
Cepisa é arrematada em leilão pela Equatorial por R$50 mil

Última atualização: 26 , julho 2018 - 20:07

A Equatorial Energia arrematou nesta quinta-feira (26/07) a Companhia de Energia do Piauí (Cepisa), no 1º leilão de privatização de distribuidoras controladas pela Eletrobras, realizado na sede da B3 (antiga BM&F Bovespa), em São Paulo. A Equatorial arrematou por R$50 mil e foi a única a dar um lance.

Segundo Moreira Franco, ministro de Minas e Energia, a Equatorial é um grande grupo e bem preparado para atender o Piauí com energia barata e de boa qualidade.

A Equatorial Energia é uma holding e já controla a Cemar, no Maranhão, e a Celpa, no Pará, e tem importante participação no capital da Termoelétrica Geranorte. De capital pulverizado, a companhia tem entre seus acionistas a Blackrock, Opportunity e Squadra Investimentos, além de 69,7% de participação de administradoras e minoritários.

Ao oferecer um lance com índice de deságio de 119 pontos, a Equatorial abriu mão de toda a flexibilização tarifária e ainda pagará uma outorga ao governo para assumir o controle da Cepisa. A nova dona da distribuidora também se compromete a fazer um aporte de R$ 720 milhões na empresa.

Decisão

Privatização da Eletrobras é suspensa no PI e mais 4 Estados

A medida atinge os estados do Piauí, Amazonas, Rondônia, Acre e Alagoas.

Publicada em 5 de junho de 2018 - 12:22

Imprimir
Privatização da Eletrobras é suspensa no PI e mais 4 Estados

Fonte: Com informações Agência Brasil

Última atualização: 5 , junho 2018 - 12:22

A 49ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro determinou nesta terça-feira (05/06), a suspensão do processo de privatização da Eletrobras e de suas subsidiárias. A medida atinge os estados do Piauí, Amazonas, Rondônia, Acre e Alagoas.

Na decisão, a Justiça do Trabalho determinou que a empresa precisa apresentar, no prazo de até 90 dias, um estudo sobre o impacto da privatização nos contratos de trabalho da estatal e das empresas vinculadas a ela.

A informação confirmada pela própria Eletrobras, em comunicado ao mercado.