Eleições 2018

PI: Caravana “Lula Livre” visitará 34 cidades em campanha para Haddad

As atividades, que é de cunho nacional, seguem até neste domingo, (30/09). 

Publicada em 28 de setembro de 2018 - 17:08

Imprimir
PI: Caravana “Lula Livre” visitará 34 cidades em campanha para Haddad

Última atualização: 28 , setembro 2018 - 17:08

O Partido dos Trabalhadores (PT) vai percorrer a partir desta sexta-feira, (28/09),  34 cidades do Piauí por meio da Caravana intitulada “Lula Livre, Haddad presidente e Manu”. As atividades, que é de cunho nacional, seguem até neste domingo, (30/09).

A Caravana ocorrerá, simultaneamente, em três regiões: território dos Cocais e Carnaubais, Planície litorânea e Vale do Canindé e Entre Rios. Ao norte, a Caravana percorrerá União, Nossa Senhora dos Remédios, Porto, São João do Arraial, Esperantina, Batalha, Cabeceiras, José de Freitas, Altos, Campo Maior, Sigefredo Pacheco, Jatobá do Piauí, Cocal de Telha, Capitão de Campos, Pedro II e Piripiri.

O roteiro sul seguirá por Demerval Lobão, Lagoa do Piauí, Monsenhor Gil, Lagoinha do Piauí, Água Branca, São Pedro do Piauí, Angical do Piauí, Amarante, Floriano, Itaueira, Canto do Buriti, Pajeú, Ribeira do Piauí, São Migue do Fodalgo, Colônia do Piauí, Oeiras, Tanque do Piauí e Regeneração.

Eleições 2018

Manuela D’Ávila tem candidatura retirada da disputa à presidência

O motivo da retirada da candidatura é por conta da coligação com o PT, que tem na chapa o Lula, como candidato à presidência, e o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, como vice. 

Publicada em 6 de agosto de 2018 - 13:49

Imprimir
Manuela D’Ávila tem candidatura retirada da disputa à presidência

Última atualização: 6 , agosto 2018 - 13:49

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) decidiu no final da noite desse domingo, (05/08), retirar a candidatura da deputada federal Manuela D’Ávila da disputa à presidência da República.

O motivo da retirada da candidatura é por conta da coligação com o PT, que tem na chapa o Lula, como candidato à presidência, e o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, como vice.

De acordo com informações divulgadas no site de Lula, Haddad passa a ser o porta-voz de Lula, até o trâmite final da homologação da candidatura de Lula na Justiça Eleitoral. De forma, a deputada Manuela D’Ávila assumirá a posição de vice na chapa.

A estratégia do Partido dos Trabalhadores (PT) é levar a candidatura de Lula para que a Justiça Eleitoral possa decidir, tendo como base a Lei da Ficha Limpa, já que Lula está preso desde abril deste ano e foi condenado em segunda instância no caso do tríplex do Guarujá.