Prefeitura prevê investimento de R$ 650 milhões na capital próximo ano

Publicada em 25 de abril de 2019 - 11:06

Imprimir
Prefeitura prevê investimento de R$ 650 milhões na capital próximo ano

Última atualização: 25 , abril 2019 - 11:06

A Prefeitura de Teresina deverá investir mais de R$ 650 milhões em obras na capital no próximo ano. O dado está contido no texto do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias do Município encaminhado para apreciação na Câmara de Vereadores. O valor será investido principalmente em drenagem, urbanismo e mobilidade.

Na área de drenagem estão previstas a aplicação de recursos nas galerias do Residencial Torquato Neto e também na zona leste, na região do bairro São Cristóvão. Já em mobilidade, a Prefeitura irá investir na ampliação da Avenida Ulisses Marques, construção da Ponte da UFPI e da segunda ponte sobre o rio Poti, na região do Poti Velho, além da continuidade dos investimentos na implantação do sistema BRT. Na área de urbanismo, estão previstos trabalhos como a revitalização do Centro e pavimentação e requalificação de vias por toda a cidade.

O Programa Lagoas do Norte, financiado pelo Banco Mundial, também está com previsão de receber mais recursos para requalificar o entorno de quatro lagoas da região, levando mais drenagem, saneamento e qualidade de vida para a população da zona norte da cidade.

Outra fonte de financiamento para obras em Teresina é a Cooperação Andina de Fomento (CAF), banco que irá financiar obras como a Via Marginal Sul, a requalificação urbano-ambiental da Vila da Paz, a reforma do Mercado Central, implantação do Parque Floresta Fóssil, construção do Museu da Imagem e Som (MIS), entre outros.

Também estão previstos R$ 874 mil em emendas parlamentares para cada vereador, que podem dividir esse valor em até seis atividades, obras ou projetos, e R$ 21 milhões para o orçamento popular.

Da Redação

PMT alerta: quase 900 beneficiários podem perder Bolsa Família

Publicada em 24 de abril de 2019 - 12:54

Imprimir
PMT alerta: quase 900 beneficiários podem perder Bolsa Família

Última atualização: 24 , abril 2019 - 13:11

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) alerta que 884 famílias de crianças e jovens beneficiários do programa Bolsa Família que estão em idade escolar – entre 6 e 17 anos. Elas devem regularizar os dados escolares no CadÚnico até esta quinta-feira (25). Os estudantes que não atualizarem a situação escolar ficam invisíveis para o sistema, o que pode acarretar a perda do benefício.

Alunos que foram transferidos entre escolas, mudaram de endereço, mudaram de unidade básica de saúde ou passaram por alguma alteração de cotidiano devem buscar o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo e solicitar atualização dos registros. O recebimento do Bolsa Família se mantém pela comprovação da frequência do estudante na instituição educacional em que o CadÚnico o registra como matriculado.

“Quem recebe o Bolsa Família e não atualizou os dados no CRAS, deve retornar à unidade mais próxima da sua casa e fazer a atualização. São quase 900 famílias, e reforçamos a importância da atualização do Cadastro Único”, orienta o secretário da Semcaspi, Samuel Silveira.

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadastro Único) é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

Da Redação

SDU faz mutirão de fiscalização de calçadas no centro de Teresina

Publicada em 22 de abril de 2019 - 9:28

Imprimir
SDU faz mutirão de fiscalização de calçadas no centro de Teresina

Última atualização: 22 , abril 2019 - 09:50

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Centro Norte intensifica a fiscalização das calçadas do centro de Teresina através de um mutirão de fiscalização. A partir desta semana, a equipe se concentrará nas áreas centrais da capital e depois seguirá para demais localidades da região norte.

O mutirão tem o objetivo pedagógico de incentivar a preservação das calçadas. Conforme prevê o Código de Postura do Município, na Lei n° 3610, é de responsabilidade dos proprietários manterem suas calçadas em boas condições.

“Vamos intensificar as notificações dos proprietários para que mantenham suas calçadas em perfeito estado de conservação, seja através de ocupações irregulares, descarte incorreto de lixo ou falta de urbanização. Daremos um prazo para os proprietários se adequarem, caso contrário, serão penalizados como prevê o Código de Postura de Teresina”, enfatiza o superintendente da SDU Centro Norte, Weldon Bandeira.

O superintendente também reitera que, além do sentido pedagógico da ação, é importante reduzir os gastos com a limpeza pública, pois não é obrigação do município limpar calçadas e propriedades privadas. “Esses recursos gastos com descarte irregular poderiam ser investidos em outras áreas”, explica Weldon.

Além da fiscalização da SDU Centro Norte, as notificações também podem ser feitas pela própria população através do aplicativo Colab ou pelo telefone (86) 3215-7465.

Da Redação

Inscrições para o 25º Chapadão começam nesta terça-feira (23)

Publicada em - 9:06

Imprimir
Inscrições para o 25º Chapadão começam nesta terça-feira (23)

Última atualização: 22 , abril 2019 - 09:30

Tradição em Teresina, o Festival de Música da Chapada do Corisco, conhecido como Chapadão, está com data marcada. O evento, que será realizado nos dias 20,21 e 27 de maio, abre inscrições para sua vigésima quinta edição em duas categorias: estudantil e profissional. As inscrições podem ser realizadas a partir desta terça-feira (23) e seguem até o dia 03 de maio.

O 25º Chapadão vem repleto de novidades, a começar pelas inscrições que irão acontecer em três etapas, onde as duas primeiras serão pelas redes sociais e a terceira presencial. Aos interessados, o primeiro passo é postar o vídeo de música autoral em seu Instagram, que deve ser aberto ao público com as hashtags oficiais que representam sua categoria: #25chapadaoestudantil e #25chapadaoprofissional. O mesmo deverá seguir e marcar o perfil da FMC(@cultura_the). O vídeo postado deve ser gravado por quem irá interpretar a canção no evento, além de ser objetivo, tendo como foco a canção e a interpretação.

Na postagem deverá conter na descrição, também, o nome da música, intérprete(s) e compositor(es). Caso o vídeo postado tenha mais de 1 minuto de duração, deve ser editado em até, no máximo, três vídeos de 1 minuto e postado de forma integrada, ou seja, 3 vídeos na mesma postagem.

A comissão de seleção fará uma triagem, onde serão selecionados 30 vídeos, sendo dez de cada categoria e os restantes farão parte da segunda etapa, a repescagem, também pela internet. Os dez vídeos restantes serão postados no Instagram da FMC para a votação do público e os dois mais curtidos de cada categoria serão selecionados para a semi final do Chapadão. A terceira etapa das inscrições acontece depois que todos os selecionados forem divulgados, onde os mesmos deverão deixar a documentação exigida pelo edital da sede da Fundação Monsenhor Chaves.

Cada concorrente poderá inscrever até duas músicas, sendo 2 solos, 01 solo e 1 parceria ou 2 parcerias, somente músicas em língua portuguesa. A comissão irá escolher de acordo com os critérios: criatividade poética e competência gramatical para a letra, criatividade melódica para a melodia e afinação, diccção e interpretação para o intérprete.

Outra novidade do 25º Chapadão é a premiação, que este ano premia os primeiros colocados de cada categoria com a gravação de um vídeo clipe mais a quantia de R$ 3.000 para estudante e R$ 5.000 para profissional. Os outros valores variam entre R$ 4 mil e R$ 1 mil.

Da Redação

SDUs recolhem cerca de 30 toneladas de lixo descartado em local irregular

Publicada em 15 de abril de 2019 - 13:01

Imprimir
SDUs recolhem cerca de 30 toneladas de lixo descartado em local irregular

Última atualização: 15 , abril 2019 - 13:01

Um total de 29.314,81 toneladas de lixo descartado de forma irregular foram coletadas nos dois primeiros meses do ano pelas SDUs (Superintendências de Desenvolvimento Urbano) em Teresina. O trabalho de recolhimento foi intensificado nos meses chuvosos para evitar o entupimento de galerias e bueiros, e manter limpas áreas que são passagem natural das águas.

“O acúmulo do lixo descartado de forma irregular em ruas e avenidas da cidade é um agravante nesse período de chuvas. A limpeza é necessária para evitar alagamentos e o carreamento de resíduos para as residências”, ressalta o superintendente João Eulálio, da SDU Leste.

Só na zona Norte, por exemplo, foram recolhidos nos meses de janeiro e fevereiro deste ano um total de 6.619,22 toneladas de lixo. Na zona Sul, 9.883,69 toneladas de lixo foram coletadas neste mesmo período.

A SDU Sudeste retirou 6.044,37 toneladas de lixo na região. E a zona Leste, nos meses de janeiro e fevereiro a SDU coletou 6.767,53 toneladas de lixo.

“A colaboração da população é fator imperativo para evitar o acúmulo ou descarte irregular de lixo em áreas de proteção ambiental. Ações direcionadas e a conscientização sobre a questão ajudam a manter a cidade mais limpa, e a comunidade pode contribuir realizando o acondicionamento do lixo da maneira correta e evitando despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, explica Marco Antônio Ayres, superintendente de Desenvolvimento e Habitação.

As equipes das SDUs, por meio das Gerências de Serviços de Serviços Urbanos (GSU), promovem ações de limpeza periodicamente, de acordo com as demandas que surgem na comunidade. São responsáveis por limpeza de galerias, retirada de transbordo, capina, manutenção de viveiros, poda de árvores, transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes, entre outros serviços.

A população também pode ajudar com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar ou material sólido pelo aplicativo Colab e pelos telefones dos órgãos:

SDU Centro Norte: (86) 3215-7463
SDU Leste: (86) 3215-7875
SDU Sudeste: (86) 3215-7855
SDU Sul: (86) 3215-7660

 

Da Redação

Servidores do município recebem bônus páscoa até quarta (17)

Publicada em - 10:22

Imprimir
Servidores do município recebem bônus páscoa até quarta (17)

Última atualização: 15 , abril 2019 - 10:37

A Prefeitura de Teresina concede o bônus páscoa para servidores municipais que recebem salário de até R$ 1.800. Com isto, 6.690 servidores vão receber o bônus no valor de R$ 70. O valor será depositado na conta dos servidores até quarta-feira (17).

O secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, destaca que o valor do benefício foi reajustado acima da inflação. “Ano passado, o bônus páscoa foi de R$ 65 e concedido para os servidores que ganhavam até R$ 1.300. Este ano, ampliamos tanto a faixa salarial dos beneficiados como o valor do próprio benefício em 7,7%, percentual acima da inflação”, pondera.

Para Nonato Moura, o pagamento do benefício é um reforço para a ceia das famílias durante a Semana Santa. “Esta é uma forma de reconhecimento aos nossos servidores, para que eles tenham esse recurso para ajudar na compra dos itens típicos desse período, como peixes, ovos”, comenta.

O bônus páscoa será depositado na conta dos servidores na quarta-feira (17) e vai gerar um impacto financeiro de R$ 468.720,00, conforme destaca o secretário municipal de Finanças, Francisco Canindé. “Todos os anos, o valor do benefício é reajustado e uma fatia maior de servidores também é beneficiada. Esta é uma preocupação do prefeito Firmino Filho e vamos continuar honrando para oferecer uma Semana Santa mais farta para os nossos servidores”, completa.

 

Da Redação

Prefeitura alerta 900 famílias que recebem Bolsa Família sobre risco de perder benefício

Publicada em - 10:13

Imprimir
Prefeitura alerta 900 famílias que recebem Bolsa Família sobre risco de perder benefício

Última atualização: 15 , abril 2019 - 10:13

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) está fazendo o chamamento de 884 famílias de crianças e jovens beneficiários do Bolsa Família para que atualizem os dados escolares no CadÚnico até o dia 25 de abril.

São estudantes que foram transferidos de escolas, mudaram de endereço, mudaram de Unidade Básica de Saúde ou passaram por alguma alteração de cotidiano que devem buscar o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais próximo e solicitar atualização dos registros para evitar a suspensão do benefício.

“É imprescindível que essas famílias busquem os CRAS da sua região o mais rápido possível. O Cadastro Único alimenta o Sistema ‘Presença’ com a frequência escolar do aluno, e precisa ter a informação de onde essa criança ou adolescente está estudando, para qual escola foi transferida, onde foi matriculada, para que ele encaminhe para o CadÚnico. Até o presente momento, o Cadastro não tem essa noção, que é imprescindível, sobre a vida escolar desses estudantes e principalmente, de onde eles estão”, reforça a coordenadora de Condicionalidades do Bolsa Família em Teresina, Jovina Sérvulo.

O recebimento do Bolsa Família se mantém pela comprovação da frequência do estudante na instituição educacional em que o CadÚnico o registra como matriculado. Caso haja informação diferente nos registros, o aluno pode se tornar desconhecido no sistema, o que pode acarretar o bloqueio. As famílias precisam comparecer ao CRAS para atualização a cada dois anos.

Sobre o CadÚnico

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadastro Único) é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

A partir de 2003, o Cadastro Único se tornou o principal instrumento do Estado brasileiro para a seleção e a inclusão de famílias de baixa renda em programas federais, sendo usado obrigatoriamente para a concessão dos benefícios do Programa Bolsa Família, da Tarifa Social de Energia Elétrica, do Programa Minha Casa Minha Vida, da Bolsa Verde, entre outros. Também pode ser utilizado para a seleção de beneficiários de programas ofertados pelos governos estaduais e municipais. Por isso, ele é funciona como uma porta de entrada para as famílias acessarem diversas políticas públicas.

 

Da Redação

OPORTUNIDADE

Concurso da Prefeitura de Timon recebeu mais de 7,5 mil inscritos

Concurso da Prefeitura de Timon recebeu mais de 7,5 mil inscritos

Publicada em 20 de fevereiro de 2019 - 14:49

Imprimir
Concurso da Prefeitura de Timon recebeu mais de 7,5 mil inscritos

Última atualização: 20 , fevereiro 2019 - 14:49

O Concurso Público da Prefeitura Municipal de Timon (MA) recebeu 7.564 inscritos. Organizado pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (NUCEPE) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), o certame oferta 98 vagas para cargos de níveis médio e superior.

Dois editais constam no concurso, sendo um para Guarda Municipal de 3ª classe e Agente de Trânsito, com 60 vagas e o outro para Fiscal Sanitário, Fiscal de Inspeção Sanitária e Industrial de Produtos de Origem Animal, Fiscal de Obras e Posturas, Engenheiro Civil, Arquiteto, Técnico de Fiscalização de Obras e Postura, Fiscal de Limpeza Urbana, Fiscal de Defesa do Consumidor e Fiscal Ambiental, com 38 vagas. Para todos os cargos haverá cadastro de reserva.

Para o cargo de Guarda-Civil Municipal se inscreveram 1.520 candidatos para 29 vagas, sendo 28 vagas para Concorrência Ampla e 1 vaga para Concorrência PCD. Para mulheres a média é de 111,25 candidatas para cada vaga e homens são 44,33 candidatos para cada vaga em ampla concorrência. Em PCD para homens são 11 candidatos por vaga. Para o cargo de Agente de Trânsito foram 3.311 inscritos para 30 vagas ofertadas na ampla concorrência. Mulheres a média de candidatas por vaga é 207,5 e para homens são 102,87 candidatos. Em PCD, a média para mulheres  é de 3 candidatas e para homens 9 candidatos por vaga.

Nos cargos ofertados no segundo edital a média de candidatos por  cada vaga é: Arquiteto (132), Engenheiro Civil (154), Fiscal Ambiental (156,5), Fiscal Defesa Consumidor (217,5), Fiscal de Inspeção Sanitária e Industrial (18,5), Fiscal de Limpeza Urbana (155,62 em ampla concorrência e 8 em PCD), Fiscal de Obras e Postura (53,5), Fiscal Sanitário (6,33 em ampla concorrência e 2 em PCD) e para Técnico de Fiscalização de Obras e Postura (29,25).

A diretora do NUCEPE, Ailma Nascimento, destacou a importância dos candidatos estarem atentos às regras proibitivas presentes no Cartão de Confirmação já presente no site do Nucepe. “O candidato deve prestar atenção no que ele pode levar ou não no dia da prova, por exemplo, é proibido levar celular, bonés, capacetes, óculos escuros, entre outros. Vale lembrar também que deve-se chegar com antecedência no local de prova para evitar tumultos”, pontua.

A prova escrita acontece no dia 24 de fevereiro, no horário de 8h30 às 12h30 (horário do Piauí). Os locais de prova já estão disponíveis no site.

EDUCAÇÃO

Prefeitura de Teresina convoca 43 professores substitutos

Prefeitura de Teresina convoca 43 professores substitutos

Publicada em 15 de fevereiro de 2019 - 16:35

Imprimir
Prefeitura de Teresina convoca 43 professores substitutos

Última atualização: 15 , fevereiro 2019 - 16:35

A Prefeitura de Teresina divulgou, hoje (15), um edital de convocação de classificados do processo seletivo para professor substituto da Rede Municipal de Ensino. São 43 novos docentes, onde 30 atuarão em turmas de Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º), e mais 13 serão lotados também de 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental. As listas com os nomes dos convocados estão publicadas no Diário Oficial do Município (DOM).

A convocação é parte do processo de expansão das vagas de Educação Infantil na capital. Estão sendo construídos 21 Centros Municipais de Educação Infantil, ofertando mais de 6 mil novas vagas para as crianças. Os novos professores também são reforço para as turmas do primeiro ciclo, fundamentais para a alfabetização e do segundo ciclo, onde encerram a etapa básica da jornada acadêmica.

“Estes professores reforçarão um trabalho de compromisso com a educação pública de Teresina, garantindo os 200 dias letivos, com aula regular em todas as unidades de ensino”, afirma a secretaria executiva de Ensino da Semec, Irene Lustosa.

Os convocados têm 30 dias para se apresentarem na Coordenação de Registro da Secretaria Municipal de Administração (SEMA), a fim de entregar os documentos e assinar o Termo de Posse e Compromisso. A Coordenação está situada na Rua Firmino Pires, 121, Centro. O horário de funcionamento do órgão é das 7h30 às 13h30, de segunda a sexta-feira.

Os professores deverão apresentar Declaração de Acumulação Lícita de Cargos ou Empregos Públicos, originais e cópias do RG, CPF, Título de Eleitor, Certidão de Casamento (quando for o caso), Certificado de Reservista ou Dispensa de Incorporação (se do gênero masculino), comprovante de residência e registro no PIS/PASEP (se possuir).

FISCAIS

Nucepe divulga cadastro para fiscais atuarem no Concurso da Prefeitura de Timon

Nucepe divulga cadastro para fiscais atuarem no Concurso da Prefeitura de Timon

Publicada em 4 de fevereiro de 2019 - 15:44

Imprimir
Nucepe divulga cadastro para fiscais atuarem no Concurso da Prefeitura de Timon

Última atualização: 4 , fevereiro 2019 - 15:44

O Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (NUCEPE) informa que estará disponível o Cadastro no site do NUCEPE para os interessados em atuar como fiscais no Concurso Público da Prefeitura Municipal de Timon-MA. Os interessados têm até às 23h59min do dia 17/02/2019 para se cadastrarem no sistema. A prova será realizada no dia 24/02/2019.

Orientações para o cadastro

  • O candidato a fiscal deverá efetuar, obrigatoriamente, o cadastro no site do NUCEPE preenchendo todos os campos, sob pena de ter o cadastro eliminado e/ou não selecionado, bem como se selecionado não receber a remuneração a que faz jus;
  • Para a efetivação do seu cadastro, deverá anexar um único arquivo, em formato PDF, do contracheque mais recente se for servidor ou comissionado, de declaração de vínculo se for técnico do PARFOR ou NEAD, ou Comprovante de Matrícula 2018.2 se for aluno da Instituição. Não serão aceitas retificações e/ou envio de novos documentos;
  • A homologação da inscrição estará sujeita à avaliação do trabalho executado nos últimos Concursos realizados, bem como ao preenchimento na íntegra do cadastro;
  • A homologação dos fiscais selecionados será divulgada no site do NUCEPE na semana que antecede a prova escrita do concurso;
  • Os Centros de Aplicação (CA) dos fiscais selecionados serão divulgados na semana que antecede a prova escrita do concurso;
  • A lotação dos fiscais nos CA levará em conta a proximidade do endereço de residência do fiscal com o CA de lotação;
  • As reuniões de treinamento com os fiscais selecionados, serão realizadas no dia 23 de fevereiro de 2019, às 15h, nos Centros de Aplicação de Prova para onde foram selecionados, conforme convocação feita por ocasião da homologação das inscrições;
  • É de inteira e exclusiva responsabilidade do interessado o completo e correto preenchimento do requerimento de inscrição. O NUCEPE não assumirá responsabilidade por eventuais prejuízos causados pelo preenchimento incorreto do mesmo.

Condições para o exercício da função

  • Para ser candidato a fiscal em Concursos promovidos pelo NUCEPE, é necessário exercer função pública e/ou ter vínculo estudantil com a UESPI;
  • Em hipótese alguma, o candidato a fiscal poderá ter cônjuge ou companheiro ou qualquer parente, consanguíneo ou afim em linha reta ou colateral até o terceiro grau, inclusive, inscrito no Concurso;
  • A lotação por CA será exclusiva deste Núcleo, levará em consideração o endereço informado e não haverá troca de CA em hipótese alguma;
  • O fato do aluno, servidor ou técnico administrativo (PARFOR/NEAD) ter efetuado corretamente o cadastro não lhe garante a seleção como fiscal para o referido Concurso, visto que há critérios de seleção e limites de vagas, conforme as necessidades do Certame;
  • A não veracidade das informações prestadas no cadastro de inscrição o (a) eliminará desta função;
  • A ausência ou atraso à reunião de treinamento no Centro de Aplicação de Provas (sábado), ou falta não justificada no dia da aplicação da prova (domingo), o (a) eliminará deste e dos próximos Certames aplicados por este Núcleo, bem como ocorrências incomuns ou divergentes das orientações recebidas para execução de seus trabalhos.

As demais informações serão repassadas durante a reunião nos Centros de Aplicação de Provas com os fiscais selecionados. o cadastro já está disponível no  site do Nucepe