PMT quer construir mais oito escolas de tempo integral em Teresina

Publicada em 13 de agosto de 2019 - 8:05

Imprimir
PMT quer construir mais oito escolas de tempo integral em Teresina

Última atualização: 13 , agosto 2019 - 08:05

O prefeito Firmino Filho está viabilizando recursos para a construção de mais oito escolas de tempo integral em Teresina, além da reforma de outros oito Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI). O investimento será na ordem de 65 milhões de dólares e vai beneficiar diretamente mais de 12 mil alunos com a oferta de novas matriculas.

Nesta terça-feira, 13, o prefeito apresenta o projeto das novas escolas para o Grupo Técnico da COFIEX (GETC), no Ministério da Economia. Um dos bancos internacionais interessados em financiar a iniciativa é o Novo Banco de Desenvolvimento – NDB, ligado ao Banco do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). A instituição financeira tem o objetivo apoiar projeto de desenvolvimento em países de economia emergente.

“A implantação das escolas de tempo integral e a expansão de matrículas na educação infantil é um ponto da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas. Educação sempre foi nossa maior prioridade. Trabalhamos para assegurar uma educação inclusiva, de qualidade, garantindo oportunidade de aprendizagem para todos”, ressalta o prefeito Firmino Filho.

Este ano, mais seis escolas municipais passaram a ser de tempo integral, totalizando 16 unidades de ensino fundamental. Com carga horária ampliada e novas disciplinas, essas unidade estão revelando uma evolução no desempenho dos alunos, oferecendo um currículo integrado, com disciplinas comuns, além de atividades de música, teatro, esporte e várias outras possibilidades de aprendizado.

Da Redação

Com mais de 100 espécies, Festival de Flores de Holambra abre nesta sexta (09)

Publicada em 9 de agosto de 2019 - 7:56

Imprimir
Com mais de 100 espécies, Festival de Flores de Holambra abre nesta sexta (09)

Última atualização: 12 , agosto 2019 - 08:02

Uma mistura de cores e aromas promete encantar os teresinenses durante o Festival de Flores de Holambra. A abertura do evento acontece nesta sexta-feira, às 9h, na Praça Pedro II, Centro de Teresina. Paralelamente, o festival será realizado no Shopping Rio Poty, iniciando também no dia 09 e encerrando no dia 18 de agosto, seguindo os horários de funcionamento do centro de compras. Trazendo mais de 100 espécies, o evento integra o calendário oficial comemorativo pelos 167 anos da nossa cidade.

Além da exposição e comercialização de uma diversidade de flores, como lírios, rosas e violetas, o festival vai disponibilizar, por preços acessíveis, mudas de plantas de várias espécies, incluindo frutíferas, carnívoras e bonsais.

O secretário da Semam (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Olavo Braz, considera que o evento contribui para disseminar a importância da preservação do nosso verde através do cultivo de plantas e flores na cidade.

“É uma forma de apoiar as ações e projetos importantes realizados pelo Centro Espírita Beneficente União do Vegetal e Associação Beneficente Casa da União Viva Bem, atuantes em Teresina. Além do aspecto financeiro, o Festival de Flores de Holambra também incentiva o cultivo de plantas e flores na nossa cidade, uma das maneiras de preservar o meio ambiente”, pontua o secretário.

Patrick Rozatti, um dos organizadores do Festival, também acredita que o evento tem contribuído para expandir o cultivo de flores e plantas em Teresina.

“Com esse festival pretendemos restabelecer em Teresina a cultura de plantar flores. Um ponto que observamos após realizar a primeira edição foi o surgimento da venda delas nos supermercados, que antes não existia. As pessoas estão comprando mais nas floriculturas e plantando mais flores e árvores. Considero que estamos contribuindo para a manutenção do título de cidade verde, além de auxiliar no trabalho beneficente que realizamos com a renda obtida através do evento”, explica Patrick.

Além da venda das espécies, será promovido um bazar beneficente, onde serão comercializados produtos novos e seminovos, cuja renda também será revertida para atividades da Associação Beneficente Casa da União Viva Bem, que realiza um trabalho de prevenção em saúde focado no alerta sobre os malefícios do uso do álcool e outras drogas.

O Festival de Flores de Holambra é promovido pelo Centro Espírita Beneficente União do Vegetal e Associação Beneficente Casa da União Viva Bem em parceria com a Expor Verde & Flor. Tem como apoiadores a Prefeitura de Teresina, Banco do Nordeste, Febracis, Ouro Verde Produtos Orgânicos, Construtora Estrela do Oriente, I9 eventos, Natildes Santos, Sinalize, Smart Escritórios Inteligentes, Retífica de Motores Teresina, Carvalho Super e Água Mineral Regina.

Festival vai oferecer oficinas gratuitas

O evento também envolve a realização de oficinas gratuitas sobre múltiplos temas, com certificação. Com vagas limitadas, as inscrições devem ser feitas a partir do dia 9 de agosto, na Praça Pedro II.

Programação

-Dia 14/08 – das 18h às 20h

Marketing Digital efetivo para negócios – ministrante: Leandro Hipólito

-Dia 15/08 – das 15h30 às 16h

Linha de Crédito (Banco do Nordeste) – ministrante: Laércio Fernando Soares Rodrigues, gerente executivo de Desenvolvimento Territorial, em exercício)

-Dia 15/08 – das 15h30 às 18h

Introdução ao Paisagismo – ministrante: Danilo Sérvio

-Dia 16/08 – das 9h às 11h

O cultivo de plantas medicinais em espaços urbanos – ministrantes: Marsone Cunha e Lúcio Miranda

-Dia 16/08 – das 15h às 18h

O poder das plantas medicinais: o fluxo das boas energias – ministrantes: Adriana Queiroz e Karol Damasceno

-Dia 18/08 – das 9h às 11h

Organização Residencial passo a passo – ministrante: Daianne Feitosa

-Dia 18/08 – das 16h às 18h

O Poder da Autorresponsabilidade – ministrante: Flávia Barbosa

Da Redação

Firmino lança campanha de aniversário de Teresina com tema “Aqui se faz futuro”

Publicada em 5 de agosto de 2019 - 11:58

Imprimir
Firmino lança campanha de aniversário de Teresina com tema “Aqui se faz futuro”

Última atualização: 5 , agosto 2019 - 11:58

O prefeito Firmino Filho lançou na manhã desta segunda-feira (05) a campanha de aniversário de 167 anos de Teresina, que este ano traz o tema “Aqui se faz futuro”. A solenidade aconteceu no Centro de Formação Odilon Nunes, zona Norte da capital, e reuniu autoridades municipais, imprensa e a população.

De acordo com Fernando Said, secretário municipal de comunicação, o tema deste ano ressalta os resultados do planejamento e desenvolvimento ocorridos ao longo do tempo na cidade.

“Temos sim muito a comemorar, pois são notórias as mudanças positivas pelas quais nossa cidade passou e vem passando. Precisamos celebrar nossos avanços e nossas conquistas e nos preparar para os desafios futuros. Queremos resgatar, cada vez mais, a autoestima e a sensação de pertencimento da nossa população”, disse o secretário.

O prefeito Firmino Filho relembrou a importância de cultivar sonhos e do empenho de todos na construção de uma cidade mais justa e igualitária. “Teresina é nosso sonho de cidade e temos que ter orgulho de tudo que já construímos. Sabemos das dificuldades que ainda temos que enfrentar, dos desafios que temos pela frente, mas sabemos também que juntos podemos fazer a diferença. Não tenho dúvidas que nosso futuro será cada vez melhor, pois aqui plantamos boas sementes”, disse o prefeito.

O gestor também destacou a educação municipal de Teresina, que é conhecida por ser uma das melhores do Brasil. “Educação sempre foi e sempre será nossa prioridade, pois somente através dela podemos construir uma sociedade realmente democrática e com consciência política. Somente investindo em educação podemos promover, de fato, uma transformação social nessa cidade”, afirmou.

Programação

Dentro da programação do aniversário estão previstas inaugurações de novas obras, além de outras ações nas mais diversas áreas. Serão realizadas atividades culturais e esportivas, como o Passeio Ciclístico e a Volta da Frei.

Ao longo desta semana será realizada a entrega de microônibus para a Casa Reencontro, Centro Dia Saber Cuidar e para a Associação dos Cegos do Piauí. Também será feita a entrega de viaturas para a Guarda Municipal. A entrega será feita na terça (06), às 8h, no Centro Dia Saber Cuidar.

Na quarta (07), às 11h30, será feita a inauguração do Centro de Convivência para a Pessoa Idosa e entrega da Sede do CRAS Leste III. O Parque Ambiental da Macaúba será inaugurado na quinta-feira (08), às 18h30. Na sexta (09) haverá a abertura do Festival Flores de Holambra, às 9h, na Praça Pedro II. No mesmo dia, às 11h30, será realizada a inauguração da Nova Sede do Laboratório Raul Bacelar.

No dia 16 de agosto a programação começa às 9h, com uma missa solene em ação de graças, que será celebrada na Igreja Nossa Senhora do Amparo, catedral da cidade. À tarde, a partir das 16h, na Praça do Poti Velho, acontece o tradicional corte do bolo. Encerrando os eventos do dia, a partir das 20h, ocorre a solenidade de entrega da Medalha Conselheiro Saraiva, no Theatro 4 de Setembro.

Da Redação

Artesão muda de vida através de trabalho com papel reciclado

Publicada em 25 de julho de 2019 - 8:19

Imprimir
Artesão muda de vida através de trabalho com papel reciclado

Última atualização: 25 , julho 2019 - 08:19

Pesquisas apontam que o artesanato costuma mudar vidas e pode curar diversas doenças, além de ser um grande gerador de renda para uma boa parte da população. O artesão José Antônio é prova viva da mudança de vida através da arte. Formado em pedagogia, deixou as salas de aula para se dedicar ao artesanato e hoje consegue boa parte da renda através de produtos de papéis recicláveis feitos a mão.

“Morei em Brasília um tempo e quando estive lá um amigo me ensinou a fazer artesanato com papel. Comecei fazendo porta-pratos de papel e logo me apaixonei, depois fui desenvolvendo outras peças”, conta o artesão com mais de 20 anos de experiência.

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Economia Solidária (Semest), auxilia artesãos na exposição e vendas de seus produtos em feiras e eventos públicos ou particulares. José Antônio é um dos apoiados pela Semest. Além de produtos com papéis, o artesão também confecciona colares e bijuterias com tecidos e outros produtos recicláveis.

“Quando estive na faculdade trabalhei bastante tempo na alfabetização de jovens e adultos, mas depois que conheci o artesanato descobri que essa era a minha verdadeira paixão e hoje é a minha principal fonte de renda. Além das encomendas eu exponho em feiras, muitas vezes com o auxílio da Semest. Pretendo continuar buscando mudar de vida e melhorar a vida no planeta através da reciclagem”, afirma.

“A Semest está sempre em busca de divulgar o belíssimo trabalho realizado pelos artesãos e estamos satisfeitos com os resultados que vêm gerando renda, mudando vidas e fazendo a população conhecer mais sobre a nossa arte local”, disse o secretário municipal de economia solidária, Ricardo Bandeira.

A escolha dos artesãos para expor nos eventos públicos e alguns particulares com o apoio da Semest acontece através de inscrições e de trabalhos artesanais destacáveis. A Prefeitura de Teresina realiza diversos eventos públicos que favorecem a mostra de serviços e produtos que a sociedade muitas vezes não conhece. Eventos como o Teresina em Ação, Viva Meu Bairro e feiras públicas são exemplos do trabalho realizado com esse objetivo.

Da Redação

Justiça proíbe que Prefeitura de Landri Sales retome sistema de abastecimento da Agespisa

Publicada em 22 de julho de 2019 - 15:18

Imprimir
Justiça proíbe que Prefeitura de Landri Sales retome sistema de abastecimento da Agespisa

Última atualização: 24 , julho 2019 - 08:43

Em decisão proferida nessa quinta-feira (18), o juiz Diego Ricardo Melo de Almeida proibiu que a Prefeitura de Landri Sales, 385 km ao sul de Teresina, retomasse, em medida unilateral, o sistema de abastecimento de água do município, hoje sob a responsabilidade da Agespisa. Pela decisão, somente depois que a concessionária estadual se manifestar sobre o assunto, a ação poderá ter prosseguimento.

Na mesma decisão, o juiz também determinou a suspensão de um processo licitatório que havia sido aberto pelo município para contratar uma empresa para gerir o sistema.

A Prefeitura de Landri Sales solicitou da Justiça uma decisão em caráter liminar para voltar a operar o abastecimento de água da cidade. E, ato contínuo, deu início a um processo licitatório para contratar uma empresa que deveria assumir a operação do sistema.

Por entender que, para o deferimento do pedido liminar, a prova pré-constituída pelo município é insuficiente, já que “não existe liminar inaudita altera parte em possessória quando se tem em um dos polos o poder público”, o magistrado designou audiência de justificação prévia para o dia 31 deste mês, quando a representação do município e da Agespisa estarão presentes para apresentar suas razões. A audiência será às 11h, no foro da comarca local.

A decisão do juiz de Landri Sales soma-se a outras no mesmo sentido, onde municípios tentam tomar de volta a operação do sistema de abastecimento de água sob a responsabilidade da Agespisa, sem um prévio entendimento com a direção da empresa.

Casos semelhantes aconteceram, por exemplo, com os municípios de Parnaíba e Antônio Almeida, ações prontamente rechaçadas nas instâncias judiciais.

A direção da Agespisa não vai se manifestar sobre o fato antes que a audiência do dia 31seja realizada.

Da Redação

PMT antecipa liberação da av. João XXIII com avanço de obra da galeria

Publicada em - 11:22

Imprimir
PMT antecipa liberação da av. João XXIII com avanço de obra da galeria

Última atualização: 23 , julho 2019 - 13:12

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste) prevê a antecipação da liberação das vias centrais da João XXIII até o final desta semana, em virtude do avanço dos serviços da galeria da zona Leste. Após a conclusão dos serviços no local, a SDU Leste, por meio da Gerência de Obras, liberará os trechos para a passagem dos veículos.

Os próximos passos da execução dos serviços da obra interditará a via marginal direita, sentido Centro-Leste, para promover a construção de um poço de visita (mudança de direção da galeria). Além das vias centrais, a marginal contrária também ficará liberada para o tráfego.

“Estamos muito satisfeitos com o andamento dos serviços. A previsão para que ocorresse a liberação seria entre o final do mês de julho e o início do mês de agosto, mas com a objetividade dos serviços e a dedicação aos finais de semana conseguimos antecipar essa ação para liberar as vias centrais da Avenida João XXIII. Ainda temos muito que fazer pela frente, mas esperamos manter o ritmo acelerado. Sabemos que essa obra é um dos nossos grandes desafios de drenagem aqui na região e nós esperamos que, no próximo inverno, a população já possa contar com essa importante obra de drenagem das águas das chuvas”, declarou o superintendente João Pádua.

Considerada uma obra complexa, a galeria tem investimento superior R$ 49,4 milhões, e terá aproximadamente 7 km de extensão, passando pelos principais pontos da região Leste da cidade. O objetivo é minimizar os transtornos causados com os alagamentos decorrentes das águas das chuvas. Os recursos são oriundos da Caixa Econômica Federal, com contrapartida da Prefeitura de Teresina.

O superintendente executivo, Ângelo Cavalcante, avaliou positivamente a execução das etapas da galeria. “Estamos finalizando uma fase de grande complexidade para todos nós que foi a travessia de uma das maiores avenidas de Teresina, a Avenida João XXIII. Aliado às etapas de construção da obra, sempre procuramos estudar as medidas necessárias para minimizar os transtornos à população. O resultado da construção da galeria trará inúmeros benefícios, mudando a vida de muitas pessoas que moram na região”, ressaltou.

Da Redação

Prefeitura vai ceder terreno para construção da Rodoviária dos Pobres

Publicada em 8 de julho de 2019 - 8:20

Imprimir
Prefeitura vai ceder terreno para construção da Rodoviária dos Pobres

Última atualização: 8 , julho 2019 - 08:20

A Prefeitura de Teresina garantiu aos permissionários da chamada Rodoviária dos Pobres uma área para a construção de um novo espaço para abrigá-los. O local, de acordo com o superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes, será uma área institucional de um hectare do Residencial Teresina Sul.

Com a continuidade da duplicação da BR 343, os permissionários vão ter que desocupar o terreno onde hoje eles trabalham. A garantia de um novo local, cedido pela Prefeitura, trouxe um alívio aos 16 trabalhadores que precisam dessa renda para sobreviver.

“Conversamos com os permissionários e avaliamos este como sendo o melhor espaço. É bem amplo, próximo a BR e ao Posto da Polícia Rodoviária Federal, entre outras vantagens”, afirmou Paulo Lopes. O processo de cessão está em andamento e foi encaminhado para a Procuradoria do Município.

Da Redação

Avenida João XXIII será interditada para nova etapa da obra da galeria

Publicada em 2 de julho de 2019 - 11:26

Imprimir
Avenida João XXIII será interditada para nova etapa da obra da galeria

Última atualização: 2 , julho 2019 - 11:26

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste) interditará as duas vias centrais da Avenida João XXII, no próximo domingo (07), para dar continuidade à construção da galeria da zona Leste. As marginais da Avenida estarão liberadas para facilitar a passagem dos veículos nos sentidos Centro-Leste e vice-versa.

Considerando a diminuição do tráfego do local, por causa das férias escolares, a prefeitura executará as etapas que exigem a interdição da avenida. Nos próximos dias, serão iniciadas as escavações e colocação de aduelas para dar prosseguimento ao acesso da galeria. A Rua Miguel Arcoverde, entre a Solnascente e a Canadá Veículos, também será interditada para facilitar o tráfego dos carros que passarão pela marginal da Avenida.

O plano de tráfego foi viabilizado pela SDU Leste, com a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (STRANS), em reunião realizada na segunda-feira (01). A ação conta ainda com a parceria do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Considerada uma obra complexa, a galeria tem investimento superior a R$ 49,4 milhões, e terá aproximadamente 7 km de extensão, passando pelos principais pontos da região Leste da cidade. O objetivo é minimizar os transtornos causados com os alagamentos decorrentes das águas das chuvas. Os recursos são oriundos da Caixa Econômica Federal, com contrapartida da Prefeitura de Teresina.

“A galeria é um dos nossos grandes desafios de drenagem aqui na região e nós esperamos que, no próximo inverno, a população já possa contar com essa importante obra de drenagem das águas das chuvas. Para isso, pedimos a compreensão dos moradores quanto aos transtornos que serão causados pelo avanço da galeria”, disse o superintendente João Pádua.

“As próximas fases terão uma complexidade maior, mas já estamos estudando as medidas necessárias para minimizar os transtornos à população. O resultado da construção da galeria trará inúmeros benefícios, mudando a vida de muitas pessoas que moram na região”, completou o superintendente executivo, Ângelo Cavalcante.

Da Redação

22º Festival de Dança de Teresina está com inscrições abertas

Publicada em - 8:40

Imprimir
22º Festival de Dança de Teresina está com inscrições abertas

Última atualização: 2 , julho 2019 - 08:40

O maior encontro de técnica e movimento do Piauí já tem data marcada e está com inscrições abertas. A 22ª edição do Festival de Dança de Teresina acontece no mês de setembro e os grupos interessados em participar já podem se inscrever até o dia 02 de agosto.

O evento é promovido pela Prefeitura de Teresina por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e tem como objetivo valorizar e disseminar a dança na cidade de Teresina, tornando-a uma referência nacional, bem como revelar bailarinos, coreógrafos, criadores e pesquisadores no fazer da dança.

O edital pode ser conferido site da Fundação Monsenhor Chaves [www.fcmc.teresina.pi.gov.br] e, de acordo com o regulamento, ele acontece de 19 a 22 de setembro, aberto para trabalhos de todo o país. As inscrições podem ser feitas na Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, ou via postal, no endereço: Rua Félix Pacheco nº 1440 – Centro, Teresina-PI – CEP: 64001-160. 3.2. Para as inscrições via postal, será considerada postagem datadas até o dia 02 de agosto.

Poderão participar bailarinos, escolas e grupos de dança de todos os estados do Brasil e a seleção será feita pela Comissão Organizadora do Festival de Dança. Os resultados com os grupos aprovados na seleção serão divulgados no dia 09 de agosto nos sites da FMC e PMT, ou junto à Coordenação do Festival na sede da Fundação Municipal de Cultural Monsenhor Chaves, no horário das 8h às 13h.

Os trabalhos serão avaliados por uma Comissão Julgadora composta por 03 (três) membros de expressão no meio artístico da dança, que classificará os trabalhos com nota única. Os trabalhos serão classificados pelo corpo de jurados em: 1º lugar, 2º lugar e 3º lugar. Os três primeiros classificados em cada categoria/modalidade serão divulgados na mesma noite, após as apresentações.

As premiações serão divididas da seguinte forma: variações, solos, duos, trios, pas de deux e grand pas de deux, os conjuntos classificados em 1º, 2º e 3º lugares em cada modalidade/categoria receberão troféu e/ou medalhas. A premiação em dinheiro chega a R$ 1mil.

Da Redação

2ª Edição do Festival The Vejo na Ponte começa neste fim de semana

Publicada em 1 de julho de 2019 - 10:50

Imprimir
2ª Edição do Festival The Vejo na Ponte começa neste fim de semana

Última atualização: 1 , julho 2019 - 10:50

A 2ª edição do Festival The Vejo na Ponte começa neste domingo (7). O evento, assim como na primeira edição, contará com três domingos de muitas atividades no Complexo Turístico Ponte Estaiada, zona Leste de Teresina. São esperadas quatro mil pessoas durante cada dia do festival, de acordo com estimativas da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec).

O festival, que tem como proposta ser atividade cultural nos meses de férias em Teresina, vai reunir vários nomes importantes da música local. O objetivo é valorizar os artistas da terra e oferecer alternativas de qualidade para entretenimento, gastronomia, além de levar a população de Teresina a frequentar mais os atrativos turísticos da capital.

A nova edição terá muitas novidades, entre elas, é que o The Vejo na Ponte se uniu a dez entidades de proteção e defesa da causa animal, com o objetivo de arrecadar ração e material de limpeza. Durantes os três dias de evento, um stand ficará montado no local também vendendo produtos relacionados ao tema. Outra novidade é que, logo na abertura do evento, a Prefeitura de Teresina irá lançar o aplicativo MUV (Mobility Urban Values), que tem como objetivo estimular as pessoas a se locomoverem mais a pé, de bicicleta ou transporte público. O app funcionará como um jogo que premia quem faz uso de uma mobilidade mais sustentável.

Para o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, a 2ª edição do The Vejo na Ponte chega mais organizada e com mais variedade musical e de atrativos. “A primeira edição do Festival The Vejo na Ponte mostrou que o teresinense quer mais iniciativas como esta. Mesmo com muita chuva, o público permanecia no local, isso motivou mais ainda a Secretaria a se organizar para realizar essa segunda edição. Teremos algumas novidades, não só no aspecto organizativo da estrutura e parcerias, mas nas apresentações, que desta vez contemplará outros estilos musicais, além de atrações circenses”, explicou.

Os shows, que irão acontecer na parte do estacionamento da Ponte Estaiada, prometem movimentar o cenário cultural de Teresina durante todo o mês de julho, nos domingos 7, 14 e 28. O evento será aberto ao público a partir das 17h e todas as atividades se encerrarão às 23h. A programação completa deve ser divulgada nos próximos dias.

O 2º Festival The Vejo na Ponte é uma realização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), em parceria com a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC). A primeira edição ocorreu nos últimos três domingos de janeiro deste ano.

Programação

1º Dia de The Vejo na Ponte (07 de julho)

18h – Sambatom

20h – Melhor de Três (João Claudio Moreno, Flávio Moura e Soraya Castelo Branco)

21h – Danilo Rudah

Da Redação