Salários de até R$22mil

Polícia Federal lança edital com 500 vagas de nível superior

As inscrições serão realizadas de 19 de junho até 2 de julho.

Publicada em 15 de junho de 2018 - 15:43

Imprimir
Polícia Federal lança edital com 500 vagas de nível superior

Fonte: Márcia Gabriele

Última atualização: 15 , junho 2018 - 15:43

A Polícia Federal lançou nesta sexta-feira, (15/06), edital do concurso público para 500 vagas de nível superior com salários que chegam até R$22mil. As inscrições serão realizadas de 19 de junho até 2 de julho.

As vagas são para os cargos agente (180 vagas); delegado (150 vagas); escrivão (80 vagas); perito criminal (60 vagas) e papiloscopista (30 vagas).

Os salários são de R$ 11.983,26 para agente, escrivão e papiloscopista e de R$ 22.672,48 para perito criminal e delegado.

As inscrições devem ser feitas pelo site CESPE  e as taxas são de R$ 180 para agente, escrivão e papiloscopista e R$ 250 para perito e delegado.

Etapas

1ª FASE: A primeira etapa do concurso público destina-se à admissão à matrícula no Curso de Formação Profissional e abrangerá as seguintes fases:

-prova objetiva para todos os cargos

-prova discursiva para todos os cargos

-exame de aptidão física para todos os cargos

-prova oral, somente para o cargo de delegado

-prova prática de digitação, somente para o cargo de escrivão

-avaliação médica para todos os cargos

-avaliação psicológica para todos os cargos

-avaliação de títulos, somente para os cargos de delegado e perito criminal

2ª FASE: A segunda etapa do concurso público consistirá de Curso de Formação Profissional, de responsabilidade da Academia Nacional de Polícia, e será realizado no Distrito Federal, podendo ser desenvolvidas atividades, a critério da administração, em qualquer unidade da Federação.

Concurso

Fenapef divulga banca do concurso da Polícia Federal

A expectativa é que o edital seja lançado em julho deste ano.

Publicada em 30 de maio de 2018 - 20:47

Imprimir
Fenapef divulga banca do concurso da Polícia Federal

Fonte: Márcia Gabriele

Última atualização: 30 , maio 2018 - 20:47

A  Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) anunciou a Cebraspe, antiga Cespe/UnB como banca organizadora do concurso público para a Polícia Federal (PF). A expectativa é que o edital seja lançado em julho deste ano.

De acordo com a Fenapef, o concurso público para a Polícia Federal foi autorizado em abril deste ano e ofertará um total de 500 vagas, sendo:  150 vagas para Delegado; 60 perito criminal; 80 para escrivão; 30 para papiloscopista e 180 para agentes.

O decreto presidencial, divulgado no Diário Oficial da União (DOU), a Polícia Federal poderá iniciar novo concurso para seus quadros sempre que for constatada uma defasagem de pelo menos 5% dos servidores, sem ter necessidade de autorização prévia do MPDG para realizar a seleção.

Operação Saqueadores

Trio é acusado de planejar sequestro de funcionários de banco

A quadrilha já estaria planejando novos crimes.

Publicada em - 10:36

Imprimir
Trio é acusado de planejar sequestro de funcionários de banco

Fonte: Daniely Viana

Última atualização: 30 , maio 2018 - 10:36

A Operação Saqueadores, da Polícia Federal, cumpriu mandados de prisão nesta terça-feira (29/05), contra um grupo organizado acusado de sequestrar funcionários da Caixa Econômica Federal e seus familiares na cidade de União (PI) para cometer crimes.

Três pessoas, que não tiveram os nomes divulgados, foram presas em flagrante com apoio do Grupo de Repreensão ao Crime Organizado da Polícia Civil (Greco) e a Polícia Militar do Piauí.

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Marcelo Alexandrino, a quadrilha praticava ameaça mediante sequestro e já estaria planejando novos crimes. “Eles estavam prontos para realizar outro sequestro em União, então nós agimos imediatamente para evitar o crime e zelar pela segurança dos funcionários”, afirma.

Além das prisões, as equipes cumpriram outros cinco mandados de busca e apreensão nas residências dos acusados. Na casa da companheira de um dos elementos, foram localizados carros e joias das vítimas, além de uma arma de fogo.

Ainda de acordo com a PF, o mesmo grupo é suspeito de ter sequestrado um funcionário da Caixa e familiares em Teresina, no 30 de abril deste ano.