luto

Cantor piauiense morre em acidente de moto em Campo Maior

Gerlan Fortes cantava, principalmente, na cidade de Campo Maior e levava ao público sucessos da MBP.

Publicada em 24 de setembro de 2018 - 11:27

Imprimir
Cantor piauiense morre em acidente de moto em Campo Maior

Última atualização: 24 , setembro 2018 - 11:27

A música piauiense está de luto pelo falecimento de mais um cantor da terra. Gerlan Fortes, 32 anos, sofreu um grave acidente na Avenida Nilo Oliveira, em Campo Maior, na noite do último sábado (22), e morreu ainda no local. Outras duas pessoas tiveram ferimentos leves.

Segundo a polícia, o cantor estava pilotando a motocicleta quando colidiu frontalmente com outra moto, na qual estavam duas pessoas que vinham no sentido contrário. As vítimas, sendo o condutor e o passageiro, foram encaminhadas para o Hospital de Campo Maior e estão fora de perigo.

Ainda segundo a PM, todos os envolvidos no acidente estavam sem capacete, o que pode ter ocasionado à morte de Gerlan. O Instituto Médico Legal (IML) fez a remoção do corpo.

AMIGOS FAZEM HOMENAGENS

Gerlan Fortes cantava, principalmente, na cidade de Campo Maior e levava ao público sucessos da MBP. Nas redes sociais, amigos lamentaram o ocorrido.

“Tenho certeza absoluta que você não deixou nenhum inimigo aqui nesse plano terrestre, mas sim muitos admiradores do seu caráter e comportamento. Com lágrimas nos olhos lhe digo, vá com Deus.”

A vida é finita, temos consciência disso, mas é difícil se despedir de pessoas de alma leve, honestas, descentes, sem maldade no coração como meu amigo Gerlan Fortes. Estudamos juntos no 13 de Março e no Colégio Estadual. Na escola era um cara organizado e esforçado. Por coincidência também estudei com sua sobrinha Laiane e trabalhei com seu irmão Luis Carlos Fortes Costa. Gerlan tinha um talento nato que era a música e é assim que vamos sempre lembrar de você meu amigo. Tenho certeza absoluta que vc não deixou nenhum inimigo aqui nesse plano terrestre, mas sim muitos admiradores do seu caráter e comportamento. Com lágrimas nos olhos lhe digo, vá com Deus.Aos familiares envio meus sentimentos.Abaixo um dos vídeos mais recentes gravados por Gerlan: "Quero ser feliz também" da Banda Natiruts.

Publicado por Weslley Paz em Sábado, 22 de setembro de 2018

 

Domingo triste para a música em Campo Maior. Mais um artista se cala, Gerlan Fortes descanse em paz, vai brilhar em outra dimensão. Nossos sentimentos

Publicado por Banda Spacial Spacial em Domingo, 23 de setembro de 2018

Campeonato Piauiense

Sem laudos dos estádios, Série B do Piauiense é cancelada

O principal motivo foi a não apresentação dos laudos dos estádios que sediariam os jogos da Segundona.

Publicada em 9 de julho de 2018 - 18:29

Imprimir
Sem laudos dos estádios, Série B do Piauiense é cancelada

Última atualização: 9 , julho 2018 - 18:29

A Série B do Campeonato Piauiense de 2018 está cancelada. Federação de Futebol do Piauí e representantes de quatro dos seis clubes inscritos para participar da competição estiveram reunidos na tarde de hoje (9) na sede da entidade e decidiram pela não realização do torneio. O principal motivo foi a não apresentação dos laudos dos estádios que sediariam os jogos da Segundona.

No primeiro arbitral da competição, realizado no último dia 21 de maio, ficou estabelecido que os clubes teriam até o dia 3 de julho para a apresentação dos documentos  dos estádios onde mandariam os seus jogos. Na semana passada, representantes de Caiçara, Comercial, Ferroviário e Timon compareceram à FFP, mas não trouxeram os laudos dos estádios, o que fez com que a entidade desse um novo prazo para a entrega dos documentos.

Na tarde de hoje, os quatro clubes estiveram reunidos com o presidente da FFP, Cesarino Oliveira, porém nenhuma das equipes apresentou a documentação que, de acordo com o Estatuto do Torcedor, deve ser apresentada para que as praças possam receber jogos. Com isso, a FFP teve de cancelar a Série B de 2018.

“Na semana passada os clubes pediram um prazo até sexta (6). Nós demos até segunda, que é hoje, dia 9, e novamente não apresentaram. Isso é da lei, não é uma exigência unilateral da federação e temos que obedecer. Quem está como administrador tem por obrigação conhecer a lei que regulamenta esta situação. Não é uma lei da federação, nem da CBF, nem da FIFA e sim do governo brasileiro”, disse Cesarino.

Cori-Sabbá e Picos, os outros dois clubes inscritos na Série B do Piauiense, não compareceram aos dois últimos encontros.

A segunda divisão do estadual estava prevista para começar no dia 18 de agosto e seria disputada em turno único, com as seis equipes jogando entre si, avançando as quatro melhores para as semifinais. O campeão e o vice estariam automaticamente credenciados a disputar a Série A do estadual em 2019.

 

Fonte: Redação Piauí Agora

"Infame"

CREA condena vídeo de piauiense insultando mulher na Copa do Mundo

Ele é um dos seis torcedores brasileiros que aparecem em um vídeo constrangendo uma mulher estrangeira na Copa do Mundo da Rússia.

Publicada em 20 de junho de 2018 - 10:36

Imprimir
CREA condena vídeo de piauiense insultando mulher na Copa do Mundo

Última atualização: 20 , junho 2018 - 15:33

“Infame episódio de misoginia e sexismo”, assim classifica o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí (Crea-PI), diante de um episódio protagonizado por um engenheiro civil, piauiense, natural da cidade de Jaicós. Ele é um dos seis torcedores brasileiros que aparecem em um vídeo constrangendo uma mulher estrangeira na Copa do Mundo da Rússia.

Os homens fazem piadas de cunho sexual a vítima, que aparenta não entender o que eles estavam falando. O vídeo virualizou nas redes sociais no final de semana e chegou até o Cofea e Crea-PI.

Em nota, as entidades lamentam o episódio, classificado como “infame” e “vergonhoso”.

“O exercício da engenharia abrange a promoção da segurança, da qualidade de vida, da sustentabilidade, da proteção aos valores mais caros da experiência profissional e não o protagonismo de cenas lamentáveis e vergonhosas que desrespeitam a mulher, estrangeiros ou qualquer pessoa”, afirma.

O piauiense tem registro profissional no sistema das entidades, e, inclusive, é ex-inspetor do CREA-PI. Em 2015, ele foi detido pela Polícia Federal suspeito de desviar dinheiro público e fraude em licitações na prefeitura de Araripina (PE).

NOTA COMPLETA

O Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí (Crea-PI) lamentam profundamente que um profissional com registro no Sistema Confea/Crea, tenha participado do infame episódio de misoginia e sexismo realizado por um grupo de brasileiros durante a Copa do Mundo 2018.

O exercício da engenharia abrange a promoção da segurança, da qualidade de vida, da sustentabilidade, da proteção aos valores mais caros da experiência profissional e não o protagonismo de cenas lamentáveis e vergonhosas que desrespeitam a mulher, estrangeiros ou qualquer pessoa.

Desde 2014 o Confea possui um grupo de trabalho Equidade de Gênero e o código de ética das profissões ressalta que a “a profissão é alto título de honra e sua prática exige conduta honesta, digna e cidadã”.

O Confea e o Crea-PI ressaltam que atitudes como as protagonizadas podem caracterizar infração ao código de ética profissional já que o mesmo ressalta que “constitui-se infração ética todo ato cometido pelo profissional que atente contra os princípios éticos, descumpra os deveres do ofício, pratique condutas expressamente vedadas ou lese direitos reconhecidos de outrem”.

Assessoria de Comunicação Confea/Crea-PI

BRASILEIROS PODEM RESPONDER POR CRIME NA RÚSSIA

Nesta quarta-feira (20/06), a jurista russa Alyona Popova fez uma denúncia formação e escreveu uma petição contra o episódio. Dessa forma, os brasileiros que aparecem no vídeo podem responder por crime na Rússia.

A partir de agora, o Ministério de Assuntos Interiores deve começar a investigação.

 

etapa nacional

Paratleta piauiense é prata no Circuito Caixa de Natação

O jovem treina no Centro Integrado de Reabilitação (CEIR), e, em 2017, foi campeão brasileiro na mesma competição

Publicada em 11 de junho de 2018 - 9:33

Imprimir
Paratleta piauiense é prata no Circuito Caixa de Natação

Fonte: Com informações Governo do Estado

Última atualização: 11 , junho 2018 - 09:33

O paratleta Marcos Jeane conquista medalhas pelo segundo ano consecutivo na fase nacional do Circuito Loterias Caixa de Natação. Dessa vez, ele garantiu duas pratas para o Piauí nas provas 50 metros livre, categoria S4, e 50 metros peito, na categoria SB3.

O jovem treina no Centro Integrado de Reabilitação (CEIR), e, em 2017, foi campeão brasileiro na mesma competição e medalhista na etapa Norte-Nordeste do Circuito Loterias Caixa deste ano, com três medalhas de ouro nas provas de 50 metros livre; 50 metros peito e 100.  Para o treinador Childerico Robson, Marcos Jeane é um exemplo de superação.

“Ele é motivo de orgulho para nós, do Ceir. Não apenas pelas medalhas conquistadas, mas por tudo o que ele passou até chegar a essas vitórias”, afirma

A primeira fase nacional do Circuito Loterias Caixa aconteceu de 8 a 10 de junho. O evento é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro e considerado o mais importante do paratletismo.