PRF já fez mais de 30 mil testes do bafômetro em motoristas do PI somente este ano

Publicada em 3 de julho de 2019 - 8:55

Imprimir
PRF já fez mais de 30 mil testes do bafômetro em motoristas do PI somente este ano

Última atualização: 3 , julho 2019 - 08:55

PRF já fez mais de 30 mil testes do bafômetro em motoristas do PI somente este ano

Somente nos seis primeiros meses desse ano, a Polícia Rodoviária Federal realizou 30.948 testes de etilômetro nas rodovias federais do do Piauí. Nesta madrugada, mais uma pessoa foi presa em Parnaíba após ser submetido ao teste submetido ao teste do etilômetro, constatando-se o teor alcoólico de 0,83 mg/l de ar expelido pelos pulmões.

De todas essas pessoas submetidas a testes, 585 foram autuadas e 119 foram detidas por estar conduzindo veiculo automotor sob a influência de álcool.

O condutor flagrado nesta madrugada tem 35 anos e guiava um veículo Toyota Hillux. Ele foi enquadrado no Art. 165 do CTB por conduzir veículo com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool e conduzido à delegacia no município de Parnaíba para os procedimentos que o caso requer.

Leilane Nunes

Homem que transportava quase R$ 63 mil é preso por receptação

Publicada em 25 de maio de 2019 - 14:14

Imprimir
Homem que transportava quase R$ 63 mil é preso por receptação

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:47

Agentes da Polícia Rodoviária Federal efetuaram a prisão de um homem de 40 anos por volta das 22h desta sexta-feira (24), na cidade de Parnaíba. Ele era foragido da justiça e estava transportando R$ 62.942,00.

O acusado estava guiando um Fiat Viva e foi abordado no KM 33 da BR 343. Contra o acusado havia um mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça do Piauí sob o crime de receptação.

O homem, juntamente com o veículo, foram conduzidos à Polícia Civil na cidade de Parnaíba para os procedimentos cabíveis.

Leilane Nunes

Agespisa suspende abastecimento em alguns bairros de Parnaíba nesta terça (23)

Distribuição de água será interrompida às 6h para corrigir vazamento

Publicada em 22 de abril de 2019 - 14:59

Imprimir
Agespisa suspende abastecimento em alguns bairros de Parnaíba nesta terça (23)

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:44

A Agespisa informa que, nesta terça-feira (23), vai interromper o abastecimento de água em alguns bairros da cidade de Parnaíba para corrigir um vazamento localizado no cruzamento da Avenida 1º de Maio com a Rua Paul Harris. A partir das 6h, a distribuição de água será suspensa para os bairros Ilha Grande, São José, Nova Parnaíba, São Francisco, De Fátima, Do Carmo e entorno.

A previsão é de que o abastecimento seja retomado às 17h desta terça. O fornecimento será regularizado gradativamente à medida que os reservatórios sejam reabastecidos. O serviço de correção se torna mais complexo em virtude da proximidade da área com o Rio Igaraçu, o que dificulta o trabalho da equipe no local.

Para mais informações, os moradores podem ligar 0800 086 8888. A ligação é gratuita também de telefones celulares.

MPPI instaura ações civis públicas para melhoria dos órgãos de fiscalização ambiental em Parnaíba

A secretaria não dispõe de equipe para fiscalização 24 horas, bem como não possui veículo próprio para a realização de vistorias e fiscalizações, dependendo da disponibilidade de outros órgãos

Publicada em 15 de abril de 2019 - 15:42

Imprimir
MPPI instaura ações civis públicas para melhoria dos órgãos de fiscalização ambiental em Parnaíba

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:45

O Ministério Público do Estado do Piauí, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Parnaíba, propôs duas Ações Civis Públicas contra uma contra o município de Parnaíba, pleiteando a reestruturação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, e outra contra o Estado, em razão da situação da Coordenadoria Regional da Secretaria Estadual de Meio Ambiente.

A investigação em relação a situação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente teve início a partir da constatação de que a secretaria não tem exercido de forma satisfatória a sua atribuição legal de investigar e reprimir a ocorrência de ilícitos administrativo-ambientais em Parnaíba. A secretaria não dispõe de equipe para fiscalização 24 horas, bem como não possui veículo próprio para a realização de vistorias e fiscalizações, dependendo da disponibilidade de outros órgãos. Além disso, foi verificado que todas as atividades internas da secretaria de meio ambiente são desenvolvidas com estruturas precárias, a qual dispõe de número insuficiente de profissionais e de material de trabalho.

Sobre a Coordenadoria Regional, a alegação é de que o órgão desenvolve atividades relacionadas a processos de licenciamento ambiental que não são da competência dos municípios que abrange (Parnaíba, Luís Correia, Ilha Grande, Cajueiro da Praia, Caxingó, Caraúbas, Buriti dos Lopes, Bom Princípio, Joaquim Pires, Cocal e Murici dos Portelas). Apesar de abranger uma extensa área territorial e ter um grande número de atribuições, a Coordenadoria conta com apenas dois auditores fiscais, possui um número insuficiente de equipamentos de trabalho e não possui veículo próprio, dependendo de disponibilização do órgão em Teresina.

Diante do que foi exposto, o MPPI requereu a realização de obras de reforma da sede da Secretaria Municipal de Meio Ambiente ou construção de novo edifício; a realização de concurso para provimento de cargos do órgão; a disponibilização de veículos e motoristas para o desempenho das funções da secretaria e a criação da guarda municipal ambiental, que deverá ter atuação 24 horas por dia.

Já em relação à Coordenadoria Regional da Secretaria Estadual, foi requerido a realização de obras de reforma na sede da Coordenadoria Regional da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, em Parnaíba; a realização de concurso para provimento de cargos; a disponibilização dos materiais necessários à execução da atividade fiscalizatória e de veículo próprio; e a criação de uma delegacia especializada em crimes ambientais, com sede em Parnaíba-PI e que atenderá aos demais municípios abrangidos pela Coordenadoria.

CALAMIDADE

Governador visita neste sábado (6) as famílias afetadas pelas chuvas em Parnaíba

O Governo do Estado do Piauí declarou estado emergencial em oito municípios, nesta quinta-feira (4)

Publicada em 5 de abril de 2019 - 16:39

Imprimir
Governador visita neste sábado (6) as famílias afetadas pelas chuvas em Parnaíba

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:46

O governador Wellington Dias vai a Parnaíba, neste sábado (6), às 8h30, onde se encontra com as pessoas atingidas pelos alagamentos na cidade. Serão visitadas as famílias que estão em abrigos e dos locais mais prejudicados pelas chuvas. Os bairros mais atingidos por alagamentos são: Piauí, Do Carmo, Vazantinha, Fazendinha, Catanduvas e São Judas Tadeu.

Segundo o chefe do executivo, este é um momento que tanto os municípios quanto o Governo do Estado e o Governo Federal precisam estar unidos para reduzir os danos causados, mas também para prevenir novos problemas. “Vamos unir esforços para levar a assistência que essas famílias precisam no momento. Qualquer ajuda é bem-vinda e estamos disponibilizando toda a equipe do governo para dar o amparo adequado aos atingidos pelas chuvas”, disse Wellington Dias.

Na região, o Governo do Estado têm trabalhado de forma intensa para auxiliar as comunidades, através das secretarias de Saúde (Sesapi), da Defesa Civil (Sedec), de Assistência Social e Cidadania (Sasc), bem como o Corpo de Bombeiros. Wellington Dias acompanhará de perto as ações que o Governo do Estado tem realizado desde a intensificação das chuvas no Piauí.

A Secretaria de Saúde tem atuado na prevenção de epidemias, através da imunização da população e dos profissionais, além de conceder apoio aos hospitais municipais.

A Sasc, por sua vez, tem realizado a entrega de kits de ajuda humanitária às famílias afetadas pelas enchentes. O material é composto por cestas básicas, produtos de higiene pessoal e de limpeza, colchões, kits dormitório e galões de água mineral.

A Sedec tem mantido contato diário com as coordenadorias municipais de Defesa Civil, principalmente as da região norte, onde ocorrem as chuvas mais intensas, para fazer um apanhado da situação e, em alguns casos, comunicar sobre o alerta de chuvas intensas emitidos pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemeden).

Agentes de Defesa Civil também estão sendo enviados aos municípios para orientar os gestores municipais sobre as providências a serem tomadas para iniciar as ações de socorro e auxílio às pessoas afetadas

As operações do Corpo de Bombeiros na cidade contam com o efetivo de Parnaíba e reforço que partiu da capital Teresina. Os bombeiros estão atuando na busca e resgate das famílias que estão alagadas, retirando-as destes locais e levando para os abrigos do município. Em paralelo, também estão antecipando ações em virtude do tempo que prever mais chuvas.

Decreto de Emergência 

O Governo do Estado do Piauí declarou estado emergencial em oito municípios, nesta quinta-feira (4). O decreto foi expedido devido a intensidade das chuvas, ocasionando a elevação dos níveis dos rios, lagos e lagoas – resultando em alagamentos de casas e plantações, bem como prejuízo às estradas. Principalmente, o agravamento da situação evidenciada nas últimas horas.

Estão sendo abarcadas pelo decreto as seguintes cidades: Lagoa Alegre, José de Freitas, Campo Largo do Piauí, São João do Arraial, Capitão de Campos, Ilha Grande, Parnaíba e Luís Correia.

CHUVAS

MP/PI ajuíza ação que requer obras de combate e prevenção a enchentes em Parnaíba

A ação judicial foi subsidiada por um Inquérito Civil Público, instaurado a partir de representações feitas por moradores dos bairros Betânia e Nossa Senhora de Fátima

Publicada em 4 de abril de 2019 - 15:17

Imprimir
MP/PI ajuíza ação que requer obras de combate e prevenção a enchentes em Parnaíba

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:46

O Ministério Público do Estado, por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Parnaíba, que tem como titular o Promotor de Justiça Cristiano Peixoto, ajuizou uma Ação Civil Pública, na 4ª Vara Cível da Comarca, em face do município de Parnaíba, pleiteando a realização de obras de infraestrutura para drenagem e manejo das águas pluviais urbanas em toda a área territorial do município. A ação judicial foi subsidiada por um Inquérito Civil Público, instaurado a partir de representações feitas por moradores dos bairros Betânia e Nossa Senhora de Fátima, todas tendo por objeto alagamentos causados pela falta da drenagem das águas da chuva.

O Serviço Geológico do Brasil, empresa pública federal que tem como uma das suas funções realizar pesquisas, estudos e mapeamentos relacionados com os fenômenos naturais e induzidos ligados à terra, tais como terremotos, deslizamentos, enchentes, secas ou desertificação, atendendo à requisição feita pela Promotoria de Justiça, realizou vistoria na cidade no período de 20 a 22 de novembro de 2018, encaminhando relatório sobre a situação de risco encontrada. O trabalho identificou dois setores de risco geológico alto na área urbana de Parnaíba (bairros Carmo, Cantagalo, São José e Cobrasil), sujeitas a serem atingidas por processos de enchente e inundação.

Outras áreas foram identificadas como risco médio, sendo recomendado o monitoramento, a fim de evitar que futuramente se tornem áreas de risco alto ou muito altos. Em razão dos riscos apontados naquele relatório, o Ministério Público encaminhou notificação recomendatória ao Prefeito de Parnaíba, para que fossem analisados os documentos e adotadas medidas efetivas para prevenir novas inundações, sendo concedido prazo de 30 dias para serem informadas as providências adotadas, mas o executivo não encaminhou qualquer manifestação.

O município, desde de 2015, possui um estudo de concepção para gestão das águas pluviais, manejo das águas e drenagem urbana da zona leste de Parnaíba, estudo que foi pago por meio de recursos oriundos de convênio com a União, através do Ministério das Cidades. A zona leste, que é área que mais sofre com os alagamentos, compreende os bairros São Judas Tadeu, Catanduvas, Reis Veloso, Frei Higino, Piauí, Dirceu Arcoverde, Alto Santa Maria, Planalto, João XXIII, Raul Bacelar e conjuntos habitacionais aprovados no programa “Minha Casa, Minha Vida. Apesar daquele estudo, a administração pública municipal não adotou nenhuma medida efetiva para solucionar o problema de alagamento, que acontece todos os anos em diversos pontos da cidade, realizando apenas atividades paliativas e emergenciais com pouca efetividade, tais como instalação de bombas de sucção e carros pipa.

A Promotoria de Justiça sugeriu ao executivo a celebração de Termo de Ajustamento de Conduta, que teria como objetivo a realização das obras necessárias para impedir novos transtornos dessa natureza à população, mas o Prefeito e a Secretária Municipal de Infraestrutura não encaminharam resposta.

No último dia 22 de março, foi declarada situação de emergência pública no município de Parnaíba, em razão dos alagamentos existentes em diversos pontos. Na Ação Civil Pública foi requerido que o município execute a obra de drenagem das águas pluviais da zona leste do município, tal como previsto no estudo realizado para esse fim; que o executivo encaminhe ao legislativo projetos de leis que alterem as leis orçamentárias para fazer incluir as obras de drenagem em todo o território da cidade. Requer também que sejam realizados estudos de concepção para drenagem e manejo das águas pluviais nas demais áreas do município, para posteriores obras; e a elaboração de um Plano Diretor de Drenagem Urbana.

PARNAÍBA

Famílias vítimas de alagamento recebem doações do Presidente da Fecomércio

Do descarregamento participou uma equipe da Marinha, Bombeiros e da SOAMAR. É a SEDESC que coordena todo o trabalho de acompanhamento dos desabrigados.

Publicada em 29 de março de 2019 - 9:11

Imprimir
Famílias vítimas de alagamento recebem doações do Presidente da Fecomércio

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:43

Na manhã da última quarta-feira (27), integrantes da Sociedade de Amigos da Marinha (Soamarinos) e o presidente Fecomércio, Valdeci Cavalcante, realizaram uma ação conjunta e entregaram um caminhão de alimentos para as famílias desabrigadas  de Parnaíba, que sofrem as consequências das fortes chuvas que se iniciaram na  semana passada. Os alimentos foram entregues pelo SESC na Capitania dos Portos que era um posto de arrecadação e, em seguida, foi feito a entrega na Sedesc – Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania – localizada na Avenida Pinheiro Machado. Do descarregamento participou uma equipe da Marinha, Bombeiros e da SOAMAR. É a SEDESC que coordena todo o trabalho de acompanhamento dos desabrigados.

De acordo com professora Maria Lourdes Gomes, representante do presidente Fecomércio, explicou que o prefeito de Parnaíba intercedeu junto ao empresário Valdeci Cavalcante para que ele ajudasse as famílias desabrigadas pela chuva. “O prefeito pediu que o Valdeci fizesse doações para os desabrigados em Parnaíba. Como Valdeci é uma pessoa sensível, parnaibano e Soamarino, resolveu atender ao pedido. Como a Capitania estava sendo um posto de entrega ele pediu que a gente ajudasse na entrega. A remessa é de duas carretas, sendo a primeira com alimentos e outras que vai chegar hoje às 15hs com lençóis, redes e toalhas”.

Os alimentos serão separados por funcionários da SEDESC e divididos em cestas básicas para serem distribuídas para as famílias atingidas pelo alagamento em vários bairros da cidade. Foram 200 pacotes de macarrão, 100 pacotes de biscoito de doce e de sal, 500 pacotes.

A primeira-dama e secretária do desenvolvimento social e cidadania (SEDESC), Adalgisa Carvalho de Moraes Souza, agradeceu a doação feita pelo presidente Fecomercio. “O nosso agradecimento de coração ao presidente da Fecomercio Valdeci Calvante que está fazendo a maior doação para Parnaíba. Os gêneros alimentícios chegaram agora pela manhã e à tarde v osirão os lençóis, redes e toalhas. Toda essa doação é de extrema importância para quem perdeu tantas coisas, mas eles também percebem que existe um espírito de solidariedade que tomou conta da cidade. E eles veem recebendo ajuda por parte da prefeitura, mas também de pessoas e entidades como a Fecomércio”.

A secretaria Adalgisa relatou também que todos os dias esses números de desabrigados só aumenta. “Hoje estamos com quase 1.200 famílias desabrigadas”, citou.

O Capitão de Fragata Dante, Capitão dos Portos do Piauí, agradeceu a todos que se mobilizaram para o êxito dessa campanha, para ajudar cada família necessitada. “Quero agradecer a todos que estão se mobilizando para realizarem suas doações, mesmo de forma individual e sem querer aparecer, com o intuito de ser solidário. Agradeço todos os parnaibanos que saíram das suas casas para entregarem suas doações aqui na Capitania dos Portos. Em especial, agradeço a radialista Socorro, da cidade de Cocal; Banco do Nordeste, todos os membros da SOAMAR, que é instituição parceira e também idealizou conosco a ideia dessa campanha. E o senhor Valdeci, que foi espetacular quando fez essa doação para população, o que vai ajudar muito. E, por último, aos meus militares e comandados que fizeram de maneira silenciosa sua contribuição. E estamos aqui disponíveis para  ajudar”, falou o Capitão Dante.

O secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Edrivandro Barros, representante da presidente da SOAMAR, destacou que a ação tem caráter exclusivamente de ajuda humanitária e garantiu não haver nenhum interesse pessoal de parte dos doadores e dos que se envolveram com a entrega dos produtos.

PARNAÍBA

Polícia Cívil deflagra operação no combate ao tráfico de drogas em Parnaíba

Foram encontrados quatro tabletes de maconha prensada, duas balanças de precisão, um revólver calibre .38, duas munições calibre .38 intactas, diversos aparelhos celulares, e a quantia de R$ 4.103,00 (quatro mil, cento e três reais) proveniente da venda de drogas.

Publicada em 27 de março de 2019 - 14:30

Imprimir
Polícia Cívil deflagra operação no combate ao tráfico de drogas em Parnaíba

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:43

A Polícia Civil do Estado do Piauí, por intermédio da Delegacia de combate a Homicídios/Tráfico de Drogas /Latrocínio de Parnaíba (DHTL) e Núcleo de Inteligência da Planície Litorânea, com o apoio da Delegacia de Combate a Crimes Patrimoniais de Parnaíba (DEPATRI), deu cumprimento a mandado de busca e apreensão domiciliar em uma residência localizada na Rua Travessa Samuel Santos, bairro Piauí, em Parnaíba, no final da manhã de hoje (27/03/2019).

Após inúmeras denúncias anônimas realizadas por populares, dando conta da intensa movimentação de usuários de drogas no endereço referido, foi realizado um trabalho investigativo que confirmou a informação, ocasião em que foi solicitada a concessão judicial de busca e apreensão domiciliar.

Quando do cumprimento do mandado, na manhã de hoje, foram encontrados quatro tabletes de maconha prensada, duas balanças de precisão, um revólver calibre .38, duas munições calibre .38 intactas, diversos aparelhos celulares, e a quantia de R$ 4.103,00 (quatro mil, cento e três reais) proveniente da venda de drogas.

Na ocasião foram presos em flagrante delito os irmãos Maique de Sousa Ferreira, Rafael Ferreira de Sousa e Maria Joselina Gomes do Nascimento, esposa de Rafael, sendo todos encaminhados à Central de Flagrantes de Parnaíba para os procedimentos legais, local onde permanecerão a disposição da justiça.

Foram também encaminhados à Central de Flagrantes vários usuários, que se encontravam no local da busca para adquirir entorpecentes, ocasião em que confirmaram em depoimento que ali estavam para a compra de drogas.

A Polícia Civil aproveita o ensejo para solicitar à população local a realização de denúncias anônimas de crimes, medida esta que tem surtido efeito e traz benefícios a sociedade. Para denunciar basta clicar no link acima e preencher os campos.

PARNAÍBA

Corpo de Bombeiros atua no resgate de famílias na cidade

Os locais mais críticos até o momento são os bairros Piauí e Vazantinha, Fazendinha e São Vicente de Paula.

Publicada em 18 de fevereiro de 2019 - 7:17

Imprimir
Corpo de Bombeiros atua no resgate de famílias na cidade

Última atualização: 18 , fevereiro 2019 - 07:18

O efetivo do 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros tem atuado junto a Defesa Civil do Município de Parnaíba no apoio à população que tem sofrido com as fortes chuvas  que têm atingindo o litoral piauiense trazendo muitos transtornos nos últimos dias.

Desde as primeiras horas deste domingo (17), equipes estão trabalhando e fazendo a retirada das famílias das residências alagadas e também o levantamento dos casos. De acordo com o Major Rivelino de Moura, muitas casas ficaram alagadas e famílias foram desalojadas, sendo abrigadas por parentes.

“Os locais mais críticos até o momento são os bairros Piauí e Vazantinha, Fazendinha e São Vicente de Paula. “Todo o efetivo do 2º Batalhão está envolvido, em regime de escala, para apoiar, resgatar e dar informações à população”, comenta o major.

Major Rivelino alerta à população para os cuidados que devem ser tomados em momentos como estes. “A principal indicação é que liguem para o telefone 193, dando as principais informações e o endereço, com ponto de referência, para que o Corpo de Bombeiros possa fazer o resgate com rapidez e segurança, utilizando inclusive embarcações caso seja necessário. Indicamos ainda que as pessoas não tentem atravessar as ruas alagadas e que desliguem o disjuntor de energia para que não corra o risco de choques elétricos”, enfatiza.

“Graças a Deus mesmo com a queda de árvores e os prejuízos materiais, não foi registrado nenhum caso de pessoas feridas. Assim que as águas baixarem a maioria das  famílias já podem retornar às suas residências”, conclui o major do Corpo de Bombeiros.

Autoria: Tamyres Rebeca

LAZER E DIVERSÃO

Litoral do Piauí será contemplado com parque aquático

A obra deverá ser entregue no mês de julho e será construída na cidade de Luís Correia, no Sesc Praia.

Publicada em 16 de janeiro de 2019 - 15:18

Imprimir
Litoral do Piauí será contemplado com parque aquático

Última atualização: 16 , janeiro 2019 - 15:19

O presidente da Fecomércio Sesc/Senac, dr. Valdeci Cavalcante, anunciou que o litoral piauiense será contemplado com a construção de um grande Parque Aquático, semelhante ao famoso Beach Park, localizado na cidade de Fortaleza, no estado do Ceará. A obra deverá ser entregue no mês de julho e será construída na cidade de Luís Correia, no Sesc Praia.

De acordo com o Dr. Valdeci, a mão de obra está orçada em cerca de R$ 2 milhões de reais, e todos os equipamentos necessários já foram adquiridos. A estrutura foi desenvolvida para ser erguida em Vitória, capital do estado do Espírito Santo, porém, por falta de espaço no local, a realização não foi possível e toda a estrutura foi doada para o Piauí pelo presidente do Sesc daquele estado.

Além dessa obra, a cidade de Parnaíba será contemplada, ainda no ano de 2019, com outras benfeitorias realizadas pelo Dr. Valdeci Cavalcante, que, com sua visão empreendedora, não cansa de trabalhar pelo bem-estar do povo piauiense.