corredor norte

Strans adia data para mudança nas rotas de ônibus da zona Norte

A data foi alterada por conta de uma adequação operacional na obra.

Publicada em 5 de novembro de 2018 - 12:47

Imprimir
Strans adia data para mudança nas rotas de ônibus da zona Norte

Última atualização: 5 , novembro 2018 - 12:50

A Strans confirmou para esta terça-feira (06), a mudança nas rotas  das linhas de ônibus que circulam na zona Norte de Teresina. O início das obras no corredor da Rui Barbosa, que estava marcado para começar hoje, foi adiado para amanhã e abrange seis linhas de ônibus.

De acordo com o Gerente de Planejamento da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito, Denilson Guerra, a data foi alterada por conta de uma adequação operacional na obra.

Já as linhas permanecem as mesmas: 101 (Santa Maria da Codipi/Jacinta Andrade), 102 (Mocambinho/Poti Velho/Uespi), 103 (Mocambinho/Matadouro), 109 (Santa Maria da Codipi/ Shopping), 563 (Universidade/Circular I ) e 170 (Bela Vista/Poti Velho), no sentido centro/bairro.

A mudança no itinerário dos ônibus vai acontecer a partir da Praça do Gari, de onde os ônibus seguirão pelas Ruas Campo Maior, Pedro Brito, Basílio Alves de Carvalho e telegrafista Francisco Medeiros. Os pontos de paradas serão nos seguintes cruzamentos:  Rua Pedro Brito com Rua Martinele Cavalca, Rua Basílio Alves de Carvalho com as Ruas Antônio Monteiro  e Canindé e ainda Rua Telegrafista Francisco Medeiros com a Rua Rui Barbosa.

Com informações Strans

zona norte

Ônibus terão mudança de rota por conta de obra no Corredor Rui Barbosa

No local acontece as obras de implantação das estações de embarque e desembarque para passageiros

Publicada em 24 de outubro de 2018 - 13:56

Imprimir
Ônibus terão mudança de rota por conta de obra no Corredor Rui Barbosa

Última atualização: 24 , outubro 2018 - 13:58

A partir do dia 05 de novembro, as linhas de ônibus que passam pelo Corredor Rui Barbosa, na zona Norte de Teresina, terão mudança de rota. No local acontece a obra de implantação das estações de embarque e desembarque para passageiros.

As linhas contempladas são 101 (Santa Maria da Codipi/Jacinta Andrade), 102 (Mocambinho/Poti Velho/Uespi), 103 (Mocambinho/Matadouro), 109 (Santa Maria da Codipi/ Shopping) 563 (Universidade/Circular I) e 170 (Bela Vista/Poti Velho) no sentido centro/bairro.

A mudança no itinerário dos ônibus vai acontecer a partir da Praça do Gari, de onde os ônibus seguirão pelas ruas Campo Maior, Pedro Brito, Basílio Alves de Carvalho e Telegrafista Francisco Medeiros. Os pontos de paradas serão nos seguintes cruzamentos: Rua Pedro Brito com Rua Martinele Cavalca, Rua Basílio Alves de Carvalho com as ruas Antônio Monteiro e Canindé e ainda Rua Telegrafista Francisco Medeiros com a Rua Rui Barbosa.

De acordo com o gerente de planejamento da Strans, Denilson Guerra, agentes de fiscalização de transportes públicos estarão nos locais de desvio nas primeiras semanas para tirar as dúvidas os usuários.

Com informações Strans

inthegra

Obras do corredor da Avenida João XIII entram em fase de conclusão

O corredor terá, ao todo, cinco estações para embarque e desembarque de passageiros

Publicada em 11 de setembro de 2018 - 15:57

Imprimir
Obras do corredor da Avenida João XIII entram em fase de conclusão

Última atualização: 11 , setembro 2018 - 13:03

Já está em fase de conclusão mais um corredor do Sistema Inthegra na capital. O Corredor Leste, que fica localizado na Avenida João XXIII, será exclusivo para os ônibus coletivos circularem na região.

De acordo com a Prefeitura de Teresina, a obra terá, ao todo, cinco estações para embarque e desembarque de passageiros, todas climatizadas e com portas automáticas.

Ao longo da Avenida João XXIII também foram implantados quatro semáforos sonorizados para pedestres. Segundo a engenheira Adélia de Melo, os equipamentos são sonorizados para garantir a travessia segura das pessoas com deficiência visual.

Além disso, a engenheira informa que até o final deste semestre a prefeitura deva entregar todos os corredores.

Com informações PMT

 

Infraestrutura

Obras de recuperação da Ponte Simplício Dias são retomadas

A previsão de conclusão das obras recuperação da ponte Simplício Dias é de 120 dias.

Publicada em 30 de julho de 2018 - 16:28

Imprimir
Obras de recuperação da Ponte Simplício Dias são retomadas

Última atualização: 30 , julho 2018 - 16:28

O Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER) deu início as obras de recuperação e reforço estrutural da Ponte Simplício Dias, situada na rodovia PI 210 com a PI 116, no trecho que liga os municípios de Parnaíba e Ilha Grande. O investimento está orçado em R$4.841.224,24, oriundo do recurso ordinário e operação de crédito.

A ponte, inaugurada na década de 70,  possui 300 metros de extensão e irá proporcionar mais segurança e conforto para os turistas e moradores das cidades próximas a região.

Segundo Severo Eulálio, diretor de Engenharia do DER, Severo Eulálio, essa obra é de muita importância tanto do ponto de vista social, porque por ser  responsável pela interligação com município de Ilha Grande, no litoral piauiense.

“A obra contribui para o deslocamento dos moradores da região, mas tem as duas grandes localidades que também são afetadas: o Porto dos Tatus, local de onde saem todas as embarcações para o Delta do Parnaíba; e a praia da Pedra do Sal, que tem grande produção de energia. Esses dois pontos são muito relevantes para o turismo do Piauí, pois recebem visitantes não só do Brasil, mas de todo o mundo”, esclareceu.

A obra faz parte do cronograma de ações de mobilidade urbana realizado pelo Governo do Estado do Piauí. A previsão de conclusão das obras recuperação da ponte Simplício Dias é de 120 dias.

Zona Leste

Avenida Presidente Kennedy será interditada a partir desta terça

A via ficará interditada por 45 dias.

Publicada em 17 de julho de 2018 - 15:59

Imprimir
Avenida Presidente Kennedy será interditada a partir desta terça

Última atualização: 18 , julho 2018 - 09:29

A Avenida Presidente Kennedy, localizada na zona Leste de Teresina, vai ser interditada a partir desta terça-feira, (17/07), para recuperação asfáltica. A via ficará interditada por 45 dias.

As obras, com investimento de R$1.4 milhão,  iniciarão no trecho no sentido do balão do São Cristóvão para a Avenida Dom Severino e seguirá até a o Zoobotânico.

Segundo Daniel Pereira, coordenador de asfaltamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, as obras não irão atrapalhar no fluxo de veículos que passa, diariamente, pela região. “A pista tem três faixas, então, pelo menos uma faixa estará livre”, pontou.

 

Investimento

Obras de centro cirúrgico em Uruçuí serão retomadas neste mês

Publicada em 12 de julho de 2018 - 17:31

Imprimir
Obras de centro cirúrgico em Uruçuí serão retomadas neste mês

Última atualização: 12 , julho 2018 - 17:32

A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) anunciou nesta quinta-feira, (12/07), que as obras do centro cirúrgico do Hospital Regional Senador Dirceu Arcoverde, Uruçuí, Sul do Piauí, serão retomadas até o dia 23 deste mês. A previsão é que essas obras deverão ser entregues em setembro.
O investimento da obra é cerca de R$6,5 milhões de recursos do Tesouro Estadual para reformar o centro cirúrgico e o setor de urgência e emergência do hospital.
Segundo Florentino Neto, secretário da Sesapi, a reforma será um grande investimento para melhorar a assistência em média e alta complexidade de Uruçuí e de toda a região do Sul do Piauí.
O Hospital Regional Senador Dirceu Arcoverde já passou por reformas nas enfermarias e setores administrativo, de nutrição e serviços gerais.

Investimento

Governador visita Nova Maternidade em Teresina

A obra está orçada em aproximadamente R$ 83milhões, com recursos de emenda dos deputados federais Assis Carvalho e Iracema Portella, e ainda do Tesouro Estadual.

Publicada em 6 de julho de 2018 - 18:05

Imprimir
Governador visita Nova Maternidade em Teresina

Última atualização: 6 , julho 2018 - 18:05

O governador Wellington Dias visitou nesta sexta-feira, (06/07), as obras da Nova Maternidade, que fica na Avenida Presidente Kennedy, zona Leste de Teresina. A visita foi acompanhada do secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto.

A obra está orçada em aproximadamente R$ 83milhões, com recursos de emenda dos deputados federais Assis Carvalho e Iracema Portella, e ainda do Tesouro Estadual, terá impacto significativo na melhoria da assistência à mulher e o bebê.

Prevista para ser entregue em 24 meses, a nova maternidade terá uma estrutura moderna, com espaço físico mais adequado, com capacidade instalada bem mais expressiva que a atual Maternidade Dona Evangelina Rosa. A nova maternidade vai mais que dobrar a capacidade de atendimento em unidade de tratamento intensivo. Somente em UTI adulta, serão 20 unidades, assim como 30 leitos de UTI neonatal. Além desses, 45 leitos de Cuidados Intermediários e 20 de leitos Intermediários Canguru, que é um espaço para acolhimento de mãe e bebê. Portanto, serão 105 leitos para tratamento intensivo.

O espaço de acolhimento para um parto humanizado e melhores cuidados com mães e bebês conta ainda com a Casa de Gestante, Bebê e Puérpera, que visa garantir a permanência de gestantes e puérperas de risco que exigem vigilância constante em ambiente não hospitalar, que não podem retornar ao domicílio, ou de mães que têm bebês internados na UTI, UCI ou na Unidade Canguru. Ou seja, uma estrutura que dá mais assistência aos cuidados com a mãe e bebê, permitindo que a mãe fique o mais próximo do seu filho.

MATERNIDADE DE REFERÊNCIA

Unidade de Pronto Atendimento
Duas salas de admissão
Seis leitos de observação
Seis consultórios de admissão, sendo dois deles com estrutura para instalação de aparelho de ultrassonografia e cardiotocografia
Unidade/Serviço de Atenção à Mulher Vítima de Violência de Gênero
Unidade de Internação de Baixa e Alta Complexidade
Dois Centros de Parto Normal – 10 leitos de parto, pós-parto
Enfermarias de Alojamento conjunto (mãe e bebê): 90 leitos
Enfermarias de Gravidez de Alto Risco: 60 leitos
UTI Adulto: 20 leitos
UTI Neonatal: 30 leitos
Unidade de Cuidados Intermediários Convencionais (UCINCO): 45 leitos
Unidade de Cuidados Intermediários Canguru (UCINCA): 20 leitos
Centro Cirúrgico Pediátrico/Neonatal: 04 salas
Centro Cirúrgico Obstétrico: 04 Salas
Centro Obstétrico: 06 Salas
Unidade de Medicina Fetal
Dotada de estrutura para ultrassonografia, cardiotocografia, estrutura cirúrgica básica para procedimentos de baixa complexidade

Investimento

Obras da Nova Maternidade terão início nesta segunda (03)

a previsão é que as obras sejam entregues em 24 meses e realize um número de atendimento bem mais expressivo que a atual Maternidade Dona Evangelina Rosa. 

Publicada em 27 de junho de 2018 - 21:52

Imprimir
Obras da Nova Maternidade terão início nesta segunda (03)

Última atualização: 27 , junho 2018 - 21:52

As obras da unidade de referência em alta complexidade materno-infantil, Nova Maternidade terá início nesta segunda-feira, (03/06). A Secretaria de Estado da Saúde recebeu a autorização para início das obras nessa terça (26/06), pela Caixa Econômica Federal.
A obra está orçada em aproximadamente R$ 83milhões, com recursos de emenda dos deputados federais Assis Carvalho e Iracema Portella, e ainda do Tesouro Estadual, terá impacto significativo na melhoria da assistência à mulher e o bebê.
Segundo Florentino Neto, secretário de Estado da Saúde, a previsão é que as obras sejam entregues em 24 meses e realize um número de atendimento bem mais expressivo que a atual Maternidade Dona Evangelina Rosa.
“Sem dúvidas tratá uma grande melhoria na assistência materna e à primeira infância no estado Piauí é um dos caminhos para a solução”, diz Florentino Neto, secretário de Estado da Saúde.
Somente em UTI adulta, serão 20 unidades, assim como 30 leitos de UTI neonatal. Além desses, 45 leitos de Cuidados Intermediários e 20 de leitos Intermediários Canguru, que é um espaço para acolhimento de mãe e bebê. Portanto, serão 105 leitos para tratamento intensivo.
ESPAÇO ACOLHIMENTO
O espaço de acolhimento para um parto humanizado e melhores cuidados com mães e bebês conta ainda com a Casa de Gestante, Bebê e Puérpera, que visa garantir a permanência de gestantes e puérperas de risco que exigem vigilância constante em ambiente não hospitalar, que não podem retornar ao domicílio, ou de mães que têm bebês internados na UTI, UCI ou na Unidade Canguru. Ou seja, uma estrutura que dá mais assistência aos cuidados com a mãe e bebê, permitindo que a mãe fique o mais próximo do seu filho.
A nova maternidade
Unidade de Pronto Atendimento
Duas salas de admissão
Seis leitos de observação
Seis consultórios de admissão, sendo dois deles com estrutura para instalação de aparelho de ultrassonografia e cardiotocografia
Unidade/Serviço de Atenção à Mulher Vítima de Violência de Gênero
Unidade de Internação de Baixa e Alta Complexidade
Dois Centros de Parto Normal – 10 leitos de parto, pós-parto
Enfermarias de Alojamento conjunto (mãe e bebê): 90 leitos
Enfermarias de Gravidez de Alto Risco: 60 leitos
UTI Adulto: 20 leitos
UTI Neonatal: 30 leitos
Unidade de Cuidados Intermediários Convencionais (UCINCO): 45 leitos
Unidade de Cuidados Intermediários Canguru (UCINCA): 20 leitos
Centro Cirúrgico Pediátrico/Neonatal: 04 salas
Centro Cirúrgico Obstétrico: 04 Salas
Centro Obstétrico: 06 Salas
Unidade de Medicina Fetal
Dotada de estrutura para ultrassonografia, cardiotocografia, estrutura cirúrgica básica para procedimentos de baixa complexidade

Obras inesquecíveis

Dia do Cinema Brasileiro: data celebra primeira filmagem no país

Nesta mesma data, em 1898, aconteceu a primeira filmagem no país graças ao cinegrafista e diretor Afonso Segreto.

Publicada em 19 de junho de 2018 - 9:12

Imprimir
Dia do Cinema Brasileiro: data celebra primeira filmagem no país

Última atualização: 20 , junho 2018 - 09:39

19 de junho é comemorado o Dia do Cinema Brasileiro! O país conta com grandes produções, como o divertido Auto da Compadecida (2000), Lisbela e o Prisioneiro (2003), Tropa de Elite e tantos outros.

Mas por que, hoje, é comemorado o dia do cinema brasileiro? Nesta mesma data, em 1898, aconteceu a primeira filmagem no país graças ao cinegrafista e diretor Afonso Segreto. Após uma temporada na França, ele chega ao país e filma a entrada da baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, a bordo do navio francês Brésil.

Afonso-Segreto

Outros preferem comemorar a data no dia 5 de novembro, quando ocorreu a primeira exibição pública de cinema no país.

Seja em junho ou no final do ano, nosso cinema é rico em arte e também com produções independentes. No Piauí, quem não lembra do filme “Ai que Vida” (2008)? A obra, de Cícero Filho, bateu recorde de público, infelizmente, com um fato negativo: muitos assistiram a produção em DVD’S piratas.

“Ai que Vida” mostra romance e retrata bem a forma como os piauienses são, seus trejeitos, gírias e o amor que têm pela família.

 

 

Que nessa data você consuma ainda mais produções brasileiras, regionais e até locais. O país tem muito a oferecer.

Fonte: Daniely Viana

Confira outras produções:

66 quilômetros

Estrada que liga litoral piauiense será finalizada em julho, diz Idepi

Depois de inaugurada, de acordo com o Governo do Estado, a estrada vai diminuir em 80 km a distância entre Teresina e Barra Grande,

Publicada em 18 de junho de 2018 - 11:28

Imprimir
Estrada que liga litoral piauiense será finalizada em julho, diz Idepi

Fonte: Com informações Governo do Estado

Última atualização: 18 , junho 2018 - 11:28

Três cidades piauienses, sendo duas localizadas no litoral piauiense, terão uma estrada nova interligando os municípios. A previsão, segundo o diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), Geraldo Magela Barros Aguiar, é que a obra seja finalizada em julho e entregue a população de Cocal, Cajueiro da Praia e Barra Grande.

A estrada, com extensão de 66 quilômetros, estará pavimentada e com sinalização horizontal e vertical, com extensão de 66 quilômetros. Na obra, segundo Geraldo Magela, serão investidos R$ 29 milhões, com recursos do BNDES e também do Tesouro Estadual.

“Ela está com 88% de obras concluídas”, afirma.

Depois de inaugurada, de acordo com o Governo do Estado, a estrada vai diminuir em 80 km a distância entre Teresina e Barra Grande, e vai interligar a Serra da Ibiapaba, no Ceará, ao litoral piauiense.