aos 24 anos

Modelo Nara Almeida morre em decorrência do câncer

Nara lutava há quase 1 ano contra um câncer de estômago

Publicada em 21 de Maio de 2018 - 12:58

Publicado por | Fonte: Daniely Viana

Imprimir
Modelo Nara Almeida morre em decorrência do câncer

Última atualização: 21 , Maio 2018 - 12:58

Fãs, familiares e amigos deram último adeus a jovem modelo e influenciadora digital Nara Almeida. Ela faleceu na madrugada desta segunda-feira (21), aos 24 anos, após lutar por quase 1 ano contra um câncer.

Nara ficou famosa na internet devido a sua força e garra para vencer um câncer de estômago, no qual enfrentava desde 2017. A batalha da jovem mobilizou muitos famosos, como Tatá Werneck e Adriane Galisteu.

Desde a descoberta da doença, ela compartilhava seu dia a dia nos tratamentos, ida aos hospitais e o companheirismo do namorado, Pedro Rocha. Em sua rede social, o jovem expressou seu sentimento nesse momento difícil.

“Infelizmente a Nara faleceu na noite passada, depois de tanta luta minha vontade era tê-la pra sempre, mas ela merecia descansar. Sua morte deixa um vazio enorme no meu coração, mas ela vai viver pra sempre dentro de mim, será sempre minha inspiração, me fazendo enxergar o mundo de uma maneira melhor. Tenho certeza que ela vai continuar transmitindo sua força pra muita gente, porque esse era o objetivo dela. Descanse em paz meu amor”, escreveu. No dia anterior, Pedro havia publicado uma foto em comemoração a 1 ano de namoro do casal.

Nos últimos meses, o estado de saúde de Nara havia piorado e ela estava internada no Hospital Nove de Julho, em São Paulo, onde veio a óbito.

Caso Aretha Claro

Polícia Civil encontra faca usada na morte de cabeleireira

Além da faca, a Polícia Civil ainda encontrou o carro de Paulo Neto que está completamente sujo de sangue.

Publicada em 16 de Maio de 2018 - 18:42

Publicado por | Fonte: Márcia Gabriele

Imprimir
Polícia Civil encontra faca usada na morte de cabeleireira

Última atualização: 16 , Maio 2018 - 18:42

A Polícia Civil do Piauí, em vistoria, encontrou na tarde desta quarta-feira, (16/05), na residência de Paulo Alves dos Santos Neto, ex-marido da cabeleireira Aretha Dantas Claro, a faca com marcas de sangue supostamente usada no assassinato da cabeleireira. A residência fica no Bairro Parque Poti, zona sudeste de Teresina.

Além da faca, a Polícia Civil ainda encontrou o carro de Paulo Neto que está completamente sujo de sangue.

Segundo a delegada Luana Alves, coordenadora do Núcleo de Feminicídio da Polícia Civil do Piauí, Paulo Neto buscava manter contato com a vítima pelo celular mesmo depois do término do casamento deles.

A gente viu no celular dele fotos tiradas após o término. Encontramos uma carta, a faca e o carro sujo de sangue. Tudo leva a crer que ele é o autor do crime”, ressaltou.

O delegado Jarbas Lima, do Departamento de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP) conta que a perícia está fazendo a parte dela e que com todas as provas já encontradas tudo leva a crer que o crime foi elucidado.

Nós estamos diligenciando alguns endereços para ver se conseguimos capturá-lo”, destacou.

O sepultamento da cabeleireira aconteceu na manhã desta quarta (16/05), no cemitério Santa Cruz, no bairro Promorar, na zona Sul de Teresina.

ENTENDA O CASO

Aretha Dantas Claro, 32 anos, foi encontrada morta nessa terça-feira (15/05), na Avenida Maranhão, região Centro/Sul de Teresina, com várias perfurações no corpo, marcas de atropelamento, rosto desfigurado e sem uma parte do couro cabeludo.