SDUs recolhem cerca de 30 toneladas de lixo descartado em local irregular

Publicada em 15 de abril de 2019 - 13:01

Imprimir
SDUs recolhem cerca de 30 toneladas de lixo descartado em local irregular

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:45

Um total de 29.314,81 toneladas de lixo descartado de forma irregular foram coletadas nos dois primeiros meses do ano pelas SDUs (Superintendências de Desenvolvimento Urbano) em Teresina. O trabalho de recolhimento foi intensificado nos meses chuvosos para evitar o entupimento de galerias e bueiros, e manter limpas áreas que são passagem natural das águas.

“O acúmulo do lixo descartado de forma irregular em ruas e avenidas da cidade é um agravante nesse período de chuvas. A limpeza é necessária para evitar alagamentos e o carreamento de resíduos para as residências”, ressalta o superintendente João Eulálio, da SDU Leste.

Só na zona Norte, por exemplo, foram recolhidos nos meses de janeiro e fevereiro deste ano um total de 6.619,22 toneladas de lixo. Na zona Sul, 9.883,69 toneladas de lixo foram coletadas neste mesmo período.

A SDU Sudeste retirou 6.044,37 toneladas de lixo na região. E a zona Leste, nos meses de janeiro e fevereiro a SDU coletou 6.767,53 toneladas de lixo.

“A colaboração da população é fator imperativo para evitar o acúmulo ou descarte irregular de lixo em áreas de proteção ambiental. Ações direcionadas e a conscientização sobre a questão ajudam a manter a cidade mais limpa, e a comunidade pode contribuir realizando o acondicionamento do lixo da maneira correta e evitando despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, explica Marco Antônio Ayres, superintendente de Desenvolvimento e Habitação.

As equipes das SDUs, por meio das Gerências de Serviços de Serviços Urbanos (GSU), promovem ações de limpeza periodicamente, de acordo com as demandas que surgem na comunidade. São responsáveis por limpeza de galerias, retirada de transbordo, capina, manutenção de viveiros, poda de árvores, transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes, entre outros serviços.

A população também pode ajudar com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar ou material sólido pelo aplicativo Colab e pelos telefones dos órgãos:

SDU Centro Norte: (86) 3215-7463
SDU Leste: (86) 3215-7875
SDU Sudeste: (86) 3215-7855
SDU Sul: (86) 3215-7660

 

Da Redação

Prefeitura suspende serviço de coleta de resíduos extradomiciliares

Publicada em 23 de janeiro de 2019 - 16:42

Imprimir
Prefeitura suspende serviço de coleta de resíduos extradomiciliares

Última atualização: 23 , janeiro 2019 - 16:42

O município é responsável pela coleta de resíduos domiciliares e de conservação urbana

Os serviços de coleta, transporte, tratamento e destinação final de resíduos extradomiciliares produzidos em estabelecimentos de Teresina e que não se equiparam a materiais produzidos em âmbito doméstico, não serão mais executados pela Prefeitura de Teresina a partir do dia 1º de março.

De acordo com Vicente Moreira, secretário executivo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), a Prefeitura de Teresina é responsável pela coleta de resíduos domiciliares e de conservação urbana, e daqueles que sejam similares aos produzidos em domicílio e de quantidade menor a 60 Kg.

“Seguindo a lei federal, qualquer outro tipo de resíduo é de responsabilidade do gerador. Construção civil, resíduos de saúde, penas e vísceras, de restaurantes. A Prefeitura, auxiliando a população em melhor gerenciar seus resíduos, permitiu que aqueles resíduos que não tivessem potencial de infecção ou perigo, mesmo não sendo responsabilidade do município, fossem coletados mediante pagamento de taxa, determinada por lei. Isso porque durante muito tempo não existiam empresas privadas que pudessem realizar esse tipo de coleta, então foi uma iniciativa da Prefeitura em prestar esse serviço e garantir uma destinação correta dos resíduos”, pontua Vicente Moreira.

O gestor ainda esclarece que os duzentos estabelecimentos que contavam com este serviço de coleta da Prefeitura foram comunicados com antecedência para que possam ter tempo hábil de contratar os serviços de outras empresas.

“Hoje, Teresina já se encontra em uma realidade mais avançada e conta com a atuação de empresas privadas que exercem os mesmos serviços de coleta dos resíduos que não são domiciliares. Além de já possuirmos empresas que fazem essa coleta de resíduos extradomiciliares em estabelecimentos, que estava sendo executado momentaneamente pela Prefeitura, estava ocorrendo a segregação incorreta de resíduos, por parte de alguns estabelecimentos, comprometendo o sistema de gerenciamento de resíduos do município. Reforçamos que a coleta dos domicílios e condomínios continuará sendo realizada pela Prefeitura normalmente”, completa Vicente Moreira.