Caso Salve Rainha

Moaci Júnior, acusado de matar irmãos em acidente, vai para Casa de Custódia

O acusado teve a prisão preventiva realizada na tarde dessa quinta-feira, (08/11) e ficou alojado na Central de Flagrantes. 

Publicada em 9 de novembro de 2018 - 20:49

Imprimir
Moaci Júnior, acusado de matar irmãos em acidente, vai para Casa de Custódia

Última atualização: 9 , novembro 2018 - 20:50

Moaci Moura da Silva Júnior, acusado de causar a morte em acidente de dois irmãos membros do Salve Rainha, participou nesta sexta-feira, (09/11), da Audiência de Custódia, que durou apenas 10 minutos e resultou em seu encaminhamento para a penitenciária Casa de Custódia.

O acusado teve a prisão preventiva realizada na tarde dessa quinta-feira, (08/11) e ficou alojado na Central de Flagrantes. O mandado foi decretado pelo desembargador Sebastião Ribeiro Martins, da 2ª Câmara Especializada Criminal do Tribunal de Justiça do Piauí.

Segundo Jaqueline Carvalho, advogada de acusação, a prisão preventiva foi pedida após Moaci Júnior descumprir as medidas cautelares impostas pelo juiz, enquanto o acusado respondia o processo em liberdade.

“O juiz avaliou o descumprimento das medidas cautelares, que não foi apenas um. Houve excessos e postagens do Instagram ajudou na avaliação das medidas, que indicava que ele havia saído de Teresina e estava solto por habeas corpus”, esclareceu.

Além dos irmãos membros do Salve Rainha, Bruno Queiroz e Francisco das Chagas Júnior terem falecido em razão do acidente, Moaci Júnior ainda fez outra vítima, o jornalista Jader Damasceno, que ficou com graves ferimentos e hoje apresenta sequelas que ficará para toda a sua vida.

Prisão mantida

Lula tem mais um pedido de Habeas Corpus negado

Este pedido foi feito por um advogado de São Paulo contra a decisão do último domingo, (08/07), dada pelo presidente do TRF-4, Thompson Flores.

Publicada em 10 de julho de 2018 - 18:42

Imprimir
Lula tem mais um pedido de Habeas Corpus negado

Última atualização: 11 , julho 2018 - 10:23

A ministra Laurita Vaz, presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça) negou nesta terça-feira, (10/07) habeas corpus para o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.  Este pedido foi feito por um advogado de São Paulo contra a decisão do último domingo, (08/07), dada pelo presidente do TRF-4, Thompson Flores.

Segundo Laurita Vaz, o julgamento do pedido apresentado pela defesa é de atribuição da corte e não de instâncias inferiores pedidos desse tipo.

A decisão vem após as liminares protagonizada pelos desembargadores do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª região) e pelo juiz Sérgio Moro no último domingo (08).

 

Fonte: Folha de S. Paulo