Timon

Adolescente é encontrada morta com tiro no peito

O corpo foi encontrado por moradores em uma residência que até o momento não se sabe quem é o proprietário.

Publicada em 20 de Maio de 2018 - 13:17

Publicado por | Fonte: Márcia Gabriele

Imprimir
Adolescente é encontrada morta com tiro no peito

Última atualização: 20 , Maio 2018 - 13:17

Uma adolescente, identificada apenas pelas iniciais M.M.S., 13 anos, foi encontrada morta na manhã deste domingo, (20/05), na Rua 100, no Bairro Bela Vista, em Timon (MA), com um tiro no peito. O corpo foi encontrado por moradores em uma residência que até o momento não se sabe quem é o proprietário.

Os moradores da região informaram a polícia civil de Timon, que por volta das 4h da manhã, escutaram barulho de tiros, mas desconhecem o proprietário da residência. A adolescente morava próximo ao local do crime, na Rua 90.

Segundo a mãe da adolescente, Raimunda Maciel, a menor teria saído de casa no sábado, por volta das 23h e desde então não voltou. Em depoimento, ela não soube dizer com quem a filha teria saído e acredita que o suspeito seja um ex-namorado da adolescente.

Para o investigador de Polícia, Geraldo Alves, da Central de Flagrantes de Timon, há grandes indícios de que seja um crime de feminicídio.

“A adolescente tem uma perfuração de bala no peito, próximo ao coração. Ainda não sabemos dizer se ela sofreu abuso sexual. Essas e outras situações serão averiguadas pela perícia cadavérica”, explicou.

A Delegacia de Homicídios de Timon segue na investigação do caso, na tentativa de identificar e localizar o autor do crime.

feminicídio

Suspeito de matar namorada no bairro Santa Fé é preso ao tentar fugir

Samuel pediu refúgio a conhecidos em Nazária, mas foi recusado por uma das proprietárias da residência.

Publicada em 18 de Maio de 2018 - 12:48

Publicado por | Fonte: Daniely Viana

Imprimir
Suspeito de matar namorada no bairro Santa Fé é preso ao tentar fugir

Última atualização: 18 , Maio 2018 - 12:48

Agentes do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRE), da cidade de Nazária (PI), localizaram e prenderam Samuel Lucas Teixeira, principal suspeito de matar a facadas e tiros a namorada Gisleide dos Santos, 36 anos, na tarde desta quinta-feira (17). Eles se conheceram pela internet e namoravam há cerca de 15 dias.

O elemento foi capturado ainda durante a noite, no mesmo dia do crime. Segundo informações da PM, Samuel pediu refúgio a conhecidos em Nazária, mas ao chegar no local, uma das proprietárias recusou ajudar e acionou a polícia.

Ainda de acordo com a PM, ele teria confessado a autoria do crime e o motivo seria ciúmes. Em seguida, foi conduzido à Central de Flagrantes.

O CRIME

Samuel é natural da cidade de Ribeirão Preto (SP) e veio a Teresina (PI) para conhecer pessoalmente a então namorada, com quem estava conversado pelas redes sociais. Eles iniciaram um relacionamento, que terminou com o assassina da mulher.

O corpo da vítima foi encontrado pelo seu filho, que entrou na casa pelo teto, localizada no Conjunto Santa Fé, zona Sul da cidade. Ela sofreu 16 facadas e dois tiros.

Este é o segundo caso de feminicío em dois dias na capital. Na última terça-feira (15), Aretha Dantas Claro, 32 anos, foi brutalmente assassinada pelo ex-namorado, Paulo Alves dos Santos.

Feminicídio

Mulher é morta por namorado que conheceu a 15 dias no Facebook

O principal suspeito é o namorado de Gisleide dos Santos, identificado como Samuel Lucas, que conheceu a 15 dias pelo Facebook.

Publicada em 17 de Maio de 2018 - 22:28

Publicado por | Fonte: Márcia Gabriele

Imprimir
Mulher é morta por namorado que conheceu a 15 dias no Facebook

Última atualização: 17 , Maio 2018 - 22:28

Gisleide Alves dos Santos, 36 anos, foi encontrada morta na tarde desta quinta-feira, (17/05), dentro de sua casa, localizada no Conjunto Santa Fé, zona Sul de Teresina. O principal suspeito é o namorado de Gisleide dos Santos, identificado como Samuel Lucas, que conheceu a 15 dias pelo Facebook.

O corpo da vítima foi encontrado pelo seu filho, que entrou na casa pelo teto e encontrou a mãe morta em cima da cama.

De acordo com o capitão Gerson Santana, da Companhia Independente do Promorar, Gisleide dos Santos morava só e os filhos moravam com a avó.

A informação que temos é que eles se conheceram a 15 dias pelo Facebook. Samuel Lucas é de Ribeirão Preto, São Paulo. Acreditamos que o homicídio tenha acontecido pela manhã”, pontou.

Ainda segundo o capitão Gerson Santana, Samuel Lucas teria saído da residência de Gisleide dos Santos as 9h de mototáxi.

O corpo possui várias perfurações. Mas não sabemos informar se essa foi a real causa da morte. A perícia irá investigar os motivos da morte de Gisleide”, explicou.

O acusado está sendo procurado pela polícia e se comprovada a autoria do homicídio, Samuel Lucas irá responder pelo crime de Feminicídio. 

Em depoimento

Acusado confessa que matou ex-namorada dentro do carro

Ex-namorado ainda diz que estava sob efeito de entorpecente

Publicada em - 9:14

Publicado por | Fonte: Daniely Viana

Imprimir
Acusado confessa que matou ex-namorada dentro do carro

Última atualização: 18 , Maio 2018 - 09:14

Paulo Alves dos Santos Neto, 32 anos, acusado de assassinar a ex-namorada Aretha Dantas, deu mais detalhes de como cometeu o crime. Em depoimento à polícia, ele confessou a autoria, mas diz que agiu em legítima e sob efeito de entorpecente.

De acordo com a delegada Luana Alves, do Núcleo de Feminicídio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Paulo Alves informou que ele e a vítima estavam reatando o relacionamento e poucas horas antes do crime teriam ido para um motel.

Em determinado momento, o casal iniciou uma forte discussão. “Ele alega que estava apenas se defendendo, pois ela teria lhe esfaqueado na perna. Porém, é complicado aceitar uma defesa com mais de dez facadas”, afirma a delegada Além disso, ele nega que tenha atropelado a vítima.

 

A investigação também aponta que o ápice da briga ocorreu dentro do carro. “A moça mostrava sinais de defesa e o cinto de segurança do carro cortado, por isso os a investigação aponta que a violência ocorreu dentro do veículo”, conta o delegado Barreta.

O carro já foi encaminhado ao Instituto de Criminalística e a perícia, através de comprovação científica, poderá confirmar (ou não), as alegações fitas pelo acusado.

Aretha Dantas Claro foi assassinada na última terça-feira (15) com cerca de 20 perfurações no corpo. Ela foi encontrada, já sem vida, na Avenida Maranhão, em Teresina.

 

Caso Aretha Claro

Polícia Civil encontra faca usada na morte de cabeleireira

Além da faca, a Polícia Civil ainda encontrou o carro de Paulo Neto que está completamente sujo de sangue.

Publicada em 16 de Maio de 2018 - 18:42

Publicado por | Fonte: Márcia Gabriele

Imprimir
Polícia Civil encontra faca usada na morte de cabeleireira

Última atualização: 16 , Maio 2018 - 18:42

A Polícia Civil do Piauí, em vistoria, encontrou na tarde desta quarta-feira, (16/05), na residência de Paulo Alves dos Santos Neto, ex-marido da cabeleireira Aretha Dantas Claro, a faca com marcas de sangue supostamente usada no assassinato da cabeleireira. A residência fica no Bairro Parque Poti, zona sudeste de Teresina.

Além da faca, a Polícia Civil ainda encontrou o carro de Paulo Neto que está completamente sujo de sangue.

Segundo a delegada Luana Alves, coordenadora do Núcleo de Feminicídio da Polícia Civil do Piauí, Paulo Neto buscava manter contato com a vítima pelo celular mesmo depois do término do casamento deles.

A gente viu no celular dele fotos tiradas após o término. Encontramos uma carta, a faca e o carro sujo de sangue. Tudo leva a crer que ele é o autor do crime”, ressaltou.

O delegado Jarbas Lima, do Departamento de Homicídios de Proteção à Pessoa (DHPP) conta que a perícia está fazendo a parte dela e que com todas as provas já encontradas tudo leva a crer que o crime foi elucidado.

Nós estamos diligenciando alguns endereços para ver se conseguimos capturá-lo”, destacou.

O sepultamento da cabeleireira aconteceu na manhã desta quarta (16/05), no cemitério Santa Cruz, no bairro Promorar, na zona Sul de Teresina.

ENTENDA O CASO

Aretha Dantas Claro, 32 anos, foi encontrada morta nessa terça-feira (15/05), na Avenida Maranhão, região Centro/Sul de Teresina, com várias perfurações no corpo, marcas de atropelamento, rosto desfigurado e sem uma parte do couro cabeludo.

Violência Contra á Mulher

É revelada identidade de mulher morta na Avenida Maranhão

A vítima é Areta Dantas Claro, 32 anos, que era cabeleireira e residia no Bairro Saci, zona Sul de Teresina.

Publicada em 15 de Maio de 2018 - 16:26

Publicado por | Fonte: Márcia Gabriele

Imprimir
É revelada identidade de mulher morta na Avenida Maranhão

Última atualização: 16 , Maio 2018 - 16:26

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), conseguiu a identificar a mulher encontrada morta nesta terça-feira, (15/05), na Avenida Maranhão, Centro/Sul de Teresina.

A vítima é Areta Dantas Claro, 32 anos, era cabeleireira e residia no Bairro Saci, zona Sul de Teresina. Ela apresenta lesões no corpo causado por atropelamento, cerca de 20 perfurações com arma branca e está sem uma parte do couro cabeludo e rosto desfigurado.

De acordo com o delegado Francisco Barretta, coordenador da Delegacia de Homicídios, a polícia segue a investigação na tentativa de descobrir os últimos passos e o autor do crime.

A polícia trabalha com suspeita de homicídio, mas todos os crimes violentos cometidos contra a mulher têm que ser enviados ao Núcleo de Feminícidio”, pontuou.

A coordenadoria do Núcleo de Feminicídio da Polícia Civil do Piauí, coordenada pela delegada Luana Alves, ajudará nas investigações.