NOVA CHANCE

Locais de provas da reaplicação do Enem já estão disponíveis

Para saber o local de prova é necessário acessar a Página do Participante com o CPF e a senha cadastrados no ato da inscrição.

Publicada em 5 de dezembro de 2018 - 16:50

Imprimir
Locais de provas da reaplicação do Enem já estão disponíveis

Última atualização: 5 , dezembro 2018 - 16:53

Os 2,7 mil inscritos que participarão da reaplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem acessar o cartão de confirmação, que contém o local de prova, a partir de hoje (5). As provas serão aplicadas nos dias 11 e 12 de dezembro, em 16 municípios, para os estudantes que tiveram o Enem cancelado devido a intercorrências logísticas como falta de luz e outros imprevistos.

Para saber o local de prova é necessário acessar a Página do Participante com o CPF e a senha cadastrados no ato da inscrição. Aqueles que não se recordam da senha podem redefini-la. O passo a passo encontra-se dentro do sistema de inscrição, na opção “Orientações para Recuperação de Senha”.

Também nos dias 11 e 12 de dezembro, será aplicado o Exame Nacional do Ensino Médio a Pessoas Privadas de Liberdade e Jovens sob Medida Socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL). Este ano, o Enem PPL teve 41.044 inscrições e será aplicado em 1.436 unidades em todos os estados brasileiros.

O Enem regular foi aplicado nos dias 4 e 11 de novembro em 1,7 mil municípios. Mais de 4 milhões de estudantes participaram do exame. As notas do Enem podem ser usadas para concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas de estudo em instituições privadas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e a vagas no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

EXAME

Para ver Enem, tem que mudar segurança das provas, diz Rossieli

Bolsonaro disse que quer ter acesso ao exame antes da aplicação

Publicada em 27 de novembro de 2018 - 17:43

Imprimir
Para ver Enem, tem que mudar segurança das provas, diz Rossieli

Última atualização: 27 , novembro 2018 - 17:43

O ministro da Educação, Rossieli Soares, disse hoje (27) que procedimentos de segurança do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) terão que ser revistos caso o presidente eleito Jair Bolsonaro queira ter acesso ao exame antes dele ser aplicado. “Se o presidente eleito vai ou não vai ver a prova, caberá a eles, a partir de 1º de  janeiro, entender qual o modelo de gestão [que adotarão]”.

“Nós entendemos, inclusive por questão segurança das próprias autoridades, que cabe às equipes do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) fazerem a gestão da prova. Na nossa gestão, eu não olhei, e pelo que sei, outros ministros também não olharam. Falo de ministros, não falo nem de presidentes, que também não olharam a prova”, enfatizou Soares.

O ministro explicou que a prova, após elaborada, fica em uma sala-cofre e só deixa o local para ser levada para a gráfica, escoltada por policiais federais. “Existe um processo, um procedimento, que precisará ser revisto para que isso [Bolsonaro veja o exame] aconteça, mas caberá a eles a partir de 1º de janeiro”.

Após a aplicação do Enem 2018, Bolsonaro fez críticas ao exame. Ele disse que, ao assumir o governo, não permitirá a inclusão de determinadas questões no exame nacional.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o ministro indicado para a pasta da Educação de Bolsonaro, Ricardo Vélez-Rodríguez, disse ontem (26) que não impedirá o presidente eleito de atestar a qualidade das provas, pois, segundo ele, é bom que o presidente se interesse pelo exame.

Enem

Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis

Publicada em 6 de novembro de 2018 - 12:13

Imprimir
Bolsonaro critica Enem e diz que prova deve cobrar conhecimentos úteis

Última atualização: 6 , novembro 2018 - 12:13

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, criticou ontem (5) o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e considerou a prova realizada ontem (4) como um “vexame” e uma “doutrinação exacerbada”. Em entrevista ao jornalista José Luiz Datena, na TV Band, Bolsonaro afirmou que a questão ideológica é grave no país que precisa ser enfrentada.

“Tão mais grave que a corrupção é a questão ideológica no Brasil, que está muito arraigada por parte de alguns aqui em nossa pátria e você tem que lutar contra isso. Até a própria prova do Enem, é um vexame você ver o que é uma prova do Enem, o que mede conhecimento, por exemplo, essa primeira parte realizada no domingo passado, ou seja, uma doutrinação exacerbada”, declarou Bolsonaro.

O presidente disse ainda que o Enem deveria cobrar “conhecimentos úteis” para a sociedade em vez de tratar de assuntos que possam influenciar os jovens futuramente. “Uma questão de prova que entra na dialética, na linguagem secreta de gays e travestis não tem nada a ver, não mede conhecimento nenhum. A não ser obrigar para que no futuro a garotada se interesse por esse assunto”, afirmou.

Mais cedo, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), também criticou o Exame. Em sua conta no Twitter, o filho do presidente eleito compartilhou um comentário pejorativo sobre uma das questões em que havia um texto sobre “o dialeto secreto” usado por gays e travestis. “Aviso que não é requisito para ser ministro da educação saber sobre dicionário dos travestis ou feminismo”, escreveu Eduardo Bolsonaro.

A pergunta, no entanto, não cobrava dos estudantes o conhecimento sobre o vocabulário dos gays e travestis, mas trazia um texto de apoio sobre o tema e questionava quais as características técnicas para que uma linguagem seja considerada um dialeto.

O deputado ainda recomendou aos estudantes que eles estudem o que os deixarão aptos para a vida. “Prezados estudantes, quando vocês forem ser entrevistados para um emprego ou estiverem abrindo um empreendimento aviso: sexualidade, feminismo, linguagem travesti, machismo e etc terão pouca ou nenhuma importância. Portanto, estude também o que lhe deixará apto para a vida”, escreveu Eduardo Bolsonaro.

O deputado também compartilhou um post que chama o Enem de “bizarro” e defende a aprovação do projeto que quer instituir a chamada Escola sem Partido.

incidentes

Falta de energia, grávida com mal súbito e candidato alcoolizado são registrados no 1ª dia do Enem no Piauí

Somente no Piauí, cerca de 119 mil candidatos estavam inscritos nesta edição, de um total de 35 cidades.

Publicada em 5 de novembro de 2018 - 11:36

Imprimir
Falta de energia, grávida com mal súbito e candidato alcoolizado são registrados no 1ª dia do Enem no Piauí

Última atualização: 5 , novembro 2018 - 11:40

O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi finalizado no início da noite do domingo (04/11), em todo o país. No Piauí, a Secretaria de Segurança Pública registrou alguns incidentes nos municípios.

Em José de Freitas, os candidatos sofreram com a falta de energia em toda a região, afetando cinco escolas onde estavam acontecendo o exame. A Cepisa foi acionada e os técnicos conseguiram regularizar o fornecimento de energia na cidade. Devido ao problema, a prova precisou ser suspensa por 40 minutos, de acordo com procedimento previsto pelo Inep, e, após o retorno da energia, os candidatos tiveram 40 minutos a mais para responder as provas.

Em outro município piauiense, na cidade de Valença, um candidato foi deslocado para uma sala extra devido à suspeita de ingestão de bebida alcoólica. Já em Teresina, uma grávida teve mal súbito durante a realização da prova e foi encaminhada para atendimento médico. Segundo a SSP, a mulher, que não teve o nome divulgado, passa bem.

Ainda de acordo com o órgão, não foram registrados nenhuma ocorrência policial no estado durante o primeiro dia de Enem.

Somente no Piauí, cerca de 119 mil candidatos estavam inscritos nesta edição, de um total de 35 cidades. No próximo domingo (11/11), acontece o segundo dia de provas referente às provas de Ciências da Natureza (45 questões de biologia, química e física) e Matemática (45 questões).

FISCALIZAÇÃO NOS LOCAIS DE PROVA

A ‘Operação Enem 2018’ contou com 512 agentes de segurança pública em todo o estado. As equipes realizaram trabalho de fiscalização e rondas ostensivas nos locais das provas e em áreas próximas dos colégios e faculdades.

11 milhões

Correios inicia entrega das provas do Enem 2018

O material é escoltado pelas forças estaduais.

Publicada em 4 de outubro de 2018 - 12:23

Imprimir
Correios inicia entrega das provas do Enem 2018

Última atualização: 4 , outubro 2018 - 12:23

Com forte esquema de segurança, os Correios já começaram a encaminhar aproximadamente 11 milhões de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, previsto para acontecer nos dias 4 e 11 de novembro. O material é escoltado pelas forças estaduais.

Na quinta-feira (27), iniciou-se o encaminhamento dos mais de 60 mil malotes de provas, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), realizador do Exame.

Os Correios possuem papel fundamental na logística do Enem, como responsáveis pela retirada do material da gráfica até a entrega nos locais de aplicação. A empresa também faz a logística reversa para a correção das provas. Durante esse trajeto, o Exército fica responsável pela guarda temporária dos malotes em seus batalhões, garantindo o sigilo de informação.

A operação Enem 2017 distribuiu 13 milhões de provas em 1.725 municípios brasileiros, o que representa 326 mil km percorridos. Este ano, mais de 5,5 milhões de inscrições estão confirmadas no Exame e os Correios serão os responsáveis pela logística de distribuição novamente.

Redação Piauí Agora

18 de novembro

Horário de verão tem início adiado por conta do Enem

A confirmação é do Governo Federal, que atendeu o pedido do Ministério da Educação (MEC).

Publicada em - 11:59

Imprimir
Horário de verão tem início adiado por conta do Enem

Última atualização: 4 , outubro 2018 - 12:05

O início do horário de verão é novamente adiado, dessa vez, por conta da realização do Enem. Neste ano, os relógios serão adiantados em uma hora a partir do dia 18 de novembro. A confirmação é do Governo Federal, que atendeu o pedido do Ministério da Educação (MEC).

A solicitação do órgão levou em conta a data das provas do exame, marcadas para os dias 04 e 11 de novembro (dois domingos), o que poderia gerar confusão para quem fosse fazer a prova, ou seja, mais de 5 milhões de estudantes.

A data final para o horário de verão foi mantida para o terceiro domingo de fevereiro de 2019.

SEGUNDA MUDANÇA DE DATA

Está é a segunda mudança de data em menos de uma semana. A primeira aconteceu devido ao segundo turno das eleições, quando o horário de verão iria começar no dia 4 de novembro.

Seleção

Sisu inicia inscrições nesta terça (12)

A chamada regular está prevista para ser divulgada na segunda-feira, (18/06).

Publicada em 11 de junho de 2018 - 23:11

Imprimir
Sisu inicia inscrições nesta terça (12)

Fonte: Márcia Gabriele

Última atualização: 11 , junho 2018 - 23:11

O Sistema de Seleção Unificada, 2º Processo Seletivo de 2018, inicia as inscrições nesta terça-feira, (12/06), e seguem até sexta-feira, (15/06). A chamada regular está prevista para ser divulgada na segunda-feira, (18/06).

As vagas para instituições públicas no Piauí estão sendo oferecidas nas instituições: Universidade Federal do Piauí, Universidade Estadual do Piauí e Instituto Federal do Piauí.

Para os candidatos aprovados na chamada regular, acontecerá entre os dias 22 a 28 de junho, de acordo com os dias e horários estipulados no edital de cada instituição.

As vagas são para os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem/2017), e obtiveram nota na redação diferente de zero. Basta informar o número de inscrição do Enem 2017 e a senha.

LISTA DE ESPERA

Os candidatos que não conseguiram estar na lista regular, precisa ficar atento aos prazos da lista de espera. Para mostrar indicar na lista de espera o candidato deverá informar entre os dias 22 a 27 de junho. Já convocação dos candidatos desta lista acontecerá entre os dias 03 de julho a 21 de agosto deste ano.

VAGAS NAS INSTITUIÇÕES POR CURSO

Picos – Campus Senador Helvídio Nunes De Barros

Administração (50), Ciências Biológicas (50), Enfermagem (50), História (50), Matemática (50), Medicina (30), Nutrição (50) e Sistema de Informação (50).

Teresina – Unidade Sede – Campus Ministro Petrônio Portella 

Administração (50), Arquitetura e Urbanismo (30), Ciência da Computação (36), Ciências Biológicas (40), Ciências Contábeis (50), Ciências da Natureza (60), Ciências Econômicas (40), Comunicação Social (40), Educação Física (46), Enfermagem (40), Engenharia Agronômica (40), Engenharia Cartográfica e de Agrimensura (30), Engenharia Civil (40), Engenharia de Materiais (40), Engenharia de Produção (40), Engenharia Elétrica (40), Engenharia Mecânica (40), Farmácia (30), Física (50), Geografia (50), Letras – Língua Portuguesa (50), Matemática (50), Medicina (40), Medicina Veterinária (40); Moda, Design e Estilismo (40), Nutrição (40), Odontologia (36), Pedagogia (120), Química (40).

Floriano – Campus Amilcar Ferreira Sobral

Administração (50), Ciências Biológicas (40), Enfermagem (30) e Pedagogia (40).

Parnaíba – Campus Parnaíba

Biomedicina (50), Ciências Biológicas (50), Ciências Contábeis (50), Engenharia de Pesca (50), Fisioterapia (50), Matemática (50), Medicina (40), Psicologia (50) e Turismo (50).

Bom Jesus – Campus Professora Cinobelina Elvas

Ciências Biológicas (50), Engenharia Agronômica (50), Engenharia Florestal (50), Medicina Veterinária (50) e Zootecnia (50).

UESPI

Teresina – Campus Pirajá

Engenharia Agronômica (35) e Zootecnia (35).

IFPI

Campo Maior – Campus Campo Maior Do Instituto Federal Do Piauí

Administração (40) e Matemática (40).

Valença do Piauí – Campus Valença Do Piauí Do Instituto Federal Do Piauí

Ciências Biológicas (40).

 

70 VAGAS

Sisu: Uespi abre vagas para Engenharia Agronômica e Zootecnia

Ao todo, estão sendo disponibilizadas 50 vagas para ingresso no segundo semestre de 2018.

Publicada em 6 de junho de 2018 - 10:53

Imprimir
Sisu: Uespi abre vagas para Engenharia Agronômica e Zootecnia

Fonte: Com informações Uespi

Última atualização: 6 , junho 2018 - 10:56

Os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 2017, podem tentar uma vaga nos cursos de Engenharia Agronômica e Zootecnia ofertados pela Universidade Estadual do Piauí (Uespi). Ao todo, estão sendo disponibilizadas 70 vagas para ingresso no segundo semestre de 2018.

Para Engenharia Agronômica, a instituição oferta 25 vagas (ampla concorrência) e 10 para cotas. A mesma quantidade de vagas está sendo ofertada para o curso de Zootecnia.

O cronograma de inscrição, seleção, matrícula dos candidatos da chamada regular (chamada única) e lista de espera será divulgado em Edital da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação (SESu), a ser publicado no Diário Oficial da União, bem como no Calendário Acadêmico da Instituição.

EDITAL 

VAGAS

TERMO DE COMPROMISSO

AUTODECLARAÇÃO

 

dados do MEC

Cai o número de inscrições confirmadas no Enem

A diferença chega a 1.217.541 de pessoas a menos com inscrições confirmadas em relação ao ano passado

Publicada em 29 de maio de 2018 - 12:46

Imprimir
Cai o número de inscrições confirmadas no Enem

Fonte: Daniely Viana

Última atualização: 29 , maio 2018 - 12:46

O Ministério da Educação (MEC), confirmou o balanço de inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. Ao todo, 5.513.662 pessoas tiveram suas inscrições confirmadas, número bem abaixo do que em 2017, quando 6.731.203 tiveram a inscrição confirmada.

A diferença chega a 1.217.541 de pessoas a menos com inscrições confirmadas em relação ao ano passado. A justificativa, segundo o MEC, é devido a falta do pagamento da taxa de inscrição, pois neste ano, 6.774.891 fizeram a inscrição, mas 18,7% não pagaram a taxa.

As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro. Os resultados serão divulgados em janeiro de 2019.

 

VALOR DE R$82

Taxa do Enem deve ser paga até hoje (23)

Pagamento deve ser feito por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU)

Publicada em 23 de maio de 2018 - 12:44

Imprimir
Taxa do Enem deve ser paga até hoje (23)

Fonte: Com informações Agência Brasil

Última atualização: 23 , maio 2018 - 12:44

Os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) têm até hoje (23/05) para pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 82. O pagamento deve ser feito por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU) as instituições financeiras em todo país.

O candidato tem vários opções para poder pagar a guia, como, em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios.

A inscrição só será confirmada após o processamento do pagamento, por isso, é responsabilidade exclusiva do participante acompanhar a situação de sua inscrição no endereço http://enem.inep.gov.br/participante.

As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos, nos dias 4 e 11 de novembro.