Zona Sul

Operação Copa Saci apreende moto roubada na zona Sul

Uma denúncia anônima de moradores ajudou na apreensão do veículo.

Publicada em 18 de junho de 2018 - 19:17

Imprimir
Operação Copa Saci apreende moto roubada na zona Sul

Fonte: Márcia Gabriele

Última atualização: 18 , junho 2018 - 19:17

O Centro Integrado de Segurança Pública, por meio da Operação Copa Saci, apreendeu na tarde desta segunda-feira, (18/06), na região do Bairro Saci, zona Sul de Teresina, uma motocicleta roubada. Uma denúncia anônima de moradores ajudou na apreensão do veículo.

Segundo a Polícia Civil, ao perceber a abordagem da equipe policial, o elemento acabou fugindo.

A Operação Copa Saci continuará a funcionar em regime de plantão e conta com a atuação de policiais militares para combater a criminalidade.

Maternidade

Teresa Britto denuncia situação precária na Evangelina Rosa

A parlamentar prometeu acionar o Ministério Público do Piauí a fim de propor a formação de uma comissão para fiscalizar a situação na Maternidade.

Publicada em 13 de junho de 2018 - 17:01

Imprimir
Teresa Britto denuncia situação precária na Evangelina Rosa

Fonte: Márcia Gabriele

Última atualização: 13 , junho 2018 - 17:01

A vereadora Teresa Britto (PV), na tribuna da Câmara Municipal de Teresina, denunciou nesta quarta-feira, (13/06), situação precária na Maternidade Evangelina Rosa, como falta de alimentos, medicamentos e atraso salarial dos terceirizados da instituição.

Segundo Teresa Britto, na última sexta-feira, (08/06), algumas pessoas entraram em contato com ela para denunciar a situação.

A dispensa está vazia e quem estava limpando a Maternidade eram os técnicos de Enfermagem, pois os servidores terceirizados não foram trabalhar por falta de pagamento que já se estende há pelo menos quatro meses. É um absurdo”, lamenta.

A parlamentar prometeu acionar o Ministério Público do Piauí a fim de propor a formação de uma comissão na Câmara de Teresina para fiscalizar a situação na Maternidade Evangelina Rosa.

Acompanhamos regularmente a situação dos centros de saúde, tanto do município quanto do Estado, mas, em relação à Maternidade Evangelina Rosa, precisamos agir emergencialmente, pois materiais básicos e essenciais para o seu funcionamento estão em falta e isso é inadmissível”, finalizou.

Fiscalização

4 postos já foram autuados por abuso no preço da gasolina em Teresina

O Procon tem feito um levantamento dos preços da gasolina em Teresina e considera valores acima de R$4,70 abusivos e deve ser denunciado.

Publicada em 29 de maio de 2018 - 18:38

Imprimir
4 postos já foram autuados por abuso no preço da gasolina em Teresina

Fonte: Márcia Gabriele

Última atualização: 30 , maio 2018 - 18:38

Com a greve dos caminhoneiros, muitos empresários têm se aproveitado para aumentar o preço, de maneira abusiva, dos produtos para o consumidor. Dentre os produtos mais afetados por essa alta está à gasolina, o gás de cozinha e produtos alimentícios.

Para punir essas empresas, o Procon Piauí iniciou nessa segunda-feira, (28/05), a fiscalização aos postos de combustíveis e as revendedoras de botijão de gás e até o momento já autuou quatro postos.

Segundo Arimateia Marques, fiscal do Procon, os proprietários de combustíveis não estão aplicando o preço que está sendo cobrado nas bombas de gasolina nas placas informativas das vendas de combustíveis.

“Está medida de fiscalização é para prevenir e repreender aqueles proprietários de postos de gasolina que não cometam preços abusivos aos consumidores. Estamos fazendo um levantamento sobre o preço médio da gasolina na capital e punindo aqueles que estão com presos exorbitantes”, explicou.

 

CONSUMIDOR PODE DENUNCIAR

O Procon tem feito um levantamento dos preços da gasolina em Teresina e considera valores acima de R$4,70 abusivos e deve ser denunciado.

Arimateia Marques chama atenção da população que quando for surpreendido com preços cobrados acima da média, que o caso seja denunciado, imediatamente ao Procon.

“Neste momento, pedimos o apoio da população para que nos ajude denunciando aqueles postos combustíveis que estão cobrando pelo combustível valores bem acima da média. A denuncia pode ser feita registrando fotografias e indo a sede do Procon ou mesmo ligando para nosso setor de fiscalização”, esclarece.

Para o consumidor que tem conhecimento de casos abusos em postos de combustíveis e pretende formalizar a denuncia, deve entrar em contato com o setor de fiscalização do Procon, pelo número: (86) 3216-4550.