Eleições 2018

Manuela D’Ávila tem candidatura retirada da disputa à presidência

O motivo da retirada da candidatura é por conta da coligação com o PT, que tem na chapa o Lula, como candidato à presidência, e o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, como vice. 

Publicada em 6 de agosto de 2018 - 13:49

Imprimir
Manuela D’Ávila tem candidatura retirada da disputa à presidência

Última atualização: 6 , agosto 2018 - 13:49

O Partido Comunista do Brasil (PCdoB) decidiu no final da noite desse domingo, (05/08), retirar a candidatura da deputada federal Manuela D’Ávila da disputa à presidência da República.

O motivo da retirada da candidatura é por conta da coligação com o PT, que tem na chapa o Lula, como candidato à presidência, e o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, como vice.

De acordo com informações divulgadas no site de Lula, Haddad passa a ser o porta-voz de Lula, até o trâmite final da homologação da candidatura de Lula na Justiça Eleitoral. De forma, a deputada Manuela D’Ávila assumirá a posição de vice na chapa.

A estratégia do Partido dos Trabalhadores (PT) é levar a candidatura de Lula para que a Justiça Eleitoral possa decidir, tendo como base a Lei da Ficha Limpa, já que Lula está preso desde abril deste ano e foi condenado em segunda instância no caso do tríplex do Guarujá.