Estado de saúde estável

Cesarino Oliveira faz cirurgia de emergência e está na UTI

Até o momento não se sabe o motivo da cirurgia.

Publicada em 31 de outubro de 2018 - 12:22

Imprimir
Cesarino Oliveira faz cirurgia de emergência e está na UTI

Última atualização: 31 , outubro 2018 - 12:22

Cesarino Oliveira, presidente da Federação Piauiense de Futebol (FEP), na madrugada desta terça-feira, (30/10), foi submetido a uma cirurgia de emergência no Hospital São Marcos e segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Até o momento não se sabe o motivo da cirurgia.

O site da FEP divulgou na tarde dessa terça-feira, (30/10), um boletim médico onde diz que o estado de saúde de Cesarino é estável, apesar de continuar na UTI.

Em nota, a FEP destaca que a razão da situação é delicada e que pegou a todos de surpresa e que a família prefere ainda não conceder entrevistas.

LEIA A NOTA NA ÍNTEGRA:

“Entendemos que todos estão apreensivos em busca de novas informações. Mas, em razão da situação delicada e que pegou todos de surpresa, destacamos que, no momento, os familiares e os amigos da FFP optam por não concederem entrevista sobre o ocorrido. Certos de que contaremos com a compreensão de todos, pedimos que torçam pela rápida recuperação de Cesarino Oliveira e que evitem o compartilhamento de informações falsas a respeito do seu quadro de saúde”, diz a nota.

 

Campeonato Piauiense

Sem laudos dos estádios, Série B do Piauiense é cancelada

O principal motivo foi a não apresentação dos laudos dos estádios que sediariam os jogos da Segundona.

Publicada em 9 de julho de 2018 - 18:29

Imprimir
Sem laudos dos estádios, Série B do Piauiense é cancelada

Última atualização: 9 , julho 2018 - 18:29

A Série B do Campeonato Piauiense de 2018 está cancelada. Federação de Futebol do Piauí e representantes de quatro dos seis clubes inscritos para participar da competição estiveram reunidos na tarde de hoje (9) na sede da entidade e decidiram pela não realização do torneio. O principal motivo foi a não apresentação dos laudos dos estádios que sediariam os jogos da Segundona.

No primeiro arbitral da competição, realizado no último dia 21 de maio, ficou estabelecido que os clubes teriam até o dia 3 de julho para a apresentação dos documentos  dos estádios onde mandariam os seus jogos. Na semana passada, representantes de Caiçara, Comercial, Ferroviário e Timon compareceram à FFP, mas não trouxeram os laudos dos estádios, o que fez com que a entidade desse um novo prazo para a entrega dos documentos.

Na tarde de hoje, os quatro clubes estiveram reunidos com o presidente da FFP, Cesarino Oliveira, porém nenhuma das equipes apresentou a documentação que, de acordo com o Estatuto do Torcedor, deve ser apresentada para que as praças possam receber jogos. Com isso, a FFP teve de cancelar a Série B de 2018.

“Na semana passada os clubes pediram um prazo até sexta (6). Nós demos até segunda, que é hoje, dia 9, e novamente não apresentaram. Isso é da lei, não é uma exigência unilateral da federação e temos que obedecer. Quem está como administrador tem por obrigação conhecer a lei que regulamenta esta situação. Não é uma lei da federação, nem da CBF, nem da FIFA e sim do governo brasileiro”, disse Cesarino.

Cori-Sabbá e Picos, os outros dois clubes inscritos na Série B do Piauiense, não compareceram aos dois últimos encontros.

A segunda divisão do estadual estava prevista para começar no dia 18 de agosto e seria disputada em turno único, com as seis equipes jogando entre si, avançando as quatro melhores para as semifinais. O campeão e o vice estariam automaticamente credenciados a disputar a Série A do estadual em 2019.

 

Fonte: Redação Piauí Agora