OBRA

Zona Norte de Teresina vai ganhar novo cemitério

Zona Norte de Teresina vai ganhar novo cemitério

Publicada em 1 de fevereiro de 2019 - 15:52

Imprimir
Zona Norte de Teresina vai ganhar novo cemitério

Última atualização: 1 , fevereiro 2019 - 15:52

A Prefeitura de Teresina está iniciando a construção de um novo cemitério, que vai ficar localizado no Residencial Jacinta Andrade, para atender toda a região da Santa Maria da Codipi e áreas próximas. Atualmente, a cidade possui 13 cemitérios públicos, sendo cinco na zona Norte, mas todos sem capacidade para mais sepultamentos.

O espaço do novo cemitério já foi murado e limpo para o início das obras. No local serão construídas uma área administrativa, capela, estacionamento, praça e área para as covas. O terreno possui cerca de 9 hectares, mas a construção tomará primeiramente apenas 3. A primeira parte da obra está orçada em R$930 mil, com recursos próprios do município.

Com capacidade, a princípio, para 1.500 covas, a obra está sendo executada pela Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Centro Norte e tem por objetivo oferecer mais uma área para que os teresinenses possam enterrar seus entes queridos. O prazo de execução é de 180 dias. “A obra é necessária tendo em vista que os outros cemitérios já estão cheios, com vagas apenas para a perpetuidade”, afirma Weldon Bandeira, superintendente da SDU.

Manoel da Silva, morador da região, afirma que a obra é de grande necessidade para a região. “O cemitério do Santa Maria já está lotado, então o que está sendo construído vai ser de grande benefício para esta região, tendo em vista que ele possui quase 10 hectares, ou seja, maior que o do Buenos Aires”, destaca.

A região Norte já conta hoje com os cemitérios do Poti Velho, o São João Batista, o São José, mais antigo da capital, Santo Antônio, no bairro Buenos Aires, com maior extensão da região, e o da Santa Maria da Codipi. Em datas especiais, como Finados, Dia das Mães ou dos Pais, os locais recebem serviços de capina, varrição e recolhimento de lixo.

No ano passado, os cemitérios da zona norte também receberam melhorias em suas instalações. A SDU fez adequações nos vestiários e banheiros femininos e masculinos, as manilhas para armazenamento de água foram substituídas por caixas d’águas com tampas e torneiras. Também foram feitas reformas nas salas das administrações dos cemitérios.

zona norte

Equipes iniciam limpeza nos cemitérios para Dia dos Finados

Os cemitérios da zona norte costumam receber cerca de 30 mil pessoas no feriado de Finados. 

Publicada em 10 de outubro de 2018 - 13:07

Imprimir
Equipes iniciam limpeza nos cemitérios para Dia dos Finados

Última atualização: 10 , outubro 2018 - 13:07

Com a proximidade do Dia de Finados, 2 de novembro, as equipes de limpeza da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro/Norte (SDU Centro/Norte) já iniciaram os trabalhos nos cemitérios da região. O primeiro a ser contemplado com os serviços foi o do Poti Velho.

Depois dele também receberão limpeza os cemitérios São João Batista, o São José, mais antigo da capital, Santo Antônio, no bairro Buenos Aires, com maior extensão da região, e por fim o da Santa Maria da Codipi. Os serviços compreendem roço, capina, varrição e recolhimento de entulhos e lixo.

Os cemitérios da zona norte costumam receber cerca de 30 mil pessoas no feriado de Finados.

Além desta data, é feito um cronograma específico de limpeza para Dia dos Pais e Dia das Mães, tendo em vista também o grande público que esses locais recebem.

Com informações PMT

Foi arrastada para um cemitério

Mulher é espancada e estuprada em túmulo em São José do Piauí

A vítima, após o depoimento, foi para o hospital para os devidos atendimentos médicos.

Publicada em 25 de junho de 2018 - 14:09

Imprimir
Mulher é espancada e estuprada em túmulo em São José do Piauí

Última atualização: 25 , junho 2018 - 17:58

Uma mulher de 38 anos, identificada apenas pelas iniciais M.A.P.B., foi vítima de estupro nesse sábado, (23/06), na cidade de São José do Piauí. O agressor, que está preso, foi identificado como Antônio da Silva Sousa, 23 anos, que agrediu a vítima e ainda a arrastou para um cemitério que fica próximo do local em que ela foi abordada e cometeu o crime em cima de um túmulo.

A vítima, em depoimento, disse que teria saído para procurar o marido que havia saído de casa e passou próximo ao cemitério. Ela contou ainda que foi agredida, chegando a ficar inconsciente e quando acordou, o elemento estava em cima dela, abusando sexualmente dela.

O delegado Miguel Carneiro, da Central de Flagrantes de Picos, conta que apesar do agressor ter negado que fez uso de violência contra a vítima e que houve uma relação sexual, as marcas das agressões são visíveis. “Ela relatou que ele até colocou terra na boca dela, por ela se recursar a fazer sexo oral nele”, pontuou.

A vítima, após o depoimento, foi para o hospital para os devidos atendimentos médicos. Antônio da Silva Sousa foi encaminhada para a Central de Flagrantes de Picos.