estavam em um bar

Namorada tenta esconder arma de acusado de roubo

A companheira do acusado jogou a arma de fogo em um matagal.

Publicada em 12 de julho de 2018 - 10:38

Imprimir
Namorada tenta esconder arma de acusado de roubo

Última atualização: 12 , julho 2018 - 10:40

Policiais militares prenderam em flagrante no início da madrugada desta quarta-feira (11), em um bar no bairro Recanto das Palmeiras, zona Sudeste de Teresina, um casal por porte ilegal de arma de fogo. De acordo com a Polícia Militar, o homem, identificado como Ronielson Rodrigues Dos Santos, teve ajuda da companheira numa tentativa de esconder o objeto.

A equipe do Rone estava realizando patrulhamento por volta das 23h na BR-343, quando visualizou indivíduos em atitude suspeita no “Bar do Bitonio”, onde foi feita a abordagem.

Em determinado momento, os policiais perceberam que a companheira de Ronielson, identificada como Ruthielly, jogou a arma de fogo em um matagal. A pistola com duas munições foi localizada em seguida.

O sujeito já foi preso acusado de assalto no bairro Morada Nova, zona Leste de Teresina e, segundo a polícia, foi um dos que roubou um capitão da PM natural do estado do Maranhão.

Ambos foram conduzidos à Central de Flagrantes para procedimentos.

Bairro Piçarra

Portador de deficiência mental ateia fogo no irmão e na cunhada no Bairro Piçarra

As vítimas foram identificadas como: Carla Pereira de Abreu, 25 anos e Luis Pereira Gonzaga, 54 anos. Ele foi o mais atingido, teve 80% do corpo queimado e esta na UTI do HUT em estado gravíssimo

Publicada em 30 de junho de 2018 - 11:28

Imprimir
Portador de deficiência mental ateia fogo no irmão e na cunhada no Bairro Piçarra

Última atualização: 30 , junho 2018 - 12:09

Um homem, portador de deficiência mental, identificado como Fernando Pereira, ateou fogo no seu irmão e na cunhada dentro de casa neste sábado, (30/06), na Rua São Raimundo, no Bairro Piçarra, zona Sul de Teresina. As vítimas foram identificadas como: Carla Pereira de Abreu, 25 anos e Luis Pereira Gonzaga, 54 anos.

As informações de um outro irmão da vítima, identificado como Arimatéia Pereira, Fernando teria jogado querose no casal, ateou fogo e em seguida trancou a porta do quarto com um cadeado. As chamas foram percebidas pela mãe, que inclusive, sofre de Alzheimer. Fernando fugiu de casa em um mototáxi com uma mochila.

Segundo a assessoria do Hospital de Urgência de Teresina, Luiz Pereira Gonzaga está em estado gravíssimo internado na UTI do hospital, teve 80% do corpo queimado, com queimaduras de primeiro e segundo grau.

Já Carla Pereira de Abreu teve 50% do corpo queimado, com queimaduras de primeiro e segundo grau. Ela está consciente e sofreu maiores lesões no tórax, perna e braço.

De acordo com o tenente Carlos Nascimento, do Corpo de Bombeiros, sem acesso ao quarto, a equipe do Corpo de Bombeiros conseguiu apagar o fogo pela janela, que é voltada para frente da casa.

O casal foi encaminhado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e seguem internados.