Final de Semana

Guarda Municipal apreende dois veículos roubados

A primeira recuperação aconteceu na Avenida Maranhão, próximo a Ponte Metálica e a segunda, foi no Bairro Dirceu. 

Publicada em 29 de outubro de 2018 - 14:45

Imprimir
Guarda Municipal apreende dois veículos roubados

Última atualização: 29 , outubro 2018 - 14:45

A Guarda Civil Municipal de Teresina apreendeu neste final de semana dois veículos roubados. A primeira recuperação aconteceu na Avenida Maranhão, próximo a Ponte Metálica e a segunda, foi no Bairro Dirceu.

Uma das ocorrências, a Guarda Municipal encontrou um carro abandonado na Avenida Maranhão e procura o proprietário. Já a segunda, uma motocicleta foi roubada no Bairro Dirceu por dois homens que portavam uma arma de fogo, no entanto, o veículo foi recuperado por conta do rastreador.

Segundo Samuel Silveira, secretário da Semcaspi, o trabalho da Guarda Municipal de Teresina tem se destacado pelos resultados que tem alcançado no combate à criminalidade na capital.

“Cada vez mais necessário e, portanto, importante no combate à criminalidade na capital. Apesar de estar em pontos fixos da cidade, a Guarda tem se notabilizado também pela recuperação de veículos furtados ou roubados em diversos locais de Teresina”, pontua.

A Guarda Civil Municipal de Teresina atua, primordialmente, na proteção ao patrimônio público e assistência à comunidade. Para contato com o órgão, a população pode ligar, gratuitamente, para o número 153.

Manifestação

Lavadores de carro protestam por falta de iluminação na Avenida Maranhão

Os trabalhadores reclamam que a falta de iluminação pública na região aconteceu após um acidente ocorrido na última terça-feira, (11/09), que derrubou um poste de iluminação.

Publicada em 14 de setembro de 2018 - 15:14

Imprimir
Lavadores de carro protestam por falta de iluminação na Avenida Maranhão

Última atualização: 14 , setembro 2018 - 15:14

Os lavadores de carro bloquearam na manhã desta sexta-feira, (14/09), um trecho da Avenida Maranhão, sentido Centro/Sul, por conta da falta de iluminação pública. Os manifestantes queimaram pneus e troncos de árvores.

Os trabalhadores reclamam que a falta de iluminação pública na região aconteceu após um acidente ocorrido na última terça-feira, (11/09), que derrubou um poste de iluminação e desde então o serviço ainda não foi restabelecido.

Uma das manifestantes conta que os serviços da Eletrobras já tinham sido acionados, no entanto, a ocorrência ainda não foi atendida.

Segundo com a Semduh, já existe uma equipe fazendo a regularização da iluminação pública na Avenida Maranhão e que a previsão é que até a tarde de hoje, (14/09), os serviços realizados pela Eletrobras sejam concluídos.

centro teresina

Homem é flagrado com moto roubada na Avenida Maranhão

O sujeito, que não teve o nome divulgado, demonstrou atitude suspeita ao avistar a viatura

Publicada em 25 de julho de 2018 - 13:10

Imprimir
Homem é flagrado com moto roubada na Avenida Maranhão

Última atualização: 25 , julho 2018 - 13:13

Um flagrante ajudou uma vítima a ter sua motocicleta de volta. Na última segunda-feira (23), guardas municipais conseguiram recuperar o veículo roubado em posse de um homem. Ele transitava na Avenida Maranhão,  Centro de Teresina.

De acordo com a Guarda Municipal, o sujeito, que não teve o nome divulgado, demonstrou atitude suspeita ao avistar a viatura. A partir disso, a equipe checou a placa da motocicleta e o veículo constou como roubado. Então, após a abordagem, ele foi conduzido à Central de Flagrantes.

De acordo com o Capitão Monteiro Silva, comandante da Guarda Municipal, a motocicleta havia sido furtada no sábado a noite (21), segundo a vítima.

A Guarda Civil Municipal de Teresina atua, primordialmente, na proteção ao patrimônio público e assistência à comunidade. Para contato com  a GCM, a população pode ligar, gratuitamente, para o número 153.

Redação Piauí Agora

Avenida Maranhão

Mais um corpo é encontrado no Rio Parnaíba

Até o momento, não se sabe a identidade e nem as causas da morte, que estão sendo devidamente investigados.

Publicada em 16 de junho de 2018 - 12:56

Imprimir
Mais um corpo é encontrado no Rio Parnaíba

Fonte: Márcia Gabriele

Última atualização: 16 , junho 2018 - 16:15

O corpo de mais um homem foi encontrado na manhã deste sábado, (16/06), no Rio Parnaíba, na altura do Iate Clube, às margens da Avenida Maranhão. Ele já estava em estado de decomposição.

Até o momento, não se sabe a identidade e nem as causas da morte, que estão sendo devidamente investigados.

O Corpo de Bombeiros e o Instituto de Medicina Legal (IML) foram acionados e o corpo já foi removido e está aguardando o reconhecimento.

O outro corpo também de um homem foi encontrado na tarde dessa sexta-feira, (15/06), e estava boiando no Rio Parnaíba, próximo ao Parque Lagoas do Norte.

Caso Aretha

Assassino de Aretha Dantas vira réu pelo crime de feminicídio

O réu se entregou no dia 16 de maio, após a Polícia Civil revistar a sua casa e encontrar indícios do crime.

Publicada em 12 de junho de 2018 - 23:31

Imprimir
Assassino de Aretha Dantas vira réu pelo crime de feminicídio

Fonte: Márcia Gabriele

Última atualização: 12 , junho 2018 - 23:31

Paulo Alves dos Santos Neto, réu confesso de ter assassinado a ex-namorada Aretha Dantas, 23 anos, tornou-se nesta terça-feira, (12/06), réu pelo crime de feminicídio. O réu se entregou no dia 16 de maio, após a Polícia Civil revistar a sua casa e encontrar indícios do crime.

A denúncia foi aceita pelo juiz Antônio Reis Nollêto e o agressor passa a responder por esta acusação. “Verifica-se demonstrada a justa causa para a deglagração da ação penal, pois presente a prova da materialidade do fato, pela Recognição Visuográfica em local de Crime, Laudo Cadavérico da vítima e indícios de autoria/participação atribuídos ao denunciado, evidenciados pelos depoimentos testemunhais e do próprio acusado, colhidos durante investigação criminal”, menciona juiz Antônio Nollêto.

O Corpo de Aretha Dantas foi encontrado, no mês passado, na Avenida Maranhão, com sinais de perfurações por arma branca e sinais de atropelamento.

travessia segura

Avenida Maranhão terá semáforo com botoeira para pedestres

Esse tipo de semáforo interrompe o fluxo de veículos pelo pedestre

Publicada em - 11:47

Imprimir
Avenida Maranhão terá semáforo com botoeira para pedestres

Fonte: Com informações Strans

Última atualização: 12 , junho 2018 - 11:49

Os teresinenses poderão ter uma travessia mais segura na Avenida Maranhão. A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) confirmou que vai implantar um semáforo com botoeira para pedestres, em frente a empresa TMKT, próximo à Rua Lucídio Freitas, na zona Norte da cidade. Ainda não foi divulgada a data para instalação do aparelho.

Esse tipo de semáforo interrompe o fluxo de veículos pelo pedestre, somente quando é necessário, para que ele faça a travessia na faixa com segurança.

De acordo com o Diretor de Trânsito e Sistema Viário, José Falcão, a escolha por um semáforo na Avenida é devido a intensa movimentação no local.

Falcão também afirma que nos primeiros dias de funcionamento do semáforo, os agentes de trânsito estarão no local para orientar os condutores e os pedestres.

Fora da Faixa

Idosa é atropelada e morta por caminhão na Avenida Maranhão

A vítima ainda sinalizou para o motorista para que ele parasse, mas como o caminhão já vinha próximo, não conseguiu frear o suficiente e acabou atropelando a idosa.

Publicada em 5 de junho de 2018 - 13:43

Imprimir
Idosa é atropelada e morta por caminhão na Avenida Maranhão

Fonte: Márcia Gabriele

Última atualização: 6 , junho 2018 - 08:34

Uma idosa, identificada como Maria José de Araújo Sousa, 68 anos, foi atropelada e morta por um caminhão na manhã desta terça-feira, (05/06), na Avenida Maranhão, Centro de Teresina. Maria José tentava atravessar a via fora da faixa de pedestre.

A vítima ainda sinalizou para o motorista para que ele parasse, mas como o caminhão já vinha próximo, não conseguiu frear o suficiente e acabou atropelando a idosa. O caminhão ainda deixou rastro dos pneus na pista.

Segundo a Polícia Militar de Teresina, o local foi imediatamente isolado e a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito foi acionada para controlar o tráfego na região.

A perícia cadavérica verificou que a face da vítima foi a parte do corpo mais afetado por conta do impacto. Familiares da vítima chegaram ao local do acidente e ficaram totalmente desolados. Maria José era vendedora de cosméticos e moradora do Bairro Matinha, zona Norte de Teresina. 

Na via da Avenida Maranhão está registrado as marcas dos pneus na tentativa de frear.

Feminicídio

Suspeito de matar cabeleireira tem casa cercada pela polícia

O principal suspeito do crime é o ex-namorado de Aretha Claro, identificado como Paulo Neto.

Publicada em 16 de maio de 2018 - 15:02

Imprimir
Suspeito de matar cabeleireira tem casa cercada pela polícia

Fonte: Márcia Gabriele

Última atualização: 16 , maio 2018 - 17:17

O suspeito de matar a cabeleireira, Aretha Dantas Claro, teve a casa, localizada no Bairro Renascença, zona sudeste de Teresina, cercada pela Polícia Civil do Piauí na tarde desta quarta-feira, (16/05), A vítima foi sepultada na manhã de hoje. 

O principal suspeito do crime é o ex-namorado de Aretha Claro, identificado como Paulo Neto e poderá ser preso a qualquer momento. 

De acordo com informações, o suspeito Paulo Neto teria escrito uma carta a punho e no papel havia marcas de sangue.

Aretha Dantas Claro, 32 anos, foi encontrada morta nessa terça-feira (15/05), na Avenida Maranhão, região Centro/Sul de Teresina, com várias perfurações no corpo, marcas de atropelamento, rosto desfigurado e sem uma parte do couro cabeludo.

Aretha Dantas Claro, 32 anos

Brutalmente assassinada

Velório de cabeleireira brutalmente assassinada é marcado por revolta

O pai de Aretha apenas revelou seu sentimento de tristeza diante da perca da filha.

Publicada em - 11:17

Imprimir
Velório de cabeleireira brutalmente assassinada é marcado por revolta

Fonte: Daniely Viana

Última atualização: 16 , maio 2018 - 11:24

Emoção e revolta marcaram o velório da cabeleireira Aretha Dantas Claro, 32 anos, encontrada morta nesta terça-feira (15/05), na Avenida Maranhão, em Teresina, com várias perfurações no corpo. O momento de despedida aconteceu na manhã de hoje (16/05) casa de familiares no bairro Bela Vista II, zona Sul da cidade.

Ainda bastante abalados com o crime, alguns familiares preferiram não conceder entrevista à imprensa. O pai de Aretha apenas revelou seu sentimento de tristeza diante da perca da filha.

O sepultamento deve ocorrer ainda na manhã desta quarta-feira (16) no cemitério Santa Cruz, no bairro Promorar, na zona Sul de Teresina.

O CRIME

O crime revoltou a população teresinense pelo requinte de crueldade. A cabeleireira foi brutalmente assassinada com cerca de 20 perfurações por arma branca e ainda atropelada. Parte do couro cabeludo foi arrancado.

A Delegacia de Homicídios ainda não prendeu nenhum suspeito, mas confirma que as investigações estão avançadas. “Eu não tenho a menor dúvida que nos próximos dias esse crime esteja devidamente esclarecido”, afirma o delegado Francisco Barreta.

Já segundo a família da vítima, o ex-namorado seria o principal suspeito.

A coordenadoria do Núcleo de Feminicídio da Polícia Civil do Piauí, coordenada pela delegada Luana Alves, continua com as investigações.

Aretha Dantas Claro tinha 32 anos quando foi brutalmente assassinada

Violência Contra á Mulher

É revelada identidade de mulher morta na Avenida Maranhão

A vítima é Areta Dantas Claro, 32 anos, que era cabeleireira e residia no Bairro Saci, zona Sul de Teresina.

Publicada em 15 de maio de 2018 - 18:52

Imprimir
É revelada identidade de mulher morta na Avenida Maranhão

Fonte: Márcia Gabriele

Última atualização: 16 , maio 2018 - 16:26

A Polícia Civil do Piauí, por meio da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), conseguiu a identificar a mulher encontrada morta nesta terça-feira, (15/05), na Avenida Maranhão, Centro/Sul de Teresina.

A vítima é Areta Dantas Claro, 32 anos, era cabeleireira e residia no Bairro Saci, zona Sul de Teresina. Ela apresenta lesões no corpo causado por atropelamento, cerca de 20 perfurações com arma branca e está sem uma parte do couro cabeludo e rosto desfigurado.

De acordo com o delegado Francisco Barretta, coordenador da Delegacia de Homicídios, a polícia segue a investigação na tentativa de descobrir os últimos passos e o autor do crime.

A polícia trabalha com suspeita de homicídio, mas todos os crimes violentos cometidos contra a mulher têm que ser enviados ao Núcleo de Feminícidio”, pontuou.

A coordenadoria do Núcleo de Feminicídio da Polícia Civil do Piauí, coordenada pela delegada Luana Alves, ajudará nas investigações.