Reivindicação

Estudantes realizam ato contra reajuste da tarifa de ônibus

A proposta é que a passagem inteira suba de R$3,60 para R$4,02, já a meia de R$1,15 para R$1,28. 

Publicada em 27 de dezembro de 2018 - 14:10

Imprimir
Estudantes realizam ato contra reajuste da tarifa de ônibus

Última atualização: 27 , dezembro 2018 - 14:10

Na manhã desta quinta-feira, (27/12), em frente a Strans, estudantes realizaram um ato contra o reajuste da tarifa de ônibus. A proposta é que a passagem inteira suba de R$3,60 para R$4,02, já a meia de R$1,15 para R$1,28.

O ato foi organizado pelo Diretório Central de Estudantes (DCE) tanto da Universidade Federal do Piauí (UFPI), quanto pelo da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), que pretendem sensibilizar as autoridades integrantes do conselho para evitar o reajuste.

O protesto aconteceu no momento da reunião do Conselho Municipal de Transporte Público para decidir sobre a aprovação da proposta de reajuste. A decisão final ficará a cargo do decreto do Prefeito Firmino Filho.

Segundo o coronel Jaime Oliveira, diretor de Operação e Fiscalização de Trânsito da Strans, para evitar possíveis danos ao patrimônio foi montado um esquema de segurança. “Ao total, foram disponibilizados 15 policiais militares e 5 guardas municipais na frente do prédio da Strans. No ano passado, os manifestantes quebraram as vidraças do prédio”, pontuou.

Eleições 2018

Fernando Haddad visitará o Piauí na sexta-feira (17)

O candidato que é vice de Lula não pode vir ao Piauí devido a agenda nacional relacionada a coordenação de campanha e registro de candidatura. 

Publicada em 12 de agosto de 2018 - 15:51

Imprimir
Fernando Haddad visitará o Piauí na sexta-feira (17)

Última atualização: 13 , agosto 2018 - 14:11

Fernando Haddad, candidato a vice-presidente da República pelo PT, não esteve presente no ato “A Juventude quer Lula Livre”, organizado pela Juventude Petista, no Bairro Vila Irmã Dulce, nesse sábado, (11/08), no entanto, já tem nova visita marcada. Haddad visitará o Piauí nesta sexta-feira, (17/08).

O candidato que é vice de Lula não pode vir ao Piauí devido a agenda nacional relacionada a coordenação de campanha e registro de candidatura.

O ato contou com a presença do governador Wellington Dias e a presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann.

greve continua

Trabalhadores da educação realizam ato no Centro de Teresina

O movimento acontece no cruzamento da Avenida Frei Serafim e rua Coelho de Resende

Publicada em 26 de junho de 2018 - 9:50

Imprimir
Trabalhadores da educação realizam ato no Centro de Teresina

Última atualização: 26 , junho 2018 - 09:51

Hoje (26/06), será marcado por um ato nas ruas da capital promovido pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (SINTE-PI) e toda a categoria. Os trabalhadores realizarão o movimento no cruzamento da Avenida Frei Serafim e rua Coelho de Resende, Centro da capital, a partir das 16h.

De acordo com o Sinte, em nota, o ato consiste em levar mais informações para a população por meio de carta aberta. “Ela vai explicar os desmandos do poder executivo estadual para categoria do magistério. A quebra do acordo judicial, a falta de repasses do FUNDEB, a ausência de pagamento do PLAMTA e a articulação com deputados da Assembleia Legislativa serão alguns dos temas abordados”, pontua.

Os trabalhadores da educação estão em greve desde o início do mês de junho e afirmam que vão continuar por tempo indeterminado.

ALEPI APROVOU REAJUSTE

No último dia 21 de junho a Assembleia Legislativa do Piauí aprovou, em sessão no plenário, o reajuste salarial de 2,95% dos professores e dos servidores estaduais, como policiais militares e civis, agentes penitenciários, bombeiros militares, auditores e procuradores.

A sessão aconteceu com protestos, tumultos e agressões.

Redação Piauí Agora

 

 

nesta quarta-feira

Em greve há 7 dias, trabalhadores da educação realizam passeata até o Karnak

Os servidores também farão manifestação no Teatro de Arena (Praça da Bandeira)

Publicada em 12 de junho de 2018 - 12:04

Imprimir
Em greve há 7 dias, trabalhadores da educação realizam passeata até o Karnak

Fonte: Redação Piauí Agora

Última atualização: 12 , junho 2018 - 12:09

A manhã desta quarta-feira (13/06), será marcada por um ato realizado pelos trabalhadores em Educação Pública, que estão em greve há sete dias. A categoria vai realizar a partir das 8h30 uma caminhada até o Palácio de Karnak, Centro de Teresina, em protesto a favor do reajuste salarial.

Os servidores também farão manifestação no Teatro de Arena (Praça da Bandeira) para discutir junto aos professores, funcionários de escola e à sociedade em geral o não pagamento do reajuste. As atividades na educação estadual estão suspensas na capital e mais 27 núcleos regionais, do interior do Piauí.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública, a falta de reajuste prejudica servidores e docentes, com a quebra do acordo judicial realizado no dia 12 de março, sob a mediação do Tribunal de Justiça (TJ), onde firmava o pagamento da categoria que deveria acontecer no mês de maio para ativos, aposentados e pensionistas.

Já o Governo do Estado, em nota, informa que o pagamento será feito após o restabelecimento do limite dos gastos com pessoal, estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)

“O reajuste que será aplicado de imediato aos ativos, aposentados e pensionistas corresponde ao índice da inflação de 2017, de 2,95%, em virtude das vedações do período eleitoral”, diz.

CONFIRA NOTA COMPLETA

O Governo do Estado do Piauí informa que, desde 2015, mantém uma política permanente de valorização salarial, mesmo diante da crise econômica e financeira que assola a economia nacional e regional, sempre aplicando, em toda a carreira, o percentual de reajuste do piso do magistério.

O aumento deste ano foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Piauí e será aplicado após o restabelecimento do limite dos gastos com pessoal estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

O reajuste que será aplicado de imediato aos ativos, aposentados e pensionistas corresponde ao índice da inflação de 2017, de 2,95%, em virtude das vedações do período eleitoral. 

Vale ressaltar que o reajuste pela inflação também será aplicado aos servidores da Segurança, Justiça e Policiais Militares, pelo mesmo motivo das restrições legais decorrentes do período eleitoral. Qualquer reajuste que ultrapasse o valor da inflação só poderá ser realizado observando as normas legais vigentes.

 

pedem negociação

Servidores da Saúde protestam em frente ao Karnak

A manifestação pretende chamar atenção e, assim, solicitar uma negociação.

Publicada em 21 de maio de 2018 - 11:09

Imprimir
Servidores da Saúde protestam em frente ao Karnak

Fonte: Redação Piauí Agora

Última atualização: 21 , maio 2018 - 11:09

Assim como os professores da Universidade Estadual do Piauí, os servidores da saúde do estado também realizam um ato nesta segunda-feira (21/05), em frente ao Palácio de Karnak, Centro de Teresina. De acordo com o Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde do Piauí (Sindespi), a manifestação pretende chamar atenção e, assim, solicitar uma negociação.

Ainda segundo a categoria, a Diretoria do Sindespi e os servidores se reuniram na última quarta-feira (16/05) com o secretário de Administração e um representante do secretário de Saúde, com o objetivo de debater e avançar nas negociações das principais pautas de reivindicações, no entanto, não houve avanço.

Entre as principais soliticitações estão, reajuste salarial; cumprimento dos planos de carreira; alteração dos planos dos profissionais de saúde; promoção e progressão; prestadores de serviço; vale transporte; insalubridade; adicional noturno; concurso público e ticket alimentação.