Campo Maior

Casal é assassinado enquanto dormia em terreno baldio

Antes do crime, o casal havia sido conduzido à delegacia após confusão em uma boca de fumo, por esfaquear uma mulher, mas foi solto e se instalou em um terreno baldio.

Publicada em 30 de agosto de 2018 - 15:32

Imprimir
Casal é assassinado enquanto dormia em terreno baldio

Última atualização: 31 , agosto 2018 - 10:53

Tales Bruno de Sousa Araújo, 22 anos, e Janiele Soares Castelo Branco, 25 anos, foram assassinados a tiros na madrugada desta quinta-feira, (30/08), em um terreno baldio no Bairro Flores, na cidade de Campo Maior, no Piauí. Até o momento, ninguém foi preso.

As informações apontam que antes do crime, o casal havia sido conduzido à delegacia após confusão em uma boca de fumo, por esfaquear uma mulher. No entanto, foram soltos e se instalaram no terreno baldio.

Segundo o major Etevaldo Alves, comandante do 15º BPM, eles foram soltos após assinarem um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), pois a lesão corporal foi considerada leve.

“Diante das investigações, o crime pode ter sido um acerto de contas. Pelas marcas encontradas no local, o casal foi morto com disparos de revólver. O rapaz já havia sido preso, anteriormente, por posse de entorpecentes”, pontuou.

As vítimas eram primos, no entanto, mantinha um relacionamento conjugal e deixam dois filhos menores. O crime será investigado pela Polícia Civil do Piauí.

três anos após crime

É preso suspeito de matar homem e tentar forjar crime

O assassinato ocorreu no Povoado Mangabeira da Santinha, em Timon (MA), no dia 13 de maio de 2015.

Publicada em 29 de maio de 2018 - 9:50

Imprimir
É preso suspeito de matar homem e tentar forjar crime

Fonte: Daniely Viana

Última atualização: 29 , maio 2018 - 09:51

Uma operação em conjunto com Polícia Civil do MA e Polícia Militar do Piauí conseguiu localizar um homem suspeito de homicídio triplamente qualificado. O sujeito teria assassinado a vítima e tentado forjar o crime, indicado que ela teria cometido suicídio.

O assassinato ocorreu no Povoado Mangabeira da Santinha, em Timon (MA), no dia 13 de maio de 2015. De acordo com a PM, o homem morto foi encontrado estrangulado com a própria rede, aparentando suicídio. No entanto, após investigações dos policiais e da perícia, ficou constatado que na verdade se tratava de um homicídio.

Além do suspeito, que não teve o nome identificado, outras duas pessoas teriam participado do crime. Dessa forma, após trabalho de buscas, as equipes cumpriram mandado de prisão contra o homem três anos após o homicídio no Bairro Novo Tempo, também em Timon.