VIAGEM

Vai viajar no Carnaval? Veja como economizar na ida e ganhar na volta

Apps ajudam viajantes a encontrar passagens aéreas baratas e a monetizar suas viagens por meio do compartilhamento de bagagem

Publicada em 22 de fevereiro de 2019 - 7:57

Imprimir
Vai viajar no Carnaval? Veja como economizar na ida e ganhar na volta

Última atualização: 22 , fevereiro 2019 - 07:57

O Carnaval é o feriado preferido dos brasileiros – dos foliões aos caseiros – pois são 5 dias, para curtir ou descansar. Segundo estudo realizado pela Opinion Box, 34% dos entrevistados pretendem curtir o feriado e 66% querem aproveitar a data para relaxar – em casa (40%) ou viajando (26%). A falta de dinheiro é o principal motivo de quem vai ficar em casa, mas graças à tecnologia, existem apps que podem ajudar a economizar na viagem e ainda ganhar dinheiro viajando.

Para economizar, a dica é pesquisar bem para encontrar os melhores preços – de passagens aéreas e hotéis – e os buscadores de voos podem ajudar. No TurismoCity (www.turismocity.com.br), por exemplo, é possível ter uma economia de até 35% no preço das passagens. Por meio de inteligência artificial, o app reúne os resultados de todos os voos disponíveis em um único lugar, possibilitando ao cliente comparar as ofertas e escolher a melhor opção.

O aplicativo também ajuda os usuários a decidir quando e para onde viajar, além de criar alertas para um destino específico e faixa de preço. Usuários cadastrados no site recebem também em seu e-mail as ofertas mais relevantes para o seu perfil – tudo em primeira mão. Ao escolher a promoção, o usuário é direcionado para o site do parceiro (marketplace ou hotel), onde realiza a compra diretamente.

Viajar e ganhar uma graninha

Mas, se além de economizar, os viajantes ainda quiserem obter uma renda extra para custear algumas despesas da viagem, como passeios, é possível optar pelo compartilhamento de bagagens. Um app que pode ajudar é o Grabr – (http://grabr.io/pt). Disponível em mais de 120 países, a plataforma conecta viajantes a compradores e conta com um programa de “recompensas”, que permite que as pessoas monetizem suas viagens. Funciona assim: ao  trazer produtos de outros países dentro do espaço livre de suas bagagens, o viajante recebe uma bonificação – que pode ser diretamente negociada com o comprador que encomendou o item do Brasil.

De acordo com o Grabr, o Brasil é um dos destinos que mais recompensam os viajantes, com uma média de ganhos em torno de US$ 500 por viagem. Além disso, como incentivo extra, o viajante recebe um bônus de US$ 100 da Grabr em viagens com 10 ou mais itens entregues. O viajante é responsável por realizar a compra no exterior – geralmente por meio de um cartão de crédito – e depois fazer a entrega do pedido para o usuário que solicitou a encomenda. Após entregar o produto, o Grabr reembolsa o valor do item e libera a recompensa ao viajante.

Comente através do Facebook

Operação da PF cumpre mandatos na casa e em endereços do Senador Ciro Nogueira

Publicada em - 7:50

Imprimir
Operação da PF cumpre mandatos na casa e em endereços do Senador Ciro Nogueira

Última atualização: 22 , fevereiro 2019 - 15:50

A Polícia Federal está na casa do presidente nacional do Progressistas e senador, Ciro Nogueira, em Teresina, na manhã desta sexta-feira (22). Foi visitado, também, o escritório da empresa Ciro Nogueira Imóveis. Outros  locais ligados ao senador Ciro Nogueira em Brasília e São Paulo estão sendo visitados por cerca de 30 policiais federais.

A investigação foi batizada de Operação Compensação. A operação da Polícia Federal foi autorizada pela ministra do Superior Tribunal Federal, Rosa Weber. A PF investiga supostos crimes de corrupção passiva e de lavagem de dinheiro.

A investigação teve como origem os depoimentos prestados por colaboradores que afirmaram terem repassado cerca de R$ 43 milhões ao Progressistas (PP), em pagamentos em espécie e doações oficiais, por intermédio do citado senador, em troca de apoio político do partido na campanha eleitoral para a eleição presidencial de 2014.

A sede da Polícia Federal, em Teresina, fica na avenida João XXIII, zona Leste, em frente a residência do senador Ciro Nogueira.

Comente através do Facebook

PÓS-GRADUAÇÃO

Mestrado em Biotecnologia lança edital com 10 vagas para Piauí

Mestrado em Biotecnologia lança edital com 10 vagas para Piauí

Publicada em 21 de fevereiro de 2019 - 15:47

Imprimir
Mestrado em Biotecnologia lança edital com 10 vagas para Piauí

Última atualização: 21 , fevereiro 2019 - 15:47

O Mestrado Profissional em Biotecnologia em Saúde Humana e Animal (MPBiotec), lança edital com 10 vagas para o estado do Piauí, que tem a Universidade Estadual do Piauí (UESPI) como instituição associada e sede estadual. Esta será a segunda oferta, que conta ainda com parceria da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

As inscrições são feitas online no site www.mpbiotec.org.br entre os dias 21 de fevereiro e 18 de março e custam R$ 180. O edital é aberto para interessados de qualquer área de formação.

As linhas de pesquisa ofertadas são desenvolvimento de bioprodutos – prospecção, identificação e caracterização; escalonamento na produção, controle de qualidade e regulamentação de bioprodutos; desenvolvimento e validação de dispositivos e protótipos.

A seleção consta de três etapas, sendo elas: Avaliação de pré-projeto de pesquisa (critério eliminatório), análise do currículo vitae-lattes (critério classificatório) e entrevista (critério eliminatório). O resultado final do processo seletivo está previsto para dia 4 de abril e as aulas devem iniciar dia 12 de abril, em rede, transmitida a partir da Universidade Estadual do Ceará (UECE), que é a instituição nucleadora do Mestrado.

Após aprovação, o candidato terá até o Exame de Qualificação para comprovar proficiência leitora de textos acadêmicos em língua inglesa, a ser realizado em instituição de ensino credenciada.

No Piauí, o professor doutor Rômulo Vieira é o coordenador estadual do Mestrado. Ele destaca o sucesso da primeira turma:“Nossa primeira turma finaliza ainda este ano com defesa de dissertações dos dez alunos. Eles são destaque na participação de eventos, como o Biotec Meeting, evento internacional, que esse ano vai acontecer entre os dias 14 e 16 de março”, disse Rômulo Vieira.

Confira o edital

Comente através do Facebook

CAMISINHA

Saúde disponibiliza 2,5 milhões em preservativos para o carnaval

Saúde disponibiliza 2,5 milhões em preservativos para o carnaval

Publicada em - 15:42

Imprimir
Saúde disponibiliza 2,5 milhões em preservativos para o carnaval

Última atualização: 21 , fevereiro 2019 - 15:42

A Secretaria de Estado da Saúde disponibilizará cerca de 2,5 milhões de preservativos masculinos e femininos, além de 400 mil lubrificantes aos municípios para campanhas educativas anteriores e durante o carnaval.

A coordenadora de Doenças Transmissíveis, Karinna Amorim, enfatiza que, além dos insumos, disponibilizados pelo Ministério da Saúde, o Estado incentiva os municípios a realizarem suas próprias campanhas de distribuição de preservativos. “É imprescindível que as pessoas sejam conscientizadas da importância do sexo seguro e da prevenção de doenças transmissíveis, não só no carnaval, mas em qualquer período”.

A coordenadora comenta que os dados de AIDS, doença manifestada do vírus HIV, não são satisfatórios e que não houve redução. Em 2015, foram notificadas 416 pessoas com AIDS, em 2016 foram 424 e em 2017, 420 casos. No total, desde que a doença foi descoberta em 1980 até dados parciais de 2018, foram 7.008 pessoas com AIDS no Piauí, sendo a maioria delas, 4.733, homens e 2.275 mulheres.

A Secretaria de Estado da Saúde também trabalha a busca ativa de casos de doenças transmissíveis por meio dos testes rápidos pelo Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) e Fique Sabendo. Em poucos minutos, o paciente tem o diagnóstico, de forma secreta e gratuita, e é encaminhado para a rede de saúde para o tratamento.

O CTA funciona nos dois turnos, manhã e tarde, na Rua 24 de Janeiro, 124. O usuário deve buscar, nos seus municípios, onde há a oferta do serviço.

Comente através do Facebook

TCE/PI notifica governo do Estado por ultrapassar limites da LRF

Publicada em - 15:38

Imprimir
TCE/PI notifica governo do Estado por ultrapassar limites da LRF

Última atualização: 21 , fevereiro 2019 - 15:38

O Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI) emitiu uma nota de alerta ao Governo do Estado por ultrapassar o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), com relação a gastos com pessoal referente ao 3º quadrimestre de 2018.

A Lei de Responsabilidade Fiscal determina que o limite máximo que os Estados podem gastar com pessoal é 49% de sua receita corrente líquida. No 3º quadrimestre de 2018, o Estado do Piauí teve uma despesa de pessoal de R$ 4.187.088.654,05 que corresponde a 48,52 % da receita corrente líquida, valor esse que ultrapassou o limite de alerta e o prudencial.

O Governo do Estado foi alertado, via ofício, para adotar providências no sentido de reduzir despesas com pessoal para adequar os gastos aos limites da LRF. O documento também informa as vedações previstas em lei como o impedimento de concessão de vantagem, aumento e ajuste de remuneração; criação de cargo, emprego ou função; provimento de cargo público, admissão ou contratação de pessoal, entre outros.

Nos dois primeiros quadrimestres de 2018 o Estado já havia atingido o limite de alerta da LRF e foi notificado pelo TCE-PI.

Comente através do Facebook

FALECIMENTO

Morre o desembargador Álvaro Brandão Filho

Morre o desembargador Álvaro Brandão Filho

Publicada em - 15:33

Imprimir
Morre o desembargador Álvaro Brandão Filho

Última atualização: 21 , fevereiro 2019 - 15:33

O Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), com imenso pesar, comunica a magistrados e servidores o falecimento, nesta quinta-feira (21), do desembargador aposentado Álvaro Brandão Filho, ao tempo em que decreta luto oficial de três dias. A bandeira do Tribunal de Justiça trapeja a meio mastro.

Ex-presidente do TJ-PI e do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Piauí, o desembargador Álvaro Brandão construiu exitoso legado profissional na magistratura, tendo atuado também como advogado e promotor de Justiça. Deixa uma família próspera, honrada e feliz, a quem manifestamos a solidariedade do Judiciário piauiense.

Informamos que o velório será realizado a partir das 10h, na Rua São Pedro, 3155, Ilhotas. O sepultamento acontecerá às 16h30, no cemitério São José.

Comente através do Facebook

MP/PI

Em audiência, promotores cobram melhorias nos serviços prestados pelo Hospital Infantil

Em audiência, promotores cobram melhorias nos serviços prestados pelo Hospital Infantil

Publicada em - 15:08

Imprimir
Em audiência, promotores cobram melhorias nos serviços prestados pelo Hospital Infantil

Última atualização: 21 , fevereiro 2019 - 15:08

Terminou no início da tarde de ontem, 19 de fevereiro, audiência pública promovida pela 12ª Promotoria de Justiça de Teresina, convocada para discutir a situação do Hospital Infantil Lucídio Portela. Os debates foram presididos pelo promotor de Justiça Eny Marcos Vieira Pontes, que responde pela 12ª PJ. A reunião de trabalho aconteceu na sede do Ministério Público do Piauí, na zona leste da capital piauiense.

 

As promotoras de Justiça Karla Daniela Carvalho, coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde (CAODS), e Ana Isabel Dias, titular da 35ª PJ, integrante do Núcleo de Promotorias de Justiça de Fazenda Pública, cooperaram com os debates.

 

Participam da audiência representantes da Secretaria Estadual de Saúde (Sesapi), de Fazenda (Sefaz) e de Administração (Sead), Controladoria-Geral do Estado (CGE), Fundação Municipal de Saúde (FMS), Conselhos Regionais de Medicina (CRM), de Enfermagem (Coren) e de Psicologia (CRP – 21ª Região), Comissão de Saúde da OAB-PI, servidores e gestores do hospital infantil.

Resultados da audiência

A 12ª Promotoria de Justiça acompanhará um estudo técnico, que será feito pela Sesapi, cuja finalidade é apontar o número de profissionais necessários para o hospital infantil, informação a ser utilizada posteriormente na realização de concurso público. Uma cópia da ata da audiência será encaminhada para os secretários da Fazenda e Saúde, além do governador do estado, por meio da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ). O Ministério Público do Trabalho (MPT) deve receber uma cópia da ata da reunião com intuito de que a instituição analise as condições dos trabalhadores terceirizados do HILP.

O Ministério Público Estadual solicitará à Diretoria de Unidade de Vigilância Sanitária (Divisa) um laudo de salubridade sobre a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital infantil. O órgão ministerial requisitará ao Corpo de Bombeiros, à Divisa e à Gerência de Vigilância Sanitária Municipal (Gevisa) uma inspeção no Lucídio Portela.

A Sesapi deve responder ao MPPI se é possível alocação de mais 10 servidores terceirizados da área de limpeza para o hospital infantil.

Inspeções, recomendações e acompanhamento

Em dezembro do ano passado, o promotor de Justiça realizou inspeção na unidade de saúde. Durante a visita, o membro do Ministério Público, acompanhando de representantes dos Conselhos Regionais de Farmácia (CRF) e de Enfermagem (Coren), constatou várias deficiências, como: a falta de medicamentos e insumos; estrutura física precária, por exemplo, no almoxarifado e no teto de alguns corredores, onde foi verificada a presença de mofo; equipamentos pelos corredores; gesso quebrado em alguns setores, salas da enfermaria sem ar condicionado e com fiação exposta.

Por conta da situação deficitária, o promotor de Justiça Eny Pontes expediu uma recomendação dirigida ao diretor do hospital infantil, Vinícius Pontes, à presidente da Fundação Estadual de Serviços Hospitalares, Natália Pinheiro, e ao secretário estadual de Saúde, Florentino Neto. No documento, o membro do MPPI estabeleceu três prazos para a gradual execução de medidas visando melhorar as condições da unidade de saúde. Um exemplo, foi a solicitação para a retirada de equipamentos nos corredores, que não seriam mais utilizados pelas equipes médicas, em até 10 dias.

Comente através do Facebook

AUMENTO

Deputados recebem projeto que reajusta salários de servidores do TJ

Deputados recebem projeto que reajusta salários de servidores do TJ

Publicada em - 14:59

Imprimir
Deputados recebem projeto que reajusta salários de servidores do TJ

Última atualização: 21 , fevereiro 2019 - 14:59

O Projeto de Lei do Poder Judiciário que reajusta os salários dos servidores do Tribunal de Justiça do Estado foi lido no pequeno expediente da sessão plenária de hoje(21) e será encaminhado agora para análise pela Comissão de Constituição e Justiça. De acordo com o Projeto de Lei, os servidores do TJE terão um aumento de 4,07 por cento.

No ofício encaminhado à Assembleia Legislativa, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Sebastião Ribeiro Martins, informou que o reajuste está previsto na Resolução 129/2019 aprovada pelos desembargadores que integram o Poder Judiciário. Na sessão plenária desta manhã, foi lido ainda Projeto de Lei do deputado Fábio Novo (PT) que dispõe sobre alteração da Lei 6.101/2011 que trata sobre a concessão de subvenções sociais a entidades sem fins lucrativos do Piauí. A matéria, também, será analisada agora pela CCJ.

 

Comente através do Facebook

SUPERAÇÃO

Ex-dependente químico do Projeto Fazenda da Paz e SEDUC se forma no curso de Direito

Carlos Eduardo passou por processo de ressocialização na Fazenda da Paz. Hoje ele é coordenador de cursos de pós-graduação de uma faculdade e já passou na primeira fase da OAB.

Publicada em - 13:51

Imprimir
Ex-dependente químico do Projeto Fazenda da Paz e SEDUC se forma no curso de Direito

Última atualização: 21 , fevereiro 2019 - 13:53

Da criminalidade aos estudos. Após passar por processo de ressocialização na Fazenda da Paz, em Teresina, Carlos Eduardo Sousa Costa ingressou no ensino superior e tornou-se bacharel em Direito. Nessa quarta-feira (20), aconteceu a formatura de sua turma pelo Centro de Ensino Superior Vale do Parnaíba (Cesvale), momento em que comemorou os frutos de sua transformação.

“Eu acredito muito no ser humano e na transformação do ser humano”. As palavras do coordenador-geral da comunidade terapêutica Fazenda da Paz, Célio Barbosa, revelam a esperança no processo de ressocialização das pessoas. Em entrevista ao Viagora, ele destacou a história de Carlos como exemplo de superação.

Célio relata que a entidade trabalha com base no tripé oração-trabalho-disciplina e busca a reinserção de dependentes químicos na sociedade e mercado de trabalho. Agora ele comemora o fato do rapaz ter seguido caminhos diferentes. “Carlos Eduardo pra nós é um exemplo porque, da onde ele saiu, a maioria sai de lá morto”, disse.

Carlos Eduardo cobrava pedágio no bairro Ilhotas, antes de começar o tratamento. Ele entrou na Fazenda da Paz quando estava na 7º série do antigo ginásio, hoje chamado de ensino fundamental. Estudou curso técnico em Administração, através de parceria da entidade com o Instituto Federal do Paraná (FPR), e concluiu o ensino médio através do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ele ingressou no ensino superior em 2014, formando-se em 2018.

Aos 28 anos de idade, o jovem celebra a mudança de vida e enfatiza seu sentimento de gratidão. Ao Viagora, ele disse que seu sentimento, nesse momento, “é de alegria, satisfação, de dever cumprido”.

“A graduação me propôs um ensinamento diferenciado, de possibilidades de conquistas. Eu entrei na Fazenda desacreditado, como usuário de drogas, como todos aqueles que lá entram. Passar pelo processo de tratamento dentro da Fazenda da Paz, sair com 21 anos de idade e retornar os estudos cursando a 7ª série e hoje, com 28 anos, bacharel em Direito… Então foi toda uma trajetória estudantil de conquistas que me possibilitou a ter ânimo, a continuar com meus estudos de formação. Eu posso, eu consigo, se eu quiser, manter esse ritmo de estudos. Além de uma certificação de graduação, é uma certificação de possibilidades de conquistas, que eu vou ter ao longo da minha vida, com fé em Deus”, disse.

Carlos começou a trabalhar no Cesvale como zelador e hoje é coordenador de cursos de pós-graduação. Já foi aprovado na primeira fase do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e deve fazer a segunda etapa no mês de maio. Ele pretende exercer a advocacia e, concomitantemente, fazer pós-graduação em Docência do Ensino Superior.

O coordenador da instituição governamental, Célio Barbosa, acredita que a dependência química é uma questão social e, como tal, deve ser pensada por toda a sociedade. “É uma responsabilidade de todos nós. A gente transfere pra escola, transfere pra igreja, transfere pra medicina, transfere pro Governo, mas a questão da dependência química nasce dentro da nossa família. Somos corresponsáveis e nos tornamos também codependentes. O que eu quero dizer para as pessoas é que tem jeito, tem jeito a transformação”, enfatizou.

Comente através do Facebook

TRAGÉDIA

Flamengo prepara demolição de área de alojamento do CT projetada para receber estacionamento

A intenção da diretoria é entregar o check-list dos Bombeiros para obtenção do Certificado de Aprovação que dá direito ao alvará nos próximos dias. Para isso, agiliza a troca das instalações elétricas condenadas nas áreas destinadas a atletas e funcionários. Quando voltarem ao Centro de Treinamento, os jovens da base vão ocupar o módulo que até ano passado era usado por profissionais. Nas vistorias feitas pelas autoridades nesta parte, não foram constatados problemas que impeçam a licença ser expedida. No momento, porém, a Justiça vedou a presença de menores no CT e o pernoite de qualquer natureza. A maior parte dos problemas estava realmente na área provisória, preenchida por módulos provisórios. Com a demolição da estrutura e a retirada de outros contêineres próximos, o Flamengo ficará apenas com a portaria e as duas áreas construídas para os profissionais, primeiro em 2016 e agora em 2018.

Publicada em - 7:19

Imprimir
Flamengo prepara demolição de área de alojamento do CT projetada para receber estacionamento

Última atualização: 21 , fevereiro 2019 - 07:19

Com a interdição do Ninho do Urubu pedida por autoridades após o incêndio que matou dez atletas da base, o Flamengo corre para se adequar às exigências e obter o alvará para o funcionamento do local. Na próxima semana, está prevista a demolição da área que estava projetada para ser o estacionamento do novo módulo do Centro de Treinamento. Vale lembrar que a planta enviada para obtenção de alvarás não previa contêineres no local.

O clube mobilizou uma força-tarefa de manutenção e limpeza para deixar tudo em ordem e obter o aval de Prefeitura do Rio e também do Ministério Público do Trabalho. A área que será demolida fica próxima ao local em que o contêiner era usado como alojamento pelas dez vítimas do incêndio. Nela, o Flamengo ainda conversava estruturas de alvenaria que atendiam à categoria de base.

A intenção da diretoria é entregar o check-list dos Bombeiros para obtenção do Certificado de Aprovação que dá direito ao alvará nos próximos dias. Para isso, agiliza a troca das instalações elétricas condenadas nas áreas destinadas a atletas e funcionários.

Quando voltarem ao Centro de Treinamento, os jovens da base vão ocupar o módulo que até ano passado era usado por profissionais. Nas vistorias feitas pelas autoridades nesta parte, não foram constatados problemas que impeçam a licença ser expedida. No momento, porém, a Justiça vedou a presença de menores no CT e o pernoite de qualquer natureza.

A maior parte dos problemas estava realmente na área provisória, preenchida por módulos provisórios. Com a demolição da estrutura e a retirada de outros contêineres próximos, o Flamengo ficará apenas com a portaria e as duas áreas construídas para os profissionais, primeiro em 2016 e agora em 2018.

Comente através do Facebook