Águas de Teresina anuncia duas novas adutoras e investimento de R$ 21,6 mi

Publicada em 19 de julho de 2019 - 9:31

Imprimir
Águas de Teresina anuncia duas novas adutoras e investimento de R$ 21,6 mi

Última atualização: 20 , julho 2019 - 14:34

Com a meta de universalizar o abastecimento de água tratada em 2020, a Águas de Teresina dará início, ainda em julho, à implantação de duas novas adutoras que ampliarão a capacidade de distribuição de água, sobretudo para as zonas Norte e Leste. Além disso, a Estação de Tratamento de Água – ETA Norte terá a capacidade ampliada, otimizando o fornecimento na zona Norte. Com a melhor distribuição, toda a cidade será positivamente impactada. O valor investido chega a mais de R$ 21,6 milhões cerca de 170 mil teresinenses serão diretamente beneficiados.

O pontapé será dado com a obra da Adutora Meio Norte, que sairá do Parque Brasil, na zona Norte até a região da Grande Pedra Mole, no extremo Leste da cidade. A nova tubulação implantada terá 400 milímetros de diâmetro; 10 km de extensão com capacidade de vazão de 100 litros por segundo. As obras iniciaram na quarta-feira (17) e têm duração prevista para seis meses, beneficiando mais de 100 mil moradores da região.

Outra adutora também será construída para reforçar a distribuição de água tratada. Trata-se da adutora Centro Leste, que terá 3,6 km de extensão e capacidade de vazão de 240 litros por segundo. Parte dessa adutora, que possuirá 600 milímetros de diâmetro, fará a travessia na Ponte Juscelino Kubitschek, que liga as avenidas Frei Serafim e João XXIII. O início dos trabalhos está previsto para a próxima semana com duração das obras para seis meses. Serão diretamente beneficiados moradores dos bairros Fátima, Ininga, Noivos, Jockey, São Cristóvão, Horto e Planalto, o equivalente a mais de 69 mil teresinenses.

A terceira obra é a ampliação da Estação de Tratamento de Água – ETA Norte, que possibilitará o aumento da capacidade de produção. A unidade ganhará dois novos módulos para os processos de floculação e decantação. A obra será executada com a ETA Norte em funcionamento e tem previsão de início para 5 de agosto.

A adutora Meio Norte será a responsável por dar vazão ao novo volume que será produzido pela ETA-Norte, levando a água para os bairros do extremo leste de Teresina, como Aroeiras, Campestre, Morros, Tabajaras, Zoobotânico, Porto do Centro, Satélite, Verde Lar, Vale do Gavião, Pedra Mole (Vila Meio Norte, HBB, Res. Eng. Maurílio, Parque Mão Santa e Vila Paraíso), Cidade Jardim, Tabajaras e Socopo.

“Juntas, essas três obras vão possibilitar a melhor distribuição de água tratada para toda a cidade. Ao aumentar a capacidade da ETA Norte e dar vazão a esta água com a nova adutora, nós conseguimos dividir melhor a distribuição com o sistema da ETA Sul, que hoje é responsável pelo abastecimento de mais de 80% da cidade. Com isso, disponibilizaremos também mais água para as regiões Sul e Sudeste, por exemplo”, explica o gerente de engenharia da Águas de Teresina, Cassiano Costa.

Conforme previsto no contrato de subconcessão, até o terceiro ano, que será 2020, o abastecimento de água será universalizado na área urbana de Teresina. As três obras que serão executadas nesse semestre se somam às inúmeras ações que a Águas de Teresina tem realizado, como por exemplo, perfuração e ativação de poços tubulares profundos, instalação de booster – unidades de bombeamento, implantação de redes, setorizações e regularização do abastecimento em áreas que passaram por regularização fundiária.

Da Redação

Comente através do Facebook