Governo lança 16ª edição do Festival de Inverno de Pedro II

Publicada em 11 de junho de 2019 - 7:55

Imprimir
Governo lança 16ª edição do Festival de Inverno de Pedro II

Última atualização: 11 , junho 2019 - 07:56

A 16ª edição do Festival de Inverno de Pedro II foi lançada oficialmente nesta segunda-feira (10), no palácio de Karnak. Todas as autoridades dos órgãos envolvidos estavam presentes na solenidade, que contou com a presença do prefeito de Pedro II, Alvimar Martins, secretária estadual de cultura, Bid Lima, e o governador do Estado, Wellington Dias. O evento acontece de 20 a 23 de junho

A secretária Bid Lima, apresentou toda a programação musical do evento, e destacou que a cada ano mais artistas manifestam o desejo que estar em Pedro II. “Esse é um festival que celebra nossa cultura e nossos artistas também. A cada ano nós percebemos o interesse dos artistas em participar. Pisar naquele palco que é uma vitrine de talentos”, conta.

Entre as atrações deste ano estão Adriana Calcanhotto e Toni Garrido sobem ao palco na primeira noite do festival. O maranhense Zeca Baleiro se apresenta no dia 21. Já o trio Melim, que arrasta multidões por onde passa, se apresenta no dia 22, dividindo o palco com o consagrado Biquini Cavadão. Paulo Ricardo encerra o festival no dia 23 com um repertório que marcou gerações.

O Festival de Pedro II é um dos 32 eventos realizados pelo Governo do Estado todos os anos e que movimentam as diferentes regiões do Piauí. “O objetivo é que, em cada território, a gente tenha as condições de, através da cultura, do turismo, da gastronomia, ou seja, de momentos de lazer, mostrar o Piauí para o mundo. Não se trata só de festa. Cada um dos festivais que realizamos, desde exposições agropecuárias à Ópera da Serra da Capivara, passando pelo Festival de Pedro II, tem esse objetivo de mostrar as potencialidades do Piauí em cada região”, afirmou o governador Wellington Dias.

Além de movimentar a cultura e atrair turistas, o Festival de Pedro II impulsiona a economia da cidade, através do artesanato, gastronomia, comercialização da opala e também com o ecoturismo. “Estamos todos ansiosos e felizes com mais uma edição. A Secretaria de Turismo (Setur) tem se preocupado em coordenar e alinhar com os demais órgãos do Estado para que tudo ocorra tranquilamente”, disse a diretora de marketing da Setur, Thays Paiva, acrescentando ainda que representantes da setur estarão na cidade durante os dias de Festival, repassando informações turísticas do local e demais municípios

Da Redação

Comente através do Facebook