Piauí Previdência conclui digitalização de 43 mil prontuários de servidores

Publicada em 4 de junho de 2019 - 7:40

Imprimir
Piauí Previdência conclui digitalização de 43 mil prontuários de servidores

Última atualização: 10 , junho 2019 - 07:50

O secretário de Administração e Previdência, Ricardo Pontes, e o presidente da Fundação Piauí Previência Marcos Steiner Mesquita, participam nesta terça-feira (4), às 9h, no auditório da Agência de Tecnologia da Informação (ATI), no Centro Administrativo de Teresina, da apresentação do resultado do trabalho de análise documental e digitalização de dados de 43 mil prontuários de servidores públicos ativos do Estado.

A gerente técnica da empresa Agenda Assessoria Planejamento e Informática Ltda, Élida Jerônimo, vai apresentar a conclusão do ‘Projeto de Análise Documental e Digitação de Dados’, iniciado no ano passado numa parceria com a Fundação Piauí Previdência.

Foram analisados e digitalizados os documentos contidos nos prontuários de 43.335 servidores ativos do Estado. Os dados foram incluídos e disponibilizados para consultas no sistema de gestão previdenciária (Sisprev web) da Fundação Piauí Previdência.

A análise documental e digitação de dados teve início em 28 de junho de 2018, com a assinatura do contrato entre a Fundação Piauí Previdência e a Agenda Assessoria. Já os trabalhos de digitalização dos prontuários começou em 10 de setembro de 2018, quando foram analisados, um a um, e digitados no sistema 40.335 prontuários de servidores (por matrículas).

O objetivo desta análise foi melhorar a qualidade da prestação dos serviços aos segurados, tornando mais célere o processo de concessão de benefícios previdenciários e administrativos, possibilitando uma maior facilidade de acesso, principalmente aos servidores lotados no interior do Piauí.

A análise e coleta dos dados ocorreram de forma descentralizada, em 43 pontos distintos, que incluíram secretarias, autarquias, poderes e órgãos do Estado.

Para realização do projeto – que compreendeu a análise documental, digitação de dados, digitalização de documentos, coordenação, suporte técnico de informática, suporte técnico de banco de dados e aplicativo e gestão do projeto – trabalharam 45 colaboradores de forma direta.

Os dados coletados, digitalizados e disponibilizados no Sisprev web servirão de base para o planejamento público, facilitando o acesso às informações cadastrais de cada segurado e o consequente resultado em todos os níveis atuariais, administrativos e gerenciais.

Da Redação

Comente através do Facebook