REGIME

Governo do Piauí vai investir mais de R$ 19 milhões nas escolas de Tempo Integral

Recursos serão aplicados na melhoria da estrutura das 79 escolas do regime de Tempo Integral

Publicada em 15 de abril de 2019 - 7:10

Imprimir
Governo do Piauí vai investir mais de R$ 19 milhões nas escolas de Tempo Integral

Última atualização: 15 , abril 2019 - 07:10

Com 79 escolas em regime de Tempo Integral, o Piauí ultrapassou a meta estipulada pelo Ministério da Educação ainda em 2017 e hoje alcança cerca de 20 a 21 mil alunos com esta modalidade em todo o estado. Segundo o professor Alberto Machado, coordenador das escolas de Tempo Integral no Piauí, o Governo continua investindo e garantiu, conforme informação publicada no Diário Oficial do Estado, crédito suplementar de mais R$ 19 milhões já garantidos, que serão aplicados na melhoria na infraestrutura dessas unidades, aquisição e melhoria de laboratórios, livros e outros investimentos necessários para o bom e pleno funcionamento dessas escolas.

De acordo com Machado, as escolas de Tempo Integral fazem a diferença na educação estadual pois têm aprovação da comunidade estudantil. “Já vimos casos de estudantes que estavam em escolas particulares e voltaram para escolas públicas”, diz o docente, que já dirigiu a Escola Didácio Silva e cita que, durante este período, contemplou experiências de êxito, como a redução da violência que chegou a zero.

“Conseguimos também erradicar a evasão escolar e aumentar a aprovação interna. Antes, o índice de reprovação era de 35% e esse número chegou a 4%. Além do mais, obtivemos elevação das avaliações no Ideb e Enem e nossos alunos conseguiram notas boas nas redações no Enem”, diz o professor, enfatizando que enquanto as escolas do Ensino Médio, a nota do Ideb é de 3,3, a escola de Tempo Integral chega a 5,0.

As escolas de Tempo Integral proporcionam maior proximidade dos pais com as escolas e permitem aproximação dos alunos com os professores, reforçando amizades. “O aprendizado é importante, mas além do conhecimento e do conteúdo, os professores executam projetos especiais, como o Projeto de Vida, em que são trabalham o equilíbrio emocional, com orientações para os desafios futuros”, diz o professor, enfatizando ainda que os estudantes são preparados para vida.

Nas escolas de Tempo Integral os alunos permanecem 9h na instituição e além das disciplinas do ensino regulamentar, a grade inclui outras atividades como robótica, dança, teatro, música, esporte, empreendedorismo. “Elas têm autonomia e essas atividades são programadas levando em conta a demanda e necessidade da comunidade”, explica o professor, enfatizando que essas unidades têm autonomia para definição do cardápio com alimentação saudável com orientação educacional.

Comente através do Facebook