SAÚDE

Pelé passa mal e é medicado em Paris, diz imprensa

O brasileiro postou uma foto com Mbappé em perfil no twitter. “Falamos sobre gols, Copas do Mundo e relógios. Grande encontro!”, escreveu o tri-campeão mundial.

Publicada em 4 de abril de 2019 - 6:40

Imprimir
Pelé passa mal e é medicado em Paris, diz imprensa

Última atualização: 4 , abril 2019 - 06:40

O jogador de futebol Pelé, de 78 anos, passou mal na noite desta terça-feira, em Paris, e teve que ser levado a um hospital francês. O eterno camisa 10 da seleção brasileira teve uma febre alta e precisou ser medicado.

Pelé havia participado de um evento publicitário ao lado do atacante do Paris Saint-Germain Kylian Mbappé. O brasileiro postou uma foto com Mbappé em perfil no twitter. “Falamos sobre gols, Copas do Mundo e relógios. Grande encontro!”, escreveu o tri-campeão mundial.

Desde pelo menos o fim de 2012 que o estado de saúde de Pelé tem preocupado parentes, amigos e fãs. Em 2012, ele colocou uma prótese no quadril por causa de uma fibrose. Em novembro de 2014, ele foi internado  no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, devido a problemas no sistema urinário decorrentes de cálculos renais, ureterais e vesicais que causaram obstrução do fluxo urinário. Dias após receber alta médica, o ex-jogador voltou  a passar mal e precisou ser internado novamente, sendo submetido a hemodiálise.

Em 2015, Pelé teve que voltar ao Albert Einstein duas vezes para se submeter a novos procedimentos cirúrgicos. Em maio, ele passou por uma cirurgia na próstata. Em julho, o ex-atleta foi operado para aliviar dores na coluna.

Os problemas de saúde forçaram Pelé a deixar de comparecer a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de 2016. Ele estava cotado para acender a Tocha Olímpica, mas afirmou que, naquele momento, não tinha “condições físicas de participar da abertura da Olimpíada”. No ano seguinte, o ex-jogador participou do sorteio dos jogos da Copa do Mundo de 2018, em Moscou, sentado em uma cadeira de rodas.

Comente através do Facebook