CINEMA

Curta piauiense tem exibição em evento nacional

O cineasta piauiense, que já dirige alguns episódios da websérie Saberes Tradicionais em parceria com a Panorama Cultural, assina mais um curta metragem junto ao Canal Futura

Publicada em 16 de novembro de 2018 - 16:56

Imprimir
Curta piauiense tem exibição em evento nacional

Última atualização: 16 , novembro 2018 - 16:56

“Tem Criança no Repente”, do piauiense Francisco Eduardo Alves Crispim, integra a programação da 13ª edição do Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões. Contando a história das crianças que já nascem embaladas pelos versos do cordel e pelo som da viola em São José do Egito-PE, o diretor mostra que é na escola que elas aprendem a cultivar a poesia que brota do coração. 
 
“Ser selecionado para compor a grade do Encontro Nacional de Cinema é uma alegria já que o festival tem por sua base tanto a mostra como a formação técnica e de público, um festival de resistência com suas mais de dez edições. Ser piauiense e poder concorrer em um certame tão forte com produções de todo país é uma alegria.” Afirma Eduardo Crispim.

 
O cineasta piauiense, que já dirige alguns episódios da websérie Saberes Tradicionais em parceria com a Panorama Cultural, assina mais um curta metragem junto ao Canal Futura, já que em 2015 seu filme “Tá acabando” fora aprovado no mesmo edital.
 
Com mais de 10 anos no mercado cinematográfico, Crispim tem em destaque no seu currículo a direção do documentário “João e Pedro na terra da poesia” de 2015, “8zero8” de 2014, além da série documental “S3tart”, também de 2014 e o curta “O que era fraco começou a ser forte” rodado em 2011 com apoio da Fundação Nacional de Artes – FUNARTE.
 
Francisco Eduardo carrega ainda no currículo vários trabalhos para redes de televisão e participação em muitos relevantes festivais de cinema, como o Labor Film Festival , exibido em Roma,  Indie Gathering International Film, Macaé Cine, Cine Guarnicê, entre outros.
 
O 13º Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertõe é uma realização da Secretaria de Cultura de Estado do Piauí – Secult, Governo do Estado do Piauí, por meio do Sistema Estadual de Incentivo à Cultura, Cresdishop, Banco do Nordeste e ESCALET Produções Cinematográficas.
 
Comente através do Facebook