Casa do Hip Hop

PM divulga nota após abordagem polêmica em evento no Parque Piauí

O evento foi realizado pelo Serviço Social do Comércio do Piauí (Sesc-PI), na Casa do Hip-Hop, espaço cultural localizado no bairro Parque Piauí.

Publicada em 10 de agosto de 2018 - 11:00

Imprimir
PM divulga nota após abordagem polêmica em evento no Parque Piauí

Última atualização: 10 , agosto 2018 - 11:26

Uma suposta abordagem violenta na noite da última quarta-feira (08) realizada pela Polícia Militar na Casa do Hip Hop, localizada no Parque Piauí, zona Sul de Teresina, causou polêmica nas redes sociais. Devido à repercussão negativa, a PM emitiu uma nota  explicando a ação.

De acordo com a Diretoria de Comunicação Social da Polícia Militar, o Comando do 6°BPM recebeu dois ofícios solicitando providências da PM, alegando que no local onde o evento estava sendo realizado, a Casa do Hip Hop, menores de idade estavam usando drogas e ingerindo bebidas alcoólicas.

Ainda segundo a nota, os ofícios teriam sido enviados pela Associação dos Moradores do Parque Piauí e o outro da Fundação “Populus Rationabilis” (Programa Social Força Mirim).

“Foram empenhadas duas Viaturas, a fim de fazerem a averiguação da denúncia, ao chegarem no referido baile de hip-hop, as guarnições  depararam-se com a realização de um evento em local com baixa luminosidade,  inadequado para uma diversão, e propício para a prática de uso de entorpecentes e outros delitos”, afirmou a nota.

A PM também nega que ocorreram ações violentas. “as abordagens foram realizadas pelas guarnições, dentro das normas legais, resguardando os direitos dos cidadãos e de todos os presentes no local”, finaliza.

O CASO

O evento foi realizado pelo Serviço Social do Comércio do Piauí (Sesc-PI), na Casa do Hip-Hop, espaço cultural localizado no bairro Parque Piauí. Os relatos publicados nas redes sociais questionavam a abordagem dos policiais e alegavam que não eles tinham nenhum mandado.

Será que uma abordagem sendo feita dessa forma está certa?.parar um evento do Sesc Amazônia na casa de hip-hop pra uma…

Publicado por Alysson Pangulim em Quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Será que uma abordagem sendo feita dessa forma está certa?.Parar um evento do Sesc Amazônia na casa de hip-hop pra uma abordagem sem mandado nem nada? Pedir pra que os artistas das bandas encostem na parede pra ser feito “procedimento de denuncia”. Enquanto bandidos roubam e SUCATEIAM nossas cidades, porcos fardados são levados a humilhar artistas e oprimir a cultura hip-hop dessa forma”.

O Sesc-PI também emitiu uma nota, afirmando que a assessoria jurídica da instituição está analisando as possíveis medidas cabíveis.

Comente através do Facebook