Finaliza visitas

Mais de 100 cidades do Piauí receberam a Caravana pró-Lula

A Caravana teve como objetivo lutar pela liberdade do ex-presidente Lula, que está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba.

Publicada em 9 de julho de 2018 - 17:06

Imprimir
Mais de 100 cidades do Piauí receberam a Caravana pró-Lula

Última atualização: 9 , julho 2018 - 17:06

A 11º Caravana Lula Livre concluiu a programação no Piauí neste sábado, (07/07), nas cidade de Aroeiras do Itaim, Jaicós, Geminiano e Hugo Napoleão. Ao total, foram 111 cidades visitadas pela caravana.

O objetivo da Caravana Lula Livre, que teve início há quase três meses, é lutar pela liberdade do ex-presidente Lula, que está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba, desde abril deste ano.

De acordo com Assis Carvalho, presidente do PT/PI, o povo tem sido primordial para que a caravana se fortaleça.

“A cada cidade a Caravana tem conquistado a simpatia e o apoio de homens e mulheres que, indignados com a prisão política de Lula, têm ido às ruas para protestar e pedir a sua liberdade. A Caravana é, literalmente, Lula andando por nossas pernas e falando por nossa voz, reforçando a resistência do povo a favor da justiça e da democracia.”, explicou.

Assis Carvalho ainda reforçou o posicionamento do PT de manter a candidatura de Lula. “Dia 15 de agosto nós vamos ao Tribunal Superior Eleitoral registrar a candidatura de Lula, à presidência do Brasil. E digo mais: mesmo se não corrigirem a injustiça contra Lula, ele será eleito pelo povo no dia 07 de outubro.”, finalizou.

PARTICIPANTES

Também acompanhou a Caravana o secretário de Organização do PT Piauí, João Pereira, Cícero Magalhães, o ex-secretário de Governo, Merlong Solano, professor Antônio José Medeiros, Patrícia Amália Castro, Nayara Costa, Zenaide Lustosa, secretária de Mulheres do PT Piauí, o secretário de Formação do PT/PI, Gil Kairós, Maurício Solano, o superintendente de Representação do Governo do Piauí, em Brasília, Roberto John, representantes de movimentos sociais e sindicais do Piauí, além de lideranças políticas de outras siglas.

Comente através do Facebook