No Piauí, professora de português acerta tema de redação do Enem 2017

Publicada em 6 de novembro de 2017 - 16:41

Imprimir
No Piauí, professora de português acerta tema de redação do Enem 2017

Última atualização: 16 , maio 2018 - 16:33

A prova da Redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) não traz expectativas apenas aos candidatos que vão fazer o exame, mas também para muitos professores, que vivenciam esse momento de ensino e aprendizagem com seus alunos.

Para Missione Aurélia, professora de Português, a redação do Enem deste ano, realizada nesse domingo, (05/11), com tema ‘Desafios para Formação Educacional de Surdos no Brasil’ não pegou seus alunos desprevenidos, já que foi um dos temas abordados em suas aulas.

‘O tema sobre a surdez foi um dos que debati em sala de aula com meus alunos. Decidi abordá-lo, por conta da expansão das libras. No Piauí, recentemente, chegou libras na Universidade Federal, mas também a nível nacional, há lei que garante o estudo de libras para os portadores de deficiência auditiva nas escolas e ainda há um projeto de lei que está sendo discutido, para que se tenha em todas as escolas um intérprete em libras. Então, foi um assunto muito discutido em âmbito escolar e no mercado de trabalho’, ressaltou a professora.

Apesar de ter acertado o tema da redação do Enem 2017, Missione conta que o que importa não é que o aluno saiba qual tema será o da redação antes da prova, mas sim que ele tenha domínio da estrutura e leituras.

‘Eu sempre digo aos meus alunos,  vamos nos manter atualizados e ler bastante. Tanto eles, quanto eu mesma, como professora, tenho esse papel Não basta apenas eu pedir que eles devem ler e se manter atualizados e eu não. O professor também tem esse dever, porque é a partir daí que ele levará os temas para se debater em sala de aula’, explica a educadora. 

DICA PARA ESCREVER BEM

A professora Missione Aurélia dá dicas para se sair bem não apenas nas provas do Enem, mas também em toda prova dissertativa que se for fazer.

‘A minha dica é leitura e o treino da escrita. É uma dupla imbatível. Não há erros. Você ler materiais de boa qualidade, bons jornais e boas revistas, que tragam temas de repercussão nacional, se informar e tirar sua visão dali. Além disso, escrever o que se pensa. A escrita não deve ser a transmissão de ideias aleatórias, mas sim um raciocínio lógico que você desenvolve sobre um determinado assunto e isso também é prática.

Comente através do Facebook